conecte-se conosco


Cáceres e Região

Gefron apreende 85 tabletes de droga na garupa de bicicletas

Publicado

Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron) apreende 85 tabletes de pasta-base de cocaína que eram transportados em 4 fardos amarrados nas garupas de duas bicicletas. O caso foi registrado na noite de domingo (14), em Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá).

De acordo com informações do Gefron, uma equipe fazia patrulhamento pela MT-473 quando percebeu que à margem da via existiam rastros de duas bicicletas, que seguiam para dentro da mata. Os policiais foram realizar buscas e logo encontraram as bicicletas e a droga nas garupas. Perto ainda foi localizada uma pistola Glock G17 GN4 com adaptador seletor para rajada, além de 10 munições calibre 9 mm e 1 carregador.

Leia também – 6 são presos por incendiarem agência do Bradesco no CPA 2

Os tabletes de cocaína totalizaram aproximadamente 90 quilos. No meio ainda foi encontrada uma porção, aparentemente de maconha, com 700 gramas.

A equipe ampliou as buscas e pediu reforço, mas nenhum suspeito foi localizado. A droga, bicicletas, arma e munições foram encaminhadas para a Delegacia de Fronteira (Defron).

Leia mais:   Meu filho estava na hora errada e no lugar errado, diz mãe de soldado que dirigia o veículo envolvido no acidente

Denúncias de tráfico de drogas ou outros crime na fronteira podem ser feitas pelo  0800 646 1402. É garantido sigilo absoluto.

GD

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Em mensagem de despedida, Marcinho diz que Adriano deixa um legado de idealismo e perseverança

Publicado

A partida prematura do nosso amigo e companheiro Adriano Silva irá proporcionar uma lacuna, não impossível, mas muito difícil de ser preenchida nos meios socais, familiares e políticos, em Cáceres.

Idealista, o professor e ex-reitor da nossa Unemat, Adriano deixa ao povo mato-grossense, um legado de homem público honesto e justo.

A população, as autoridades, mas principalmente, a comunidade acadêmica, certamente, reconhecerá, para sempre, a realização do seu grande sonho de tornar realidade os cursos de Direito e Medicina da instituição.

Mas, não foram só isso, Adriano será lembrado pela sua perseverança, nos meios políticos. O desejo de ajudar no desenvolvimento de sua cidade natal, fez com que ele pleiteasse galgar passos largos no cenário político.

Embora, não tenha obtido sucesso, nos pleitos que disputou, Adriano jamais desistiu em se perseverar. A sua bandeira era estar presente; era somar; era defender os interesses de Cáceres.

O povo mato-grossense, mas, em especial, o cacerense, o terá para sempre no coração e na memória como um grande homem, pai, companheiro, profissional e amigo.

Leia mais:   Polícia Civil incinera 133 quilos de entorpecentes apreendidos em Água Boa e região

Que Deus conforte a família.

Marcinho Lacerda!

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

OMS decide retomar pesquisas com cloroquina

Publicado

METROPOLES

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta quinta-feira (04/06), que a entidade vai retomar as pesquisas com cloroquina e hidroxicloroquina contra o coronavírus. Tedros Adhanim Ghebreyesus explicou que o Comitê de Segurança e Monitoramento do ensaio clínico Solidaridade revisou os dados e decidiu manter o protocolo original do estudo.

O trabalho havia sido suspenso na semana passada depois que os resultados de uma pesquisa com 96 mil pacientes foram publicados na revista científica The Lancet. Segundo os pesquisadores, o medicamento não tinha eficácia contra a Covid-19 e aumentava o risco de arritmia cardíaca e morte.

Porém, nesta segunda (02/06), a publicação científica anunciou em editorial que os resultados passariam por auditoria e que os editores estariam “preocupados”.

Nos bastidores, governo admite que novo protocolo da cloroquina “fracassou”. Mais de 3.500 pacientes em 35 países farão parte do ensaio clínico da OMS. Segundo Soumya Swaminathan, cientista-chefe da entidade, não há evidência de que qualquer remédio diminua a mortalidade em pacientes com coronavírus.

Ela reforçou que a OMS não está fazendo uma recomendação acerca do uso da medicação, e sim autorizando investigações para descobrir se a cloroquina funciona ou não contra a doença.

Comentários Facebook
Leia mais:   Polícia Civil prende autor de roubos e suspeito de entrar com drogas em presídio
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana