conecte-se conosco


Policial

Governo de Mato Grosso cria Delegacia de Especializada de Combate à Corrupção

Publicado

Raquel Teixeira/PJC-MT

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Polícia Judiciária Civil, tem a partir de agora uma unidade que atuará exclusivamente com investigações de fraudes ou modalidades de corrupção praticadas na administração pública e ações de agentes que atuem de forma isolada ou em grupo na lavagem ou ocultação de bens. O decreto criando a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção foi publicado nesta sexta-feira (18.10), no Diário Oficial do Estado. 

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, destaca o alinhamento de Mato Grosso com as diretrizes do Ministério da Justiça e Segurança Pública que tem como um das prioridades o reforço nas ações de combate à corrupção. “Em consonância com a orientação do MJSP para que os Estados reforcem as atividades investigativas criamos essa estrutura que trabalhará nesse foco específico, com as atividades centralizadas nessa nova estrutura, que atuará em parceria com órgãos de controle externo”, reforçou Bustamante. 

Em julho deste ano, o Ministério da Justiça publicou os critérios para rateio entre os Estados dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. O fortalecimento da Rede Integrada de Banco de Perfis Genéticos, a Proteção das Fronteiras e a Criação de Unidades Especializadas das Polícias Civis específicas para o combate à corrupção são alguns dos indicadores definidos por serem considerados estratégicos e de ganhos substanciais na produção de provas e no enfrentamento às organizações criminosas.

Leia mais:   Polícia Civil esclarece roubo de veículo com prisão de três envolvidos no crime

O delegado-geral da PJC-MT, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, pontua que a  criação da nova Delegacia, permite à Polícia Civil atuar numa linha de trabalho investigativo nos moldes da força-tarefa da Operação Lava Jato, seguindo uma tendência de todos os Estados, conforme as premissas adotadas pelo Ministério da Justiça. “A Polícia Civil, mesmo com a crise de efetivo e escassez de recursos conta com apoio do governo para ter uma estrutura que possa atuar de maneira bastante rigorosa no combate aos crimes de corrupção e que as ações investigativas permitam ao Estado ter de volta recursos que porventura sejam desviados”, afirma o delegado-geral. 

Mário Dermeval acrescenta ainda que o trabalho da DECCOR será em conjunto com órgãos de controle. “Nossa prioridade nessa estrutura é atuar com base em uma boa relação com o Ministério Público, pois são todos engrenagem de um mesmo sistema que tem como resultado o zelo com recursos públicos”. 

Estrutura 

Conforme estabelece o Decreto 267/2019, a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção ficará subordinada à Diretoria de Atividades Especiais e terá atuação em todo o Estado de Mato Grosso. 

Leia mais:   Autor de homicídio praticado em Cuiabá há 29 anos é preso em Brasília

O diretor de Atividades Especiais, delegado Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, explica que a nova Delegacia ocupará, por enquanto, o mesmo prédio da Delegacia Fazendária, e que no futuro passará para outro local. “O próximo passo agora, a partir da criação é estruturar as equipes que atuarão na DECCOR, em conformidade com o que estabelece o Decreto”. 

O coordenador-geral do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Internacional do MJSP, Duílio Cardoso, pontua que a criação das Delegacias nos Estados demostra o comprometimento dos governos em fortalecer o trabalho policial investigativo no combate à corrupção para que no futuro, as Polícias Civis sejam os principais atores nesse processo. “A criação e estruturação das DECCOR fortalecem internamente as instituições e o processo de maturação para conquistar resultados efetivos nas investigações. Com essa resposta por parte dos estados está sendo criado um cenário que não permitirá retrocessos nas ações de combate à corrupção e o ganho é para toda a sociedade”, atesta Duílio Cardoso.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil e PRF cumpre mandados para apurar diferentes crimes em Jaciara

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Jaciara (144 km ao Sul de Cuiabá) cumpriu cinco mandados de busca e apreensão domiciliar durante operação deflagrada na quarta-feira (13.10), com objetivo de combater o tráfico de drogas e outros crimes no município.

A ação contou com o efetivo de 14 policiais civis das Delegacias de Jaciara e Dom Aquino e também com apoio do cão farejador e de duas equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os mandados foram expedidos com base em investigações da Polícia Civil com a finalidade de coibir o comércio de entorpecentes, localizar armas e verificar o abate clandestinos de animais. As ordens judiciais foram cumpridas na área urbana e zona rural do município, em duas fazendas próximas a cidade de Dom Aquino.

Durante as buscas em um dos alvos, foi apreendida uma porção de ácido bórico, resultando na prisão em flagrante de R.S.S., pelo crime de possuir substâncias destinadas a preparação de drogas. Após a lavratura do procedimento, o preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Jaciara.

Leia mais:   Condenado por estupro de vulnerável é localizado e preso pela Polícia Civil

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Arte Cultura realiza festival de karaokê nas festividades de fim de ano

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Buscando maior diversão e interatividade dos servidores, a  14ª edição do Projeto Arte e Cultura em Ação, realizada pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, traz uma programação especial e inédita para as comemorações, com o 1º Festival de Karaokê promovido pela instituição. 

O evento realizado desde 2006 visa proporcionar momentos de descontração, alegria e principalmente revelação de talentos artísticos dos policiais civis. O 1º Festival de Karaokê, criado com caráter de concurso será dividido em duas etapas, a primeira no dia 06 de dezembro e a segunda, no dia 13, data oficial do evento.

O festival de karaokê iniciará com a etapa seletiva e a segunda etapa encerra o concurso com a vitória do candidato com melhor atuação. Os dois eventos serão no auditório do prédio da Diretoria Geral da Polícia Civil, em Cuiabá.

Além do concurso de Karaokê, a programação segue na tradicional tarde de apresentações musicais, humorísticas, exposições de pintura, artesanatos, culinária e muito mais.

Inserido no calendário de eventos da Instituição, o Projeto Arte Cultura em Ação é promovido, pela equipe da Área de Acompanhamento Psicossocial, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da PJC. A ação tem com objetivo confraternizar, bem como estimular e fortalecer a autoestima e qualidade de vida do servidor.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre prisão preventiva de suspeito de violência doméstica na Capital

Para participar do concurso de Karaokê, o interessado deverá ler o REGULAMENTO, preencher a FICHA DE INSCRIÇÃO e encaminhar somente por e-mail para o endereço eletrônico: equipepsicossocial-gadss@pjc.mt.gov.br

Já as inscrições para o Projeto Arte e Cultura em Ação poderão ser realizadas por e-mail: equipepsicossocial-gadss@pjc.mt.gov.br; por telefone através dos números (65) 3613-5627 e (65) 99972-5945; ou presencialmente com a equipe psicossocial no setor de Gestão de Pessoas (na avenida Coronel Escolástico n.346 – bairro Bandeirantes – 2º andar). 

Todos os servidores e familiares que tenham um talento especial ou que queriam demonstrar a sua forma de arte são convidados a contribuir com a comemoração. Então se você canta, toca, dança, faz artesanatos, pinta, conta piadas, se é um artista na cozinha ou tem outro dom especial, venha participar dessa festa.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana