conecte-se conosco


Nacional

Governo anuncia crédito de R$30 mil para caminhoneiros

Publicado

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizará R$ 500 milhões e abrirá uma linha de crédito especial para caminhoneiros autônomos. Os recursos deverão ser usados para aquisição de pneus e manutenção dos veículos. O crédito faz parte de um pacote de medidas anunciadas hoje (16) pelo governo federal para atender o setor de transporte de cargas do país.

Agencia Brasil
Comentários Facebook

Estadual

Procon-MT alerta para os riscos do Cadastro Positivo compulsório

Publicado

Para o Procon-MT, critérios não estão claros e colocam em risco os dados pessoais do consumidor. Quem não quiser ter seus dados incluídos deve solicitar a retirada.
Entra em vigor nesta terça-feira (09.07) o Cadastro Positivo compulsório, instituído pela Lei Complementar 166/2019. Sancionada em abril deste ano, a lei prevê a inclusão automática das informações sobre o histórico de crédito dos consumidores ao cadastro. Quem não quiser ter seus dados incluídos deve solicitar a retirada juntamente aos escritórios de crédito, como Serasa, SPC e Boa Vista Serviços.

Diante disso, o Procon-MT alerta os consumidores sobre os riscos de ter os dados disponibilizados de forma compulsória no Cadastro Positivo, uma vez que a lei não define um gestor único do cadastro, o que pode comprometer a segurança dos dados pessoais dos consumidores.

Para a secretária adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor de Mato Grosso, Gisela Simona, a falta de regulação de quem vai gerir este cadastro – podendo ser mais de uma instituição – por resultar em violação da privacidade e aumento do assédio aos consumidores para a aquisição de créditos.

Os critérios de “mau pagador” também não estão claros, alerta Simona. Além disso, a lei permite análise de um histórico de adimplemento de até 15 anos da vida financeira do consumidor. Para a secretária adjunta, trata-se de um tempo longo, em que uma análise sem critério adequado pode prejudicar ao invés de beneficiar o consumidor.

“Corre-se o risco de uma pessoa ter sua nota reduzida em função de uma dificuldade financeira pontual, em que o consumidor que deixou de cumprir com suas obrigações. Ele será penalizado por isso?”, questiona.

Por histórico de crédito a lei 166/2019 compreende “conjunto de dados financeiros e de pagamentos, relativos às operações de crédito e obrigações de pagamento adimplidas ou em andamento por pessoa natural ou jurídica”.

O cadastro positivo já existia no Brasil, mas dependia da autorização do consumidor – que agora deixa de ser necessária. Conforme a lei,  a comunicação ao cadastrado deve ocorrer em até 30 (trinta) dias após a abertura do cadastro no banco de dados. Cada gestor de dados cadastrais deve informar de maneira clara e objetiva os canais disponíveis para o cancelamento do cadastro no banco de dados.

Juntamente com a Associação Brasileira de PROCONS (ProconsBrasil), o órgão de defesa do consumidor de Mato Grosso já havia se posicionado contrário ao cadastro positivo compulsório junto à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

Confira aqui a íntegra da lei.

http://www.procon.mt.gov.br/-/12186037-procon-mt-alerta-para-os-riscos-do-cadastro-positivo-compulsorio

Assessoria de imprensa 
(65) 9 9901-0023/ (65) 3613-2110
 
Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

O sabor amargo do açúcar

Publicado

Reportagem alerta para o consumo excessivo da substância

Quantos gramas de açúcar você consome por dia? E quantos quilos são consumidos por ano na sua casa? O Caminhos da Reportagem mostra o quanto os brasileiros ainda são fascinados pelo açúcar e como esse componente interfere na saúde de quem exagera na dose.

O brasileiro consome, em média, 80 gramas de açúcar por dia. Em um ano, isso significa que foram ingeridos quase 30 quilos por pessoa. Desse total, cerca de 11 quilos estão em produtos industrializados. O consumo exagerado de açúcar correlacionado a outros fatores, entre eles o estilo de vida e o histórico familiar, pode trazer sérios danos à saúde, como câncer e diabetes tipo 2, o diabetes mellitus. Nossa equipe conversou com pessoas que se dizem viciadas em doces e outras que eliminaram o consumo de alimentos com adição de açúcar.

Quantidade de açúcar presente em cada alimento
Quantidade de açúcar presente em cada alimento – Reprodução/TV Brasil

Um acordo firmado em 2018 entre o Ministério da Saúde e presidentes de associações do setor produtivo de alimentos definiu que até 2022 o Brasil deve reduzir 144 mil toneladas de açúcar em produtos industrializados como bolos, misturas para bolos, produtos lácteos, achocolatados, bebidas açucaradas e biscoitos recheados. Para Cláudio Zanão, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), o ideal é não alterar as características finais do produto, para que o consumidor tenha, ao final da readequação, o sabor próximo ao que é encontrado hoje.

Bela Gil, chefe de cozinha e ativista
Bela Gil, chefe de cozinha e ativista – Reprodução/TV Brasil

Para a chefe de cozinha e ativista Bela Gil, “açúcar é uma droga como qualquer outra que precisa ser utilizada numa dosagem que não vá te fazer mal”. Mas, segundo o presidente da União da Indústria de Cana-de-açúcar, Evandro Gussi, o açúcar é mais um produto que está sofrendo uma “investida” de “movimentos que surgem com mais caráter ideológico do que com evidências de pesquisa”.

O programa também apresenta a iniciativa de uma escola de Brasília que desenvolve um projeto sobre alimentação saudável. Os alunos aprendem a fazer o próprio lanche e descobrem que os alimentos podem ser saborosos mesmo que o doce utilizado seja apenas a frutose, o açúcar natural das frutas.

Crianças preparam o próprio lanche e aprendem sobre alimentação saudável em Brasília
Crianças preparam o próprio lanche e aprendem sobre alimentação saudável em Brasília – Reprodução/TV Brasil

Ficha técnica Reportagem: Carlos Molinari
Produção: Pollyane Marques e Carlos Molinari
Apoio à produção: Aline Beckstein e Cláudia Bojunga
Imagens: Sigmar Gonçalves e Rogerio Verçoza
Apoio às imagens: Osvaldo Alves, Robson Moura, Eduardo Viné, Gabriel Penchel e André Rodrigo Pacheco
Auxílio técnico: Dailton Matos
Apoio: Thiago Pinto, Raimundo Nunes, José Carlos Soares, Jairom Ferreira, Maurício Aurélio Marcelo
Edição de texto: Suzana Guimarães
Edição de imagens: André Eustáquio, Rivaldo Martins e Márcio Stuckert
Arte: Julia Costa

Tags:  açúcar
Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana