conecte-se conosco


Mato Grosso

Mães servidoras partilham experiências e histórias inspiradoras em palestra

Publicado

Histórias de superação, conquistas e aprendizados da maternidade ao ambiente de trabalho foram compartilhadas pelas profissionais durante o Politec Talks, Mulheres e Mães compartilhando experiências, que aconteceu nesta sexta-feira (17.05), em comemoração ao dia das mães.  

O evento foi realizado pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Segurança Pública, e consiste em apresentações que buscam fomentar mudanças de atitude por meio de temáticas inspiradoras.  

As participantes realizaram mini palestras com os temas: “Mães Heroínas?”; “Missão & Retorno”; “Profissional sim, mãe também”; “Mulher na Segurança: uma questão de coragem”, “Mãe: Desafio a todo momento”.

A Perita Oficial Médica Legista, Alessandra Carvalho Mariano, abriu o evento com a partilha dos desafios de conciliar a carreira de médica com a criação da filha de cinco anos, que agora passa pelo processo de alfabetização.

“Escolhi abrir mão da minha carreira na urgência e emergência para me dedicar à criação da minha filha. Graças a Deus eu tive a oportunidade de estudar e ser aprovada em dois concursos públicos, para médica legista na Politec e docente da faculdade de medicina da UFMT, com hora para entrar e sair que era tudo o que eu precisava”.  

“Profissional sim, mãe também” foi a palestra da papiloscopista Valeria Rodrigues Fonseca, lotada na Coordenadoria de Identificação Criminal. Ela falou sobre os sentimentos vivenciados durante o período de transição da licença maternidade para o retorno ao trabalho, quando seu primeiro filho ainda tinha seis meses de idade.

“Há treze anos anos, quando tive meu primeiro filho, não sabia lidar muito bem com o sentimento de ter trabalhar e deixar o bebê. Frustação, emoções, culpa, e escolhas na maioria muito difíceis me deixaram em parafuso. Consegui me estabilizar emocionalmente tendo a referência da minha figura materna, onde mesmo na sua ausência por trabalhar o dia todo, nos momentos em que estava com os filhos eram sempre intensos.  No meu trabalho, aprendi a reverter experiências e sensações negativas em ações sociais positivas, com determinação e profissionalismo, ao ver o exemplo de uma colega papiloscopista, como ocorreu quando a auxiliei na identificação de criança vítima de maus tratos’’, relembrou.  

Leia mais:   Prefeito e secretários mato-grossenses comprovam transparência da Nota MT

A técnica em necropsia, Marcelia Oliveira da Costa, descreveu o exemplo de coragem e profissionalismo que requer a carreira de técnica em necropsia, e a conquista do espaço da mulher dentro da Segurança Pública.

“Temos vivido um momento ímpar na história do IML , nós nunca tivemos tantas mulheres como técnicas em necropsia. Profissão que assusta, é um desafio para nós. Sobretudo, é um ato de coragem. Atender a ocorrência, prestar auxílio à família das vítimas, tratar daquele corpo, aplicar todos os métodos e procedimentos que são necessários para a elucidação daquele caso da melhor maneira possível. Dedicação de tempo para que o legista consiga ver de forma clara, contribuindo para a investigação, e consequentemente, para que a pessoa responsável por aquele crime seja punida’’.

“Nós, técnicas em necropsia, vivemos o tempo todo no limiar entre sentir e não sentir. Eu preciso sentir o suficiente para que a gente trate aquele cadáver que é um ser humano que foi filho de alguém, pai de alguém, e sobretudo, mãe de alguém. E, não sentir, de forma que eu consiga trabalhar, é de extrema importância para a perícia. Das seis mulheres que entraram no último concurso, ninguém desistiu. Ali, temos mulheres e mães muito fortes, corajosas, que escolheram fazer o que fazem, todos os dias e em todos os plantões, com sensibilidade’’, completou.

Leia mais:   MT Hemocentro promove atividades para fomentar doação de medula óssea

A técnica de desenvolvimento econômico e social, lotada na Corregedoria Setorial, Debora Soares Floriano, relatou sua experiência com o filho adolescente que é portador de necessidades especiais.

“Eu  sou mãe de um adolescente de 14 anos e portador de necessidades especiais e diagnosticado com autismo e síndrome de down. Junto com o diagnóstico veio o luto o questionamento. Mas também a luta, que é incessante. Vivemos o desafio da inserção social, que a sociedade tem dificuldade de lidar com o que é diferente e foge dos padrões. Cerca de 24% dos brasileiros possuem algum tipo de deficiência, física, mental ou comportamental. E ninguém está livre de apresentar um diagnóstico desses. Com ele eu aprendi, que a gente vive um dia de cada vez”, disse.

A Perita Oficial Criminal, Rosangela Guarienti Ventura, lotada na Gerência de Perícias de Meio Ambiente, destacou a importância da figura materna no ambiente de trabalho, ao relatar o apoio e incentivo que recebeu dos colegas durante a sua gestação.

“No ambiente de trabalho, várias vezes os argumentos que a gente utiliza para convencer os nossos colegas tecnicamente é com a aquela cumplicidade materna de diálogo, de apoio, e de transmitir o sentimento de segurança de que a pessoa precisa. O apoio dos colegas de trabalho é fundamental, para que as mães sejam acolhidas no ambiente de trabalho e se sintam produtivas”, aconselhou.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Estudantes de Querência conhecem Cuiabá e o funcionamento dos poderes

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) recebeu na quarta-feira (18.09) a visita de 35 alunos do Ensino Médio da Escola Estadual 19 de Dezembro, localizada no município de Querência (945 quilômetros a Nordeste da Capital). A vinda dos alunos faz parte do Projeto Visita Cidadã, um trabalho multidisciplinar que envolve todas as áreas do conhecimento.

Na Seduc, os alunos foram recepcionados pela secretária adjunta de Gestão Educacional, Rosa Maria Araújo Luzardo, que respondeu vários questionamentos dos estudantes sobre o funcionamento da estrutura escolar.

Um dos alunos quis saber se a Seduc tem algum projeto de aproximação com as escolas e alunos. “Sua pergunta vem ao encontro de uma ação estratégica da escola que é o Projeto Seduc Vai à Escola. O projeto é conhecer a escola, os estudantes e seus profissionais da educação, e que verifica os tipos de dificuldades que ela tem, para melhorar a gestão e a aprendizagem do aluno”, explicou Rosa Luzardo.

A professora de História, Tatiane Schneider Neukamps, que acompanhou os alunos, avaliou como positiva as visitas nos órgãos públicos, pois o conhecimento adquirido foi muito grande.

Leia mais:   MTI capacita gestores para o uso do Sistema de Informações Gerenciais

“Nossos alunos não conheciam a Capital do Estado. É um imenso ganho de conhecimento. É a teoria ligada à prática. Eles fizeram um trabalho sobre os 300 anos de Cuiabá e estão fazendo essa vivência”, frisou. A professora lembrou ainda que os estudantes têm muita curiosidade histórica, pois querem saber a história de Mato Grosso.

A coordenadora pedagógica, Helen Cristina Ladeia, que também participa do projeto, explica que a viagem até a Capital é uma oportunidade ímpar que os alunos tiveram. “Nossos alunos ficaram deslumbrados com a Capital. É um momento que vai fazer a diferença na maneira deles encararem a escola”, ressalta.

A aluna Rainara Olegária disse ter adquirido bastante conhecimento e aprendizado sobre aos órgãos públicos que visitou. “A palestra que tivemos na Assembleia Legislativa, de como funciona aquele poder, foi excelente, muito bem detalhada”, assinalou.

O colega dela, Fábio Henrique, também não conhecia Cuiabá e achou a cidade interessante e aprendeu principalmente sobre o funcionamento dos três poderes. “Também visitamos pontos turísticos como o Parque das Águas e conhecemos os shoppings centers”.

Leia mais:   Procon-MT recomenda atenção aos vencimentos de contas e encomendas

O estudante Biulen Souza Santos disse que conhecer a Capital e como funciona os poderes é uma experiência única, pois sempre ouviu falar de Cuiabá pelos meios de comunicação e nunca tinha posto os pés na Capital de Mato Grosso.

“É um prazer enorme conhecer a nossa Capital, apesar de ser uma viagem difícil e cansativa. Podemos passar informações daqui para nossos colegas”, comemorou.

Pontos Turísticos

Na quarta-feira, os alunos também visitaram o Palácio Paiaguás e na terça-feira (17.09) estiveram no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Os estudantes fizeram uma panorâmica – viagem pelos pontos principais de uma cidade – e conheceram o Balneário da Salgadeira, em Chapada dos Guimarães, e visitaram os shoppings centers. Nesta quinta-feira (19.09), os alunos ainda visitarão vários pontos turísticos da Capital.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sema promove ações de recuperação de nascente e plantio de espécies nativas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente realizará em Cuiabá e Barra do Garças ações alusivas ao Dia da Árvore, comemorado no dia 21 de setembro. Os eventos acontecerão nesta sexta-feira (20.09), com entrega de mudas e replantio de espécies.

A programação em Cuiabá está sendo organizada pela Superintendência de Educação Ambiental e abrange o início da recuperação de nascente e plantio de mudas de espécies arbóreas nativas do cerrado. O evento será realizado na Escola Municipal de Educação Básica 12 de outubro, no bairro Jardim Itamarati, às 7h30.

O evento tem como parceiros o Ministério Público de Mato Grosso; Projeto Água para o Futuro-MP; Prefeitura de Cuiabá; Projeto Verde Novo; 44º Batalhão de Infantaria Motorizado; Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) e Instituto Ação Verde.

Barra do Garças

A Diretoria da Unidade Desconcentrada de Barra do Garças é uma das participantes do Projeto Árvores Pela Vida, que realizará o plantio de árvores em escolas municipais e distribuirá mudas aos pais dos estudantes.

Leia mais:   Força Tática apreende 196 tabletes de maconha em bairro de Cuiabá

Na parte da manhã, a ação começa às 8 horas, nas Escolas Municipais Maurenice Santos Cordeiro, Helena Esteves e Dona Delice Farias dos Santos. No período da tarde, serão atendidas as escolas Esmeralda Gomes de Carvalho, Francisco Marcucci e Arlinda Gomes, a partir das 13h30.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana