conecte-se conosco


Cáceres e Região

IFMT obtém registro de primeira patente com invenção desenvolvida no Campus Cáceres

Publicado

Assessoria

Um dispositivo para detecção de atividades de cupins subterrâneos desenvolvido, em 2015, no Instituto Federal de Mato Grosso, IFMT, Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo é a primeira invenção exclusiva do IFMT com registro de patente aprovada pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). O registro publicado na última semana na Revista da Propriedade Industrial assegura ao IFMT e aos inventores a proteção dos direitos de propriedade e abre a possibilidade de transferência da tecnologia com licenciamento para empresas interessadas em desenvolverem e comercializarem o produto.

Baseado em uma reação química colorimétrica, o dispositivo inovador funciona como uma isca para detecção de cupins subterrâneos em gramados, jardins, áreas urbanas e cultivos agrícolas e florestais.

 De autoria do professor e pesquisador Alexandre Santos, doutor em entomologia, em conjunto com as egressas do curso de Engenharia Florestal Jessica dos Santos, Karyna da Silva, Nubia da Silva, Sarah Ladeia e o egresso Wezile Nunes, o invento denominado ‘Termiter’ é fruto de pesquisa realizada no Laboratório de Fitossanidade do campus (FitLab).

“Atualmente, não existe uma maneira prática, eficiente e de baixo custo para monitoramento da bioatividade de cupins subterrâneos, pois suas colônias se localizam de maneira irregular e profunda abaixo da superfície do solo ou sob o solo em construções e edificações urbanas. Então, o nosso invento traz solução para o problema com tecnologia para detecção não destrutiva da bioatividade de colônias de cupins subterrâneos e para verificação da eficiência técnica de produtos fitossanitários utilizados para o controle desses organismos”, explica o professor.

Leia mais:   Prefeitura recebe doação de alimentos para a Campanha Vacinação Solidária

Os protótipos de testes do dispositivo desenvolvidos pela equipe apresentam baixo custo e são de fácil manuseio e interpretação de resultados. De acordo com o professor, a expectativa agora é conseguir transferir a tecnologia para empresas produzirem e disponibilizarem o produto em larga escala e garantir, além do retorno financeiro para o IFMT com a licença de patente, a projeção da instituição no campo da inovação tecnológica.

“o primeiro passo será a prospecção do interesse de empresas de produtos químicos ou biológicos para testar a tecnologia desenvolvida e em caso de interesse, realizar a transferência tecnológica da patente, garantindo recursos financeiros para o IFMT e o aumento da visibilidade da instituição como desenvolvedora de soluções tecnológicas para a sociedade”, pontua Alexandre.

No IFMT, o setor responsável pela gestão da política de Propriedade Intelectual, desde o processo de execução do depósito de pedido de patente até a transferência da tecnologia, é a Agência de Inovação Tecnológica, ligada à Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (Propes).

Segundo a coordenadora, Silvana Santos da Cruz, a agência criada em 2008, trabalha nos últimos três anos, na institucionalização de normas, protocolos e política de inovação, com o incentivo e fomento à Propriedade Intelectual (PI).

Hoje, o IFMT conta com mais de 10 depósitos com pedidos de registros, incluindo patentes de invenções e programas de computador. A instituição também trabalha em conjunto com outros centros de pesquisa, a exemplo da Universidade Estadual de Campinas com o depósito internacional de patente de uma válvula hidráulica que garantiu a proteção da invenção em mais de 150 países, por meio do Tratado Internacional de Cooperação em matéria de Patentes.

Leia mais:   Conforme antecipado pelo Expressão prefeitura prorroga decreto e mantém fechamento do comércio

“A agência vem trabalhando de forma efetiva, desde 2018, nas normatizações e processos para proteger as nossas PI, com a criação da política, manuais, fluxos de processos eletrônicos. Diante disso, tivemos um grande aumento no depósito de patentes e programas de computador. A patente de autoria de Alexandre e equipe é o resultado desse trabalho que vem sendo realizado”, destaca Silvana.

O pró-reitor de Pesquisa e Inovação do IFMT, Erineudo de Lima Canuto destacou a relevância da patente que se constitui como marco histórico para a instituição e agradeceu o esforço coletivo e o trabalho realizado pelas pesquisadoras e pesquisadores do IFMT.

“Com muita alegria e orgulho, divulgamos esta primeira patente de invenção obtida pelo IFMT, cuja petição fora registrada em outubro de 2015. Sabemos dos imensos desafios que enfrentamos nas atividades de pesquisa e inovação, mas o IFMT, através de sua Agência de Inovação e esforço conjunto de nossos pesquisadores, tem ampliado significativamente o número de registro de pedido de patentes nos últimos três anos”, comemora o pró-reitor.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Juba Supermercados de Mirassol D’Oeste doa cilindros de oxigênio e cestas básicas para a prefeitura e carne para a comunidade

Publicado

 

Esdras Crepaldi/Assessori

Atendendo solicitação do prefeito Héctor Alvares, o Juba Supermercados de Mirassol D’Oeste aderiu à corrente de mobilização para ajudar pacientes internados com a Covid-19 no Hospital Samuel Greve e doou três cilindros de oxigênio de 50 litros para a Saúde Municipal e 50 cestas básicas para a prefeitura.

O evento aconteceu na tarde da última segunda-feira (19) e contou com as presenças do Gerente da loja Juba Aparecido Donizete Simão, do Prefeito Héctor Alvares, do Secretário de Saúde Caique Alvares, da Presidente do Hospital Samuel Greve, Daniela Santos Velosos Maraslis e colaboradores do Juba.

O município de Mirassol enfrenta quadros preocupantes de pessoas infectadas com a covid-19 e vive um aumento de casos e a dificuldade na aquisição de cilindros de oxigênio, indispensáveis nas ocorrências graves da doença. Segundo o gerente Aparecido Donizete , cada cilindro custou um pouco mais de quatro mil reais e tem capacidade de 50 litros de oxigênio.

“ O Grupo Juba e a Rede Juba de Supermercados tem nos seus valores a responsabilidade social e com isso tem buscado ser parceiro do município de Mirassol D’Oeste. Procuramos sempre estar presente nas ações humanitárias e de solidariedade e retribuir tudo o que os mirassolenses fazem por nós”, observou Cido.

Leia mais:   Unemat é pioneira na oferta de curso superior específico para indígenas na America Latina

Para o Prefeito Hector Alvares esta doação é muito importante no momento difícil que passa a população. “São itens significativos e que vão nos ajudar muito. Três balas de oxigênio e 50 cestas básicas, vão nos ajudar muito. Agradeço a doação e a parceria do Juba Supermercados”, enalteceu o prefeito Héctor.

Já o Secretário Municipal de Saúde, Caique Alvares, noticiou que estão tendo muitas dificuldades no suprimento de 0². “É com satisfação que recebemos estas três balas de oxigênio e os alimentos, estas doações contribuem muito e fazem a diferença”, comemorou Caique.

Finalizando a Presidente do Hospital Samuel Greve – para onde serão destinados os cilindros – Daniela Santos Velosos Maraslis, observou que a doação é de suma importância, pois são muitos pacientes que necessitam de ventilação mecânica. “Muito obrigado Juba Supermercados, estamos precisando muito de oxigênio. A ventilação artificial é essencial para alguns pacientes com Covid-19, internados na nossa unidade”, agradeceu.

O Juba ainda doou 60 cestas básicas e 100 pacotes de três quilos de carne para famílias carentes de Mirassol D’Oeste.

Leia mais:   Anderson Bezerra toma posse nesta segunda no cargo de diretor-geral do IFMT Cáceres

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Instituto Cometa lança, nesta terça-feira campanha “Natal solidário 2021”,

Publicado

Assessoria

O projeto “Natal Solidário 2021”, realizado pelo Instituto Cometa em parcerias com a APDM, AMM E COEGEMAS, chega a sua 8ª edição e será lançado nesta terça-feira (20) às 14h, numa transmissão virtual, pelo Zoom e também através do Canal da APDM no Youtube.

O objetivo do projeto é arrecadar alimentos para serem distribuídos aos municípios que aderirem a campanha e para isso o Instituto Cometa doará os prêmios, sendo um veículo, uma moto, uma geladeira, um fogão e uma televisão e os participantes poderão trocar 5 quilos de alimentos não perecíveis por 1 cupom. Os responsáveis pela organização do evento, recebem os alimentos doados e trocam por cupons para o sorteio que será realizado através da internet.

Os participantes da live terão a oportunidade de capacitar a equipe dos municípios no desenvolvimento da campanha local, e também motivar os 141 municípios de Mato Grosso a aderirem a campanha.

A presidente da APDM, Scheila Pedroso, que recentemente tomou posse, abraçou esta campanha e afirmou que iniciativas como essa, principalmente num momento de pandemia são extremamente necessárias, pois a fome voltou a assombrar ainda mais as famílias que desde a chegada do corona vírus no País, já somam 125,6 milhões de brasileiros (59,3%) sem comerem em quantidade e qualidade ideais.

Leia mais:   Credores buscam receber dívidas milionárias junto ao Hospital São Luiz e Pró-saúde

A participação dos municípios será feito através de um “Termo de Parceria”, assinado pelos prefeitos e o Instituto Cometa, com a colaboração das secretarias municipais de assistência social e outras indicadas pelos gestores.

A campanha Natal Solidário do Instituto Cometa, conta com uma coordenação Estadual composta pela AMM, APDM e COEGEMAS, que estarão auxiliando a busca de parceiros das campanhas anteriores, bem como a orientação aos municípios para as parcerias locais com as organizações sociais, religiosas, movimentos comunitários, empresários locais, Instituições de ensino superior, entre outros.

A live contará com a participação de Francis Maris – sócio fundador e diretor do Grupo Cometa, Rosimari Ribeiro – presidente do Instituto Cometa, Scheila Pedroso – presidente da APDM, Neurilan Fraga – presidente da AMM e Jucelia Ferro – presidente do COEGEMAS/MT.

Os interessados na campanha devem inscrever no link abaixo:
https://www.sympla.com.br/lancamento-natal-solidario-8-edicao-2021__1188757

 IMPRIMIR
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana