conecte-se conosco


Destaque

Fapan tem a maior estrutura da região

Publicado

Uma boa graduação se faz com prática. Com base nesse conceito, a Fapan, a maior da região, com sede em Cáceres, investiu em 27 modernos laboratórios.

Eles dão suporte aos cursos de Arquitetura, Engenharias, Saúde, Negócios e Sistemas de Informação.

Os amplos espaços são voltados para o ensino e pesquisa, colaborando para imersão durante as atividades práticas.

Fapan

Com treze anos, a Fapan se tornou uma das maiores do interior com mais de 2 mil alunos. Ela pertence ao Grupo Athenas com sede em Rondônia onde possui várias unidades.

Atualmente possui 18 cursos de graduação, 19 de pós-graduação e tem planos para atender a 5 mil alunos nos próximos 5 anos.

O grupo chegou a Cáceres 2004 com um polo da Unopar. Enxergando potencial econômico na região, a partir de 2006, criou a FAPAN e passou a atuar com cursos presenciais em uma sede própria em uma área de 10 mil metros quadrados na Avenida São Luiz.

Com 180 colaboradores, a Fapan contabiliza investimento de cerca de R$ 20 milhões.

Leia mais:   Pai tenta matar filho a tiros após discussão em Cáceres e acaba preso pela PM

A imagem pode conter: 13 pessoas, incluindo Jhonatan Bittencourt, pessoas em pé

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas e pessoas em pé

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Prefeito quer proibir venda de passagem para idosos; veja vídeo

Publicado

O prefeito de Cáceres, Francis Maris, quer que empresas de transporte intermunicipal não emitam bilhetes para idosos. Em vídeo publicado em rede social, o gestor apela aos deputados e senadores para que seja feito um decreto que suspenda a venda de passagem ao grupo de risco de contaminação pelo Covid-19.

Leia também -Pontos de ônibus estão lotados em várias regiões de Cuiabá

“Pessoas acima de 60 anos, que são grupo de risco, têm viajado muito. Principalmente de ônibus. Ficando um dia, dois dias, dentro de um ônibus” pontua na filmagem.

A aglomeração de pessoas facilita o contágio, por conta da proximidade entre os indivíduos em ambiente fechado. O vírus é carregado pelo ar e no contato com uma pessoa contaminada, tornando o ambiente propício para disseminação da doença. Os idosos são as “vítimas” mais afetadas, por conta da saúde debilitada, na maioria dos casos.

“Faço um apelo aos nossos deputados e senadores para que seja editado um decreto proibindo a venda de passagens para pessoas que tenham mais de 60 anos. Eles têm que ficar em casa. Estamos todos conscientes disso”, é o requerimento do prefeito.

Leia mais:   Grupo Juba reconhece importância de trabalhadores em serviços essenciais e destaca colaboradores

Conforme decreto municipal, os estabelecimentos comerciais podem funcionar desde que cumpram as medidas de higiene recomendadas para evitar a disseminação do novo coronavírus. Eventos com aglomeração de pessoas também estão suspensos.

Vídeo

GD
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Governo e Senai fazem parceria para produção de 5 milhões de máscaras

Publicado

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana