conecte-se conosco


Destaque

INSS vai pagar abono de R$ 579,78 para aposentados

Publicado

Cerca de 28,4 milhões de segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vão receber, em média, R$ 579,78 a mais no valor do benefício, por conta da primeira parcela do abono de Natal. O crédito começa no dia 25 de agosto. Confira o calendário abaixo.

Há dez anos, o governo antecipa 50% do 13º benefício na folha de pagamento que é creditada entre o final de agosto e início de setembro, de acordo com o final do número do benefício. A exceção foi 2015, quando o adiantamento aconteceu um mês depois (no final de setembro e início de agosto).

Para saber o dia do pagamento, o segurado precisa conferir qual é o último algarismo do número de benefício antes do dígito. As aposentadorias e pensões pagas pelo INSS têm 10 algarismos. Por exemplo, para o cartão de benefício número 324.546.767-4, o final é 7. E a parcela do 13º será paga no dia 2 de setembro.

Valor

Em média, o INSS paga R$ 1.159,57 para cada aposentadoria. No mês de pagamento do 13º, o valor sobe para R$ 1.739,35. No entanto, a maioria dos favorecidos deve receber abaixo da média. De cada dez beneficiários, seis recebem um salário mínimo (R$ 880), neste caso, o valor do abono será de R$ 440. Para quem recebe o piso do INSS e tem cartão com final de 1 a 5, o pagamento será feito entre os dias 25 e 31 de agosto.

Leia mais:   Reconstrução do muro e nova recepção do cemitério São João Batista continuam em ritmo acelerado

Do total de 28,8 milhões de beneficiários, cerca de cinco milhões recebem entre um salário mínimo e R$ 1.760, sem considerar o abono, e vão receber o crédito a partir do dia 1º de setembro. Segundo o INSS, 9% dos favorecidos, aproximadamente 2,6 milhões de pessoas, recebem entre R$ 1.760,01 e R$ 2.640.

Só é pago o 13º benefício quem recebe aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade do INSS. Os demais benefícios, como o LOAS (Lei Orgânica de Assistência Social), não dão direito ao abono. A segunda parcela do abono será paga no final de novembro e início de dezembro.

Estadão

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Covid-19 mata 4 pessoas em MT nas últimas 24 horas; em Cáceres não se registra óbitos à 14 dias

Publicado

Gazeta/Expressão Notícias

Mato Grosso teve 4 mortes decorrentes de contaminação pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Com a quantia de óbitos, o estado registra 13.769 vidas perdidas para a covid-19. A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) está em 26%.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado na tarde deste domingo (26) o número de casos desde o começo da pandemia chega a 534.484. Entre os mortos pela doença das últimas horas estão 3 homens e uma mulher, com idades entre 49 e 79 anos.

Em Cáceres, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, não se registra óbitos há 14 dias. A última morte ocorreu no dia 13 de setembro. Ao todo, desde o início da pandemia, foram 422. A cidade está entre as 10 com maior número de casos no Estado com 11.785.

Foram notificadas 95 novas confirmações de casos de coronavírus no estado. Dos 534.484 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.412 estão em isolamento domiciliar e 516.554 estão recuperados. A taxa de ocupação está em 26,86% para UTIs adulto e em 11% para enfermarias adultos.

Leia mais:   Presidente da Comissão de Saúde da Câmara não descarta instauração de CPI para apurar supostas irregularidades na saúde do município

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (110.579), Várzea Grande (37.675), Rondonópolis (37.587), Sinop (25.825), Sorriso (18.166), Tangará da Serra (17.684), Lucas do Rio Verde (15.576), Primavera do Leste (14.677), Cáceres (11.785) e Barra do Garças (10.552).

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Cuiabá empata em 0 a 0 com o Atlético-GO; Dourado aumenta série invicta no Brasileirão

Publicado

A Gazeta

Cuiabá e Atlético-GO empataram em um jogo sem gols na noite deste domingo (26), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Cuiabá aumenta sua sequência de invencibilidade no Brasileirão e agora contabiliza seis jogos sem derrotas.

Inofensvo, o meio campo e o ataque do dourado pouco criaram durante os 90 minutos que a bola rolou. A melhor chance do time da capital foi com Elton, no primeiro minuto de jogo. Após bom passe de Clayson, o atacante conseguiu avançar pela grande área e só parou no goleiro Fernando Miguel.

Com pouca inspiração, o time do treinador Jorginho optou por se defender e abdicou das investidas no ataque. Os números comprovam: 12 finalizações a 6 para o time goiano. O segundo tempo foi marcado por intensa pressão do Atlético-GO, que teve nos pés de Zé Roberto a chance de inaugurar o marcador, mas faltou pontaria.

Com o ponto conquistado em Goiânia, o Cuiabá é o décimo colocado e continua brigando na parte de cima tabela de classificação. São 29 pontos, um a menos que o Athletico-PR, que bateu o Grêmio mais cedo e roubou a nona colocação do Dourado. O próximo jogo do Cuiabá é diante do América-MG, sábado (2), às 16h (horário de MT), na Arena Pantanal.

Leia mais:   Após 19 meses de pandemia no Brasil, curados ainda sofrem com danos neurológicos

O time – Walter, João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Auremir (Camilo), Pepê e Cabrera (Max); Clayson (Felipe Marques), Jonathan Cafú e Elton (Jenison). Técnico: Jorginho.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana