conecte-se conosco


Cáceres e Região

Fogo Simbólico marca abertura oficial da Semana da Pátria em Cáceres

Publicado

Semana da Patria

A Prefeitura de Cáceres, através da Secretaria Municipal de Educação – SME   e a Comissão de Civismo, composta pela SME, 2º Batalhão de Fronteira – BFron, Marinha do Brasil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, abriram oficialmente, na manhã desta segunda-feira (02/09), a Semana da Pátria com a tradicional Corrida do Fogo Simbólico.

Diversas autoridades prestigiaram o evento e foram recepcionadas pelo Prefeito Francis Maris Cruz e pela Secretária de Educação Eliene Liberato Dias, representando a Comissão de Civismo.

A tocha foi acesa na Praça da Cavalhada e percorreu ruas tradicionais do centro histórico de Cáceres, sendo conduzida por corredores da ACICE, que participam de diversas competições. Marcos Egues (Cebola) Josias Barbosa (Papa Légua), Edson Oliveira, João Rocha, Nilson Moura e Odenir JR, representaram a entidade.

O Fogo Simbólico chegou a Praça Barão às 08 horas em ponto e a Pira da Pátria foi acendida pelo Coronel Antônio Hervé Braga Júnior, Comandante do 2º Batalhão de Fronteira.

Na sequência   a Banda de Música do 2º BFron executou o Hino Nacional Brasileiro para o hasteamento da Bandeira do Brasil, que foi hasteada pelo Prefeito Francis Maris Cruz.

Leia mais:   Defensoria Pública pede monitoramento da saúde de 9,6 mil presos e policiais penais do Estado por meio de testagem

Alunos das escolas municipais 16 de março, do Distrito Nova Cáceres, e Eduardo Benevides Lindote, Jardim das Oliveiras, apresentaram dança e poesia, respectivamente, alusivas a Independência do Brasil. Já o Colégio Adventista participou com sua Fanfarra Mirim, abrilhantando o evento.

O Prefeito Francis Maris, em seu pronunciamento, insatisfeito com os ataques descabidos ao Brasil e a Amazônia, criticou a postura do Presidente da França, Emmanuel Macron, em atacar o Brasil.  Francis disse que o Brasil faz sim sua parte em proteger o meio ambiente. O prefeito também salientou que o civismo precisa ser trabalhado todos os dias e incentivou os cacerenses a colocarem uma Bandeira do Brasil, nas residências, prédios comerciais e instituições. “Trata-se de uma demonstração de resgate ao civismo, da história do nosso país e da formação cidadã  das nossas crianças. É a valorização da nossa cultura”, observou Francis.

Já Eliene Liberato, citou que o civismo precisa ser trabalhado todos os dias em cada unidade escolar, em cada aluno, em cada professor a importância que a data requer. “O Civismo tem que estar aceso, vivo. Estamos falando de Brasil, da nossa pátria,  da nossa casa, da nossa cidade, da nossa  escola. Falar da Independência é falar de cidadania, de respeito ao próximo, de valorizar a nossa história e nossos costumes”, pontuou a Secretária Eliene.  Ela aproveitou também para refutar o vandalismo ocorrido na Fonte Luminosa, na madrugada do último domingo.

Leia mais:   Mato Grosso registra 24.804 casos e 921 óbitos por Covid-19

O Presidente da Câmara Municipal de Cáceres, Vereador Rubens Macedo foi enfático ao solicitar, que independente de quem esteja a frente do executivo, o evento de abertura da Semana da Pátria deve acontecer todos os anos naquele local. “A Câmara sempre apoiará esse evento para que seja um sucesso, resgatando o civismo na formação cidadã das nossas crianças e adolescentes”, ponderou Rubens.

Representando as entidades militares, o Coronel Hervé, falou da importância desta integração civil e militar e exaltou o amor a Pátria. Hervé sugeriu que este sentimento não fique somente dentro do cidadão ou de sua família, mas que ele contagie também o próximo.

Ao final a Banda de Música tocou o Hino a Independência do Brasil.

A Prefeitura comunicou ainda, no encerramento da solenidade, que o tradicional Desfile Cívico, Militar, Escolar e de Associações, acontece no dia 07 de setembro, às 07h30, na Avenida Sete de Setembro.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Prefeitura inicia asfalto comunitário em ruas do bairro Jardim Celeste

Publicado

Assessoria

A Prefeitura de Cáceres, por meio da Secretária de Infraestrutura e Logística iniciou esta semana mais um trabalho de drenagem pluvial nas Ruas Mora, Alvarenga e Rui Barbosa, do Bairro Jardim Celeste.

Este trabalho faz parte do Programa de Asfalto Comunitário (PASCOM), uma parceria da Prefeitura e dos moradores, onde a os moradores colaboram com a compra do material e a Prefeitura arca com as despesas de combustível, maquinários, equipe técnica e a mão de obra.

O secretário da pasta, Wesley Lopes, explicou que existe um planejamento para que se chegue à conclusão do asfalto. “É necessário passar por várias etapas, nós já realizamos a drenagem pluvial, posteriormente vamos realizar a terraplanagem e finalmente a pavimentação”, finalizou Wesley.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, contou que foi necessário um planejamento, para realizar o tão sonhado asfalto em Cáceres. “A Gestão Francis e Eliene trabalhou com metas, por isso conseguimos estruturar a Prefeitura e  economizar recursos.  Compramos maquinários, fizemos concurso público para engenheiros e arquitetos, formando assim uma equipe técnica especializada e com a participação dos moradores na compra do material, temos hoje já feito em vários bairros um asfalto com custo bem abaixo do mercado e com qualidade”, afirmou o prefeito.

Leia mais:   Governador manda chamar professores interinos a partir do dia 14

O morador do Bairro Jardim Celeste, Osvaldo da Silva, contou que ele encabeçou o movimento do PASCOM e que se sente muito feliz assim como os outros participantes. “A valorização dos nossos imóveis é muito maior do que o investimento que estamos fazendo, esse é um momento histórico para nossa cidade, esse projeto é muito bom”, disse emocionado e agradecido o seu Osvaldo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Cadeia pública de Cáceres inicia tratamento precoce de COVID-19 nos presos

Publicado

Assessoria

Após a confirmação de presos do convívio (área comum da unidade, depois da triagem) com o coronavírus, a Cadeia Pública de Cáceres iniciou o tratamento de 250 presos.
A estratégia de iniciar o tratamento precoce se deu pelo contato que os presos tiveram com os testados positivo, nas alas 1 e 3. Os medicamentos foram fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde e a intenção é não deixar que nenhum preso chegue a precisar ser hospitalizado.
Após reunião telepresencial no dia de ontem, 07, coordenada pela Juíza Helícia Vitti Lourenço, titular da 1ª Vara Criminal e representantes da OAB, comissão de Direitos Humanos, servidores do sistema penitenciário e legislativo municipal, foi encaminhado pela Secretaria Municipal de Saúde os medicamentos para a unidade, que começou a administração ainda na noite de ontem.
A maior parte dos presos não apresenta sintomas, porém, considerando a impossibilidade de distanciamento físico dentro de uma unidade prisional, todos serão tratados. Todos os presos serão monitorados quanto aos sintomas e reações aos remédios, telepresencialmente, pelo dr. André Amaral.
A dra Helícia Vitti foi enfática em dizer que se compromete a viabilizar tudo o que for da competência do judiciário, para seguir as recomendações médicas. Ou seja, a decisões técnicas fiarão por conta da equipe médica.
Em relação às famílias, que há meses estão sem poder fazer visitas, foi requerido pelo presidente da 3ª subseção OAB-MT, dr. Fábio de Sá, um modo de contato com os presos. O presidente alega que esse distanciamento cria um ambiente propício fora da unidade para que as pessoas acabem acreditando em Fake News, como as que diziam que os presos não estavam sendo assistidos. E que para conter uma comoção dessas famílias, é preciso tratar isso como uma prioridade, para aliviar a pressão que advogados e o próprio judiciário sofre com essa demanda.
O vereador Cézare Pastorello, que participou representando o legislativo municipal, reforçou o pedido da OAB, uma vez que a demanda das famílias por notícias é muito grande, bem como a importância de trazer à sociedade informações reais da unidade, para conter o avanço de notícias falsas. Para isso, foi criado um grupo de trabalho que também fará uso das redes sociais, além da imprensa convencional.

Comentários Facebook
Leia mais:   Mato Grosso registra 24.804 casos e 921 óbitos por Covid-19
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana