conecte-se conosco


Cáceres e Região

Grupo Juba doa alimentos ao Hospital do Câncer de Mato Grosso

Publicado

Na última semana o Grupo Juba, através do Atacado pantanal, doou mais de 12 mil reais em alimentos para o Hospital de Câncer de Mato Grosso.

A relação entre o Grupo Juba e o HCanMT não se restringe apenas a esta doação, mas sim a uma parceria firmada ao longo de vários anos, através da iniciativa de Manuel Jorge Ribeiro e seus filhos, proprietários do Grupo Juba.

Segundo Diretor Administrativo da Rede Juba de Supermercados, Mirko Ribeiro a responsabilidade social é um dos principais valores das empresas do Grupo, por isso, sempre realizam atividades voltadas para o auxílio a instituições filantrópicas e em benefício dos menos favorecidos. “O Hospital de Câncer depende da ajuda da sociedade para continuar oferecendo atendimento médico de qualidade para os mato-grossenses, como empresa de responsabilidade social, não poderíamos ficar de fora de uma ação como esta”, observa Mirko.

O Hospital de Câncer de Mato Grosso foi fundado em 1999, e atende pacientes com forte suspeita ou diagnóstico de Câncer no estado. Cerca de 97% dos pacientes são atendidos pelo Sistema Único de Saúde ou pela filantropia. O HCanMT realiza cerca de metade de todos os tratamentos de câncer em Mato Grosso, sendo uma referência no Centro Oeste e reconhecido pela excelência do serviço oferecido. O hospital conta com o apoio da sociedade, que realiza eventos, doações, projetos e trabalhos.

Leia mais:   REGIÃO OESTE Com aumento dos casos de coronavírus, deputado comemora novos investimentos do Governo

Para o Diretor Financeiro do Grupo Juba, Marcelo Ribeiro, a quantidade de alimentos doados ao Hospital, possibilita que valores doados em dinheiro sejam utilizados em outras necessidades, como equipamentos e medicamentos. “Os alimentos ajudam a suprir muitas necessidades dos pacientes, assim contribuímos para que o HCanMT continue oferecendo atendimento médico de qualidade para os mato-grossenses”, avalia Marcelo.

Pela atitude e parceria, o Juba, recebeu uma Moção de Agradecimento do Diretor Presidente do Hospital. “Pela dedicação do Juba Supermercados em fazer o bem e ajudar o Hospital do Câncer de Mato Grosso em sua missão de cuidar de gente e salvar vidas, externamos nosso agradecimento”, Laudemi Moreira Nogueira, Diretor Presidente.

APAE de Cáceres

No mês passado, a Apae de Cáceres também recebeu do Grupo Juba uma quantia significativa de alimentos. Os donativos foram entregues à entidade pela Diretora Marta Luchesi Ribeiro em evento promovido pela entidade.

Por: Esdras Crepaldi

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Em mensagem de despedida, Marcinho diz que Adriano deixa um legado de idealismo e perseverança

Publicado

A partida prematura do nosso amigo e companheiro Adriano Silva irá proporcionar uma lacuna, não impossível, mas muito difícil de ser preenchida nos meios socais, familiares e políticos, em Cáceres.

Idealista, o professor e ex-reitor da nossa Unemat, Adriano deixa ao povo mato-grossense, um legado de homem público honesto e justo.

A população, as autoridades, mas principalmente, a comunidade acadêmica, certamente, reconhecerá, para sempre, a realização do seu grande sonho de tornar realidade os cursos de Direito e Medicina da instituição.

Mas, não foram só isso, Adriano será lembrado pela sua perseverança, nos meios políticos. O desejo de ajudar no desenvolvimento de sua cidade natal, fez com que ele pleiteasse galgar passos largos no cenário político.

Embora, não tenha obtido sucesso, nos pleitos que disputou, Adriano jamais desistiu em se perseverar. A sua bandeira era estar presente; era somar; era defender os interesses de Cáceres.

O povo mato-grossense, mas, em especial, o cacerense, o terá para sempre no coração e na memória como um grande homem, pai, companheiro, profissional e amigo.

Leia mais:   PE, Força Tática e Sistema Penitenciário prendem grupo criminoso que “desviava” piche da prefeitura

Que Deus conforte a família.

Marcinho Lacerda!

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

OMS decide retomar pesquisas com cloroquina

Publicado

METROPOLES

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta quinta-feira (04/06), que a entidade vai retomar as pesquisas com cloroquina e hidroxicloroquina contra o coronavírus. Tedros Adhanim Ghebreyesus explicou que o Comitê de Segurança e Monitoramento do ensaio clínico Solidaridade revisou os dados e decidiu manter o protocolo original do estudo.

O trabalho havia sido suspenso na semana passada depois que os resultados de uma pesquisa com 96 mil pacientes foram publicados na revista científica The Lancet. Segundo os pesquisadores, o medicamento não tinha eficácia contra a Covid-19 e aumentava o risco de arritmia cardíaca e morte.

Porém, nesta segunda (02/06), a publicação científica anunciou em editorial que os resultados passariam por auditoria e que os editores estariam “preocupados”.

Nos bastidores, governo admite que novo protocolo da cloroquina “fracassou”. Mais de 3.500 pacientes em 35 países farão parte do ensaio clínico da OMS. Segundo Soumya Swaminathan, cientista-chefe da entidade, não há evidência de que qualquer remédio diminua a mortalidade em pacientes com coronavírus.

Ela reforçou que a OMS não está fazendo uma recomendação acerca do uso da medicação, e sim autorizando investigações para descobrir se a cloroquina funciona ou não contra a doença.

Comentários Facebook
Leia mais:   Insatisfeitos representantes de partidos políticos fazem movimentação de protesto na Câmara
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana