conecte-se conosco


Cáceres e Região

Madrasta é suspeita de quebrar braço de menina de 9 anos que passava fim de semana com o pai em Cáceres

Publicado

Um exame de corpo de delito foi solicitado para dar início às investigações pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso.

Uma menina de apenas 9 anos teve o braço quebrado após ser espancada pela madrasta no bairro Jardim Lucélia, em Cáceres (218 km da Capital). As agressões aconteceram no fim de semana, período que a menina visitava o pai.

De acordo com o relato da mãe da vítima, que fez denúncia contra a agressora, a menina chegou à casa do pai na sexta-feira (03), onde ficaria durante todo o final de semana, porém, na segunda-feira (06), a acusada ligou pedindo para que buscassem a enteada com urgência.

Ainda segundo a mãe da criança, ela estava bastante ocupada no momento em que recebeu a ligação, mas devido à urgência solicitada pediu para que uma vizinha buscasse a menor.

No endereço, assim que a madrasta entregou a criança, a vizinha viu que ela estava com o braço quebrado, ligou imediatamente para a mãe da menor e comunicou a situação.

Logo em seguida, a mulher buscou a filha e levou para o Pronto-Socorro de Cáceres.

Leia mais:   Polícia Civil apreende mala com 10 tabletes de maconha dentro de ônibus

Após questionar sobre o motivo da fratura no braço, a menina contou que tinha sido agredida pela esposa de seu pai.

Após o socorro médico e alta criança, a mulher denunciou a madrasta e registrou ocorrência por maus-tratos e lesão corporal.

Um exame de corpo de delito foi solicitado para dar início às investigações pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso.

Joner Campos

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Oportunidade: IFMT Cáceres abre inscrição para novo seletivo de ingresso no primeiro semestre do Curso Técnico em Agropecuária

Publicado

Inscrições serão realizadas, exclusivamente pela internet, até as 17 horas do dia 20 de Janeiro

Pessoas que já concluíram o Ensino Médio terão nova oportunidade de ingresso, já no primeiro semestre deste ano, no Curso Técnico em Agropecuária Subsequente do Instituto Federal de Mato Grosso, IFMT Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo. O campus oferta 13 vagas remanescentes em edital de seleção com inscrições abertas até as 17 horas do dia 20 de janeiro.

Ofertado gratuitamente, o curso de formação técnica profissionalizante em Agropecuária, subsequente ao Ensino Médio, tem duração de um ano e meio e as aulas para a turma 2020/1 ocorrerão no período vespertino.

De acordo com a instituição, uma das marcas do curso é a boa inserção de ingresso no mundo do trabalho, além do registro pela opção de continuidade aos estudos, após o curso. Exemplo recente das formandas e formandos 2019/1: ao concluir o curso mais de 80% da turma já tinha assegurado vaga no mundo do trabalho (46,4 %) e ou na vida acadêmica.(35,7 %).

Inscrição e Seleção

A seleção para ingresso no curso será realizada por meio da análise do histórico escolar de todos os anos do ensino médio. No caso das pessoas que ainda estão cursando o 3º ano do ensino médio do ano 2019, as notas do 3° ano do primeiro semestre de 2019 constantes no histórico parcial serão repetidas para o segundo semestre.

Para a inscrição, basta acessar o site selecao.ifmt.edu.br , escolher a opção ‘Edital 001/2020Processo Seletivo 2020/1Cursos Técnicos Subsequentes(vagas remanescentes)’, preencher questionário eletrônico e anexar o histórico escolar do ensino médio em um único arquivo em formato pdf. Outra opção é acessar o link direto do seletivo do edital na página do campus cas.ifmt.edu.br e seguir as orientações descritas. Não será cobrada taxa de inscrição.

O resultado final será divulgado dia 24 de Janeiro, pela internet, na página do seletivo. 

Edna Pedro  DRT RJ 5056/2001
Assessoria de Comunicação
IFMT/Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo
(65) 3221-2631
Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil apreende mala com 10 tabletes de maconha dentro de ônibus
Continue lendo

Cáceres e Região

Filho mata a mãe esfaqueada após vítima se recusar a dar cartão para ele comprar drogas em MT, diz polícia

Publicado

Marina Garcia, de 66 anos, e o filho teriam discutido durante a noite. Em seguida, testemunhas ouviram os gritos da vítima e chamaram a polícia.

Um filho de 28 anos é suspeito de matar a mãe esfaqueada depois que ela se recusou a dar o cartão de crédito para ele comprar drogas, no Bairro Jardim Guanabara, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na noite dessa segunda-feira (13).

Marina Garcia, de 66 anos, e o filho teriam discutido durante a noite. Em seguida, testemunhas ouviram os gritos da vítima e chamaram a polícia.

Marina Garcia foi encontrada morta na casa onde morava com o filho — Foto: Cáceres Notícias

Marina Garcia foi encontrada morta na casa onde morava com o filho — Foto: Cáceres Notícias

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, que não teve o nome divulgado, trocou de roupa e fugiu do local após o crime. No entanto, após denúncias, ele foi localizado e preso na Avenida dos Estados.

Perícia foi realizada no local do crime — Foto: Cáceres Notícias

Perícia foi realizada no local do crime — Foto: Cáceres Notícias

Os policiais foram até a casa e encontraram Marina já morta nos fundos da casa. O Corpo de Bombeiros também esteve no local e confirmou a morte.

Leia mais:   Governo deve autorizar nova alta para o salário mínimo

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana