conecte-se conosco


Estadual

Indenizações: MT aumenta em 428% pagamentos de DPAVT a motoqueiros

Publicado

Mato Grosso foi estado que teve o maior aumento nas indenizações pagas pelo seguro DPAVAT a motoqueiros no país, com crescimento de 428% de 2009 a 2018. O estado saiu de 1.614 indenizações em 2009 para 8.534 em 2018.

Os dados constam no Relatório Motocicletas e Ciclomotores, da Seguradora Líder, administradora do DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre).

Podem receber essa indenização pessoas que se machucaram, tiveram lesões permanentes ou perderam familiares em acidentes de trânsito. O valor pago varia de R$ 2,7 mil a R$ 13,5 mil.

Leia também – Governo anuncia empresa vencedora de licitação para obra em anel viário

Dados da Seguradora mostram que em 2018, de cada 10 mil veículos, foram pagas 100 indenizações. Em 2009, eram 36 indenizações pagas a cada 10 mil veículos.

Apesar do crescimento nos seguros pagos às vítimas e seus familiares, a frota de motocicletas e motonetas no estado aumentou 90% nesse período, saindo de 450 mil para 856 mil.

Leia mais:   MT é estado que menos testou para Covid; SES rebate números

A maior parte das indenizações do DPVAT pagas em 2018 no estado foram por invalidez permanente, com 6.901 pagamentos do gênero e um aumento de 892% desde 2009.

Já as indenizações por despesas médicas aumentaram 133%, com 1.026 pagamentos em 2018, contra 439 em 2009. Apesar de ter um aumento em menor escala, as indenizações por mortes em acidentes de trânsito cresceram 26,5%, saindo de 480 em 2009 para 607 em 2018.

Na comparação entre os municípios do Centro-Oeste, em 2018 Mato Grosso teve 3 cidades com o maior número de indenizações pagas pelo DPAVT. Cuiabá, com 1.996 pagamentos, ficou em terceiro; Várzea Grande, com 1.025 registros, em sétimo; e Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), ficou em nono lugar, com 780 indenizações pagas.

GD

Comentários Facebook

Destaque

CRM quer cirurgias não urgentes suspensas em MT

Publicado

Assessoria

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso (CRM-MT) publicou nova Circular recomendando que os hospitais privados de Mato Grosso mantenham a suspensão dos procedimentos cirúrgicos eletivos que demandem a internação do paciente na unidade hospitalar, como medida de contenção à pandemia do novo coronavírus.

O documento é direcionado aos diretores técnicos das unidades hospitalares, que de acordo com o art. 1º da Resolução do CFM nº 2.147/2016, são responsáveis pela garantia das condições técnicas de atendimento nas instituições públicas ou privadas, e respondem perante o Conselho Regional de Medicina.

A recomendação não deve alcançar as cirurgias oncológicas e cardiovasculares, dada as suas especificidades, assim como os atendimentos de Urgência e Emergência.

De acordo com a Presidência do CRM-MT, o teor da recomendação será reavaliado em 15 (quinze) dias, após análise da evolução da pandemia no Estado de Mato Grosso.

Comentários Facebook
Leia mais:   Salário de junho dos servidores estaduais será pago nesta sexta-feira
Continue lendo

Destaque

Governo coloca 19 UTIs em funcionamento e reduz lotação de leitos

Publicado

Assessoria

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, colocou em funcionamento, nesta sexta-feira (10), 19 leitos novos de UTIs em hospitais estaduais para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Com a medida, esta foi a primeira vez na semana que houve redução na taxa de ocupação de UTI’s públicas no Estado.

Ontem, quinta-feira (9), a taxa de ocupação registrada foi de 98,4% e hoje, de acordo com o boletim epidemiológico, a taxa caiu para 90.5%. A tendência, para a próxima semana, é que esse percentual caia ainda mais, pois há previsão de abertura de mais leitos de UTIs em cidades do interior.

Com esse incremento, o Estado passa a contar em seus hospitais com 138 leitos de UTIs.

Os novos leitos, que já foram colocados em funcionamento, nesta sexta-feira, estão localizados no Hospital Estadual Santa Casa (10 leitos) e no Hospital Regional de Sinop (9 leitos).

Outros 10 leitos de UTIs da Santa Casa entram em funcionamento neste sábado (11), de acordo com a diretora da unidade, Patrícia Dourado. “Estamos com tudo pronto e já neste sábado eles irão para a regulação”, destacou.

Leia mais:   Salário de junho dos servidores estaduais será pago nesta sexta-feira

Confira as unidades que deverão receber novas UTIs, além dos novos leitos abertos na Santa Casa e Regional de Sinop: Segundo o plano de trabalho da SES serão 30 no Hospital Metropolitano,  mais 10 no Hospital Regional de Sinop e 10 no Hospital Regional de Cáceres.   Além disso, serão abertos leitos nos municípios Cuiabá (30), Alta Floresta (10), Água Boa (10), Confresa (10), Campo Verde (10), Pontes e Lacerda (10), Cáceres (5 leitos contratualizados com o Hospital São Luiz), Nova Mutum (20) e Peixoto de Azevedo (10).

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana