conecte-se conosco


Cáceres e Região

ExpoCáceres contará com ato pela Regularização Fundiária e presença de representante do Ministério da Agricultura e Pecuária

Publicado

Secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia, estará presente e deve receber demanda do setor rural. A exposição acontece de 17 a 20 de Setembro.

 

A Exposição Agropecuária de Cáceres, a ExpoCáceres 2019, começa no dia 17 de Setembro e desta vez com um ato político. O Sindicato Rural de Cáceres em conjunto com outros da região decidiu fazer um pedido referente à regularização fundiária nesta porção do estado, documentos serão entregues a um representante do Ministério da Agricultura e Pecuária na abertura do evento.

De acordo com o presidente da entidade, Jeremias Pereira Leite, o pedido será feito ao secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia. “A regularização fundiária é ainda um grande problema da nossa região sudoeste do estado, existem assentamentos na nossa cidade que há dez anos esperam pela titulação de suas áreas. Nós não podemos mais admitir que o governo federal mantenha esses documentos parados no INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) inviabilizando a vida produtor rural”, afirma Jeremias.

A titulação das áreas é necessária para que o produtor rural tenha acesso, por exemplo, a financiamentos por instituições bancárias. A intenção do Sindicato Rural de Cáceres era que a ministra Tereza Cristina estivesse presente durante a abertura da ExpoCáceres 2019, mas houve um problema de agenda, segundo informou a entidade. O secretário Nabhan Garcia já defendeu no início da gestão Bolsonaro a revisão do assentamento de pelo menos 350 mil famílias por todo o país.

A ExpoCáceres acontece de 17 a 20 de Setembro no Parque de Exposições da cidade, com palestras, exposições, leilões e shows nacionais. A expectativa do presidente do Sindicato Rural de Cáceres é positiva. “Nós vivemos um momento complicado na economia, mas o produtor rural sempre espera a melhora. Acreditamos que o governo federal dará mais atenção a nossa região, especialmente com a expansão do sistema lavoura-pecuária, que é destaque por aqui. Assim poderemos alavancar nossos negócios definitivamente”, diz Jeremias.

Assessoria

Comentários Facebook
Leia mais:   Novo levantamento deve consolidar hegemonia de MT na produção agrícola do país

Cáceres e Região

Mato Grosso Saúde insere exame sorológico para detecção do coronavírus em seu rol de cobertura

Publicado

Assessoria

Os beneficiários do Mato Grosso Saúde já podem realizar exame de detecção do Covid-19 pelo método sorológico (IgA, IgG e IgM). Os primeiros laboratórios a realizarem a coleta para os beneficiários do Plano é o Cedic Cedilab, que também realiza coleta domiciliar sem custo adicional ao paciente, o Laboratório Otorrino, localizado dentro do Hospital Amecor, e a Clínica Vida Diagnóstico e Saúde.

Para a realização do exame é imprescindível o pedido médico para liberação do exame. A diretoria técnica do Plano informa que esta autorização acontece em até 48h após a inserção do exame no sistema do Instituto.

A presidente do Mato Grosso Saúde, Misma Thalita dos Anjos, reforça a importância da inclusão de mais este exame no rol como forma de segurança dos beneficiários contra o novo coronavírus.

“Já estamos em via fechar com outros laboratórios para que tenhamos uma rede mais ampla de análise laboratorial dos nossos associados para detecção do novo vírus”, informou.

Hoje o Plano realiza os dois exames exigidos para detecção do Covid-19: o RT-PCR, por meio de coleta da amostra de secreção respiratória (nasofaringe) do pacientes sintomáticos e o sorológico, que é feito pelo sangue para reação imunológica para detecção de anticorpos, para aqueles que estão na fase mais final da doença.

Comentários Facebook
Leia mais:   MT decreta luto e políticos homenageiam pastor Sebastião
Continue lendo

Cáceres e Região

Agora é pré valer: novo decreto do prefeito proíbe vendas de bebidas alcoólicas de 13 a 26 de julho

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

Adeptos de uma cervejinha nos finais de expediente ou de semana, ou até mesmo de uma cachacinha para “rebater” o calor, terão que se abster, a partir da próxima segunda-feira. O novo decreto, baixado no final desta sexta-feira, pelo prefeito Francis Maris Cruz, que vigorará de 13 a 26 de julho, proíbe a comercialização de bebidas alcoólicas, em quaisquer estabelecimentos, sob pena de multa, aos comerciantes e os consumidores.

O novo decreto, também é rigoroso no tocante a locomoção de pessoas. Durante a vigência fica determinada a locomoção de qualquer cidadão no território do município das 20h às 5h do dia seguinte. Só poderão transitar quem estiver prestando serviços na área de saúde, segurança pública e privada, assistência social, serviços públicos e serviços essenciais, preferencialmente, de maneira individual, sem acompanhante.

As medidas visam conter o avanço do novo coronavirus, com a junção de pessoas para beber e, consequentemente, se aglomerar, e ou ainda evitar práticas de violência, acidentes de trânsito e outras ações que possam causar aglomerações ou levar pessoas a necessitar de serviços de saúde.

Leia mais:   Policiais Militares atuam na sanitização das unidades da PM no combate ao coronavírus

O prefeito mudou a estratégica. Antes essas ações estavam previstas, em forma de Projeto de Lei, que foi encaminhado à Câmara Municipal, na semana passada. Como os vereadores, para não se desgastarem ainda mais com a população, o devolveu a administração, sob alegação de inconstitucionalidade, Francis o transformou em decreto executivo.

O decreto prevê ainda, a quarentena domiciliar obrigatória às pessoas pertencentes do Grupo de Risco, em especial: a idosos, maiores de 60 anos; gestantes, lactantes, crianças menores de cinco anos; portadores de doenças crônicas tais como: Diabetes insulinodependentes; Insuficiência renal crônica classe; Doença respiratória crônica.

Assim como pessoas com doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico; Obesidade mórbida; Hipertensos e pessoas que apresentarem quaisquer sintomas característicos de gripe, tais como febre, tosse, coriza e outros sintomas respiratórios. Veja abaixo a íntegra do decreto.

DECRETO Nº 370-20-Reabertura do Comercio (1)

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana