Depois de promover um trabalho de conscientização sobre o Câncer de Mama através do Outubro Rosa, o Grupo Juba, por meio da sua Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho – CIPA aderiu mais um importante tema social de saúde pública, o Novembro Azul.

“A CIPA tem como objetivo prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. E Campanha Novembro Azul, com a finalidade de conscientizar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, está ligada diretamente ao que se propõe a comissão”, revela a responsável pelo departamento de recursos humanos do Grupo Juba, Gláucia Pinheiro.

Para a Presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho do Juba, Maria Aparecida Lira Simoncelos, todos os membros da CIPA se envolvem nas atividades e nas campanhas promovidas pelo Ministério da Saúde. “Por entendermos que doenças crônicas ou de extrema gravidade, como são o Câncer de Mama e de Próstata, devem ser tratadas com seriedade, onde a atenção e conscientização, são imprescindíveis para este fator” avalia Cida Lira.

Já Alivaldo Almeida, colaborador do Atacado Pantanal e membro da Comissão, anota a importância da Campanha, onde mais do que um laço no peito, o Novembro Azul deve ser um brado durante o ano todo. “O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil e é de olho principalmente em quem não se cuida que a campanha Novembro Azul deve ser fator de informação e se possível estendida para o ano inteiro”, observa Alivaldo.

Palestras e folhetos espalhados nos murais dos estabelecimentos, dão a tona a mais esta importante ação de saúde para homens, nas lojas do Grupo Juba.

DENGUE

Outra ação da CIPA, que está prevista para os próximos dias, é em relação a prevenção da Dengue. O vice-presidente da Comissão Interna, o gerente de loja, Alexandre Vieira, explica que ao chegar o período das chuvas em Cáceres, há uma proliferação do mosquito transmissor da Dengue, o Aedes Aegypt , principalmente pelo acúmulo de água. “Aproveitamos

através de palestras e folhetos informativos, alertar nossos colaboradores, sobre a importância de limpar terrenos e quintais e eliminar potenciais de reprodução do mosquito”, finaliza Alexandre.

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here