conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo do Estado lança manual de turismo sustentável para Mato Grosso

Publicado

O turismo sustentável é uma forma que busca simultaneamente a conservação e a proteção do meio ambiente, a promoção da cultura, a valorização das tradições, o respeito das pessoas, em particular da comunidade local, melhorando a experiência positiva do turista e promovendo a viabilidade dos negócios.

A descrição está no documento “Normalização e Certificação de Turismo Sustentável”, um manual de diretrizes que foi lançado nesta segunda-feira (09.12), em Cuiabá, pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Parceria para Ação pela Economia Verde (Page MT), Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e Sebrae MT.

“O Estado de Mato Grosso, por orientação do governador Mauro Mendes, está em busca do desenvolvimento do turismo mostrando nossas belezas naturais de forma sustentável. O projeto levará as diretrizes para as políticas públicas e auxiliará os empresários do setor”, afirmou Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo.

De acordo com o diretor superintendente do Sebrae MT, José Guilherme Barbosa Ribeiro, o manual é prático e objetivo. “Mostra aos poderes públicos estadual e municipais como apoiar o turismo em Mato Grosso e à iniciativa privada orienta como fazer a normalização deste turismo sustentável – o que fazer, como fazer, quais são as normas”, explicou.

Leia mais:   Governo ouve Fórum Sindical sobre demandas dos servidores públicos

Mato Grosso é o único Estado brasileiro que tem este tipo de documento, que também será editado em inglês para ter maior alcance.

“O potencial do Estado é gigantesco e, no próximo ano, partiremos para as capacitações e desdobramentos destes manuais. Esperamos que realmente ajudem a melhorar a utilização dos recursos naturais e a inclusão de comunidades que ainda não estão participando ativamente de uma cadeia sustentável”, disse Regina Cavini, oficial de programas sênior do Pnuma.

O consultor do Sebrae, Alexandre Eliasquevitch Garrido, reforçou que é um grande marco para Mato Grosso porque organiza uma estratégia única para avançar nesta agenda do turismo sustentável. “Estabelecemos as diretrizes que foram baseadas em princípios internacionais como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Agora, partiremos para as questões práticas”.

“Em 2016, elencamos que o turismo seria um eixo importante de sustentabilidade da economia verde, da geração de trabalho, emprego e renda decentes. Este foi um trabalho muito bem feito e agora irá virar política pública com participação de gestores e empresários, sempre lembrando que o turismo é um dos setores da economia que mais cresce no mundo, representando 5% do PIB global, além de gerar 235 milhões de empregos”, disse Eduardo Chiletto, coordenador do Page MT.

Leia mais:   Cuiabá sediará reunião nacional da Federação Nacional das Juntas Comerciais

Colaboraram com o projeto os analistas de Desenvolvimento Econômico e Social da Seadtur, Diego Augusto Orsini Beserra e Leandro Carvalho Lima, e Marisbeth Maria Gonçalves, analista do Sebrae.

Page MT

O Programa Page (Partnership for Action on Green Economy, cuja sigla em português é Parceria para Ação em Economia Verde) em Mato Grosso é uma aliança entre cinco agências da ONU e o Governo de Mato Grosso que procura desenvolver e implementar estratégias de Economia Verde, além de criação de empregos “verdes”. São aqueles que diminuem o impacto ambiental para níveis sustentáveis, ou seja, são postos de trabalho decente, isto é, trabalho formalizado de acordo com as normas trabalhistas, que reduzem emissões de carbono e que se destinam a melhorar a qualidade de vida humana e ambiental.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Polícia Civil cumpre mandados contra quadrilha de roubos e furtos de veículos de locadoras

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá), com o apoio operacional da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), deflagrou nesta quarta-feira (22.01) a Operação Localiza, que investiga uma associação criminosa responsável por subtrair, mediante fraude, veículos de propriedade de locadoras em todo o estado de Mato Grosso.

Na operação, as equipes da GCCO ficaram responsáveis por três ordens judiciais, expedidas pela comarca de Barra do Garças com base nas investigações da DERF do município, sendo cumpridos um mandado de prisão preventiva e dois de buscas e apreensões domiciliares em Cuiabá.

De acordo com o delegado da DERF Barra do Garças, Nélder Martins Pereira, responsável pelas investigações, somente no mês de julho de 2019 os integrantes da quadrilha roubaram uma pick-up Fiat Strada e um Volkswagen Voyage de uma empresa da cidade de Barra do Garças e, em seguida, fugiram para a capital mato-grossense.

Há também fortes indícios de atuação do grupo criminoso nas cidades de Nova Mutum, Jaciara, Sorriso e até também em Aragarças, estado de Goiás.

Leia mais:   Procon MT orienta para o consumo consciente nas liquidações de início de ano

As investigações indicam que a quadrilha, em clara divisão de tarefas, simulava o roubo/furto de um veículo segurado (registrando boletim de ocorrência do sinistro) e acionava a empresa seguradora, solicitando, inclusive, um veículo reserva junto a uma empresa de locação.

“Geralmente, usando documentos pessoais e ‘cheques caução’ falsos, um integrante fazia, sem grandes dificuldades, a retirada/subtração do veículo locado. Dias depois, registravam o boletim de ocorrência de recuperação do veículo segurado e o transferiam a terceiro”, explicou o delegado.

As diligências continuam para localizar e prender outros suspeitos. As investigações prosseguem na DERF de Barra do Garças, sendo os investigados responsabilizados pelos crimes de furto mediante fraude e associação criminosa, sem prejuízo de apuração de outras infrações penais conexas.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira com chave de fenda em Várzea Grande

Publicado

Um homem acusado de agredir a namorada com golpes de chave de fenda teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil nesta quarta-feira (22.01), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG) com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

O suspeito conviveu cinco anos com a vítima e já havia a agredido anteriormente, no mês de dezembro de 2019. Assim que saiu da prisão, em janeiro, mesmo ciente das medidas protetivas, rompeu a tornezeleira eletrônica para praticar a nova agressão.

O crime ocorreu no dia 10 de janeiro em uma residência no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. O suspeito, pelo fato de não aceitar o fim do relacionamento, pulou o muro da casa em que a vítima estava e a agrediu com diversos golpes com chave de fenda, ferindo a vítima na barriga,  costas, nuca, tórax e rosto.

Enquanto a agredia, o suspeito xingava, ameaçava de morte e ao mesmo tempo pedia perdão à vítima. Após o crime, o agressor foi embora, porém, voltou a passar em frente à casa, apontado uma arma de fogo e dizendo que iria matar a vítima.

Leia mais:   Núcleo de Desaparecidos localiza 816 pessoas durante 2019

Diante da gravidade da situação e para evitar um futuro feminicídio, a delegada Mariel Antonini Dias representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça. A ordem judicial foi cumprida nesta quarta-feira (22), na cidade de Cáceres, com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

“Para evitar consequências maiores, como um possível feminicídio, a Delegacia da Mulher de Várzea Grande atuou de maneira grave e eficaz, fazendo que o agressor retornasse à prisão”, disse a delegada.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana