conecte-se conosco


Policial

Ex-funcionário e comparsa são presos por roubo em barbearia da Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas envolvidas no roubo a uma barbearia na Capital, sendo uma delas o ex-funcionário do estabelecimento, tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil, na segunda-feira (13.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf).

O suspeito, Ramon de Souza Saith, trabalhava como barbeiro na empresa e é acusado de passar informações privilegiadas aos executores do crime. Identificado como um dos autores do roubo, Junior de Oliveira Ribeiro, 20, teve a ordem de prisão decretada por participar da execução do assalto.

O crime aconteceu no mês de fevereiro, na Barbearia Barba Santa, no bairro Centro Norte, quando dois indivíduos armados invadiram o local no final do expediente. Os funcionários foram obrigados a deitar no chão e dois deles ainda foram agredidos. Os criminosos subtraíram diversos produtos e pertences das vítimas, além de uma motocicleta, foragindo em seguida.

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf iniciou as diligências com objetivo de identificar os autores do crime. De acordo com as investigações, Ramon era funcionário da barbearia, e passou informações privilegiadas para seus comparsas praticarem o crime.

Leia mais:   Operação conjunta contra entrada de celular em presídio prende 11 mulheres em Água Boa

Ramon estava trabalhando quando o assalto ocorreu e na ocasião ele se passou por vítima, sendo rendido junto as outras pessoas que estavam no local.

Com o mandado judicial expedido, os policiais civis localizaram Ramon no seu atual local de trabalho, onde foi detido e levado à Derf Cuiabá. Já o segundo suspeito, Junior, teve o mandado cumprido na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde encontra-se recolhido por outro crime cometido.

Junior de Oliveira Ribeiro, já teve anteriormente dois mandados de prisões decretados pela Comarca de Rondonópolis, cumpridos pela Derf Cuiabá por homicídio e tortura praticados naquela cidade. Ele também responde inquérito policial por crime de uso de documento falso.

Os trabalhos continuam com objetivo de identificar e prender o terceiro suspeito, responsável por executar o crime na companhia de Junior.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil apreende 232 bolsas réplicas de grifes famosas

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil apreendeu 232 produtos (bolsas e carteiras) réplicas de grifes famosas na sétima fase da operação Fictus VII, realizada na manhã desta quarta-feira (17), pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) em conjunto com o Procon de Cuiabá e apoio da equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

A mercadoria, sendo  211 bolsas e 21 carteiras, foi apreendidas em duas lojas do Shopping Popular, no bairro Dom Aquino,  na Capital. Em um Box foram 138 cópias de bolsas de marcas Victor Hugo e Louis Vuitton, e no segundo foram 21 carteiras e 73 bolsas, falsificadas da marca brasileira e francesa.

Um dos proprietários informou aos policiais que os produtos são oriundos de São Paulo e que tem conhecimento serem de “segunda linha”, ou seja, falsificados.

O Procon lavrou auto de constatação e infração contra os dois estabelecimentos.

O delegado da Decon, Antônio Carlos Araújo, informou que serão instaurados dois inquéritos policiais e após perícia da Politec ficar constatado que os produtos são falsificados os responsáveis pelos estabelecimentos serão indiciados. 

Leia mais:   Polícia Civil conclui 154 inquéritos de homicídios e prende 92 criminosos

Os dois proprietários foram conduzidos à Delegacia do Consumidor e poderão ser responsabilizados em crimes relativos a condutas praticadas no comércio de produtos falsificados ou pirateados, que estão tipificadas no artigo 190, inciso 1 da Lei 9.279/96, do Código de Propriedade Industrial, pena detenção de 3 meses a 1 ano; artigo 7, inciso 7, VII, da Lei 8.137/90 da lei contra as Relações de consumo, pena de 2 a 5 anos ou multa; por fraudes no comércio, previsto no artigo 175, inciso I do CPB, e ainda por infrações praticadas dentro do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90 em seu artigo 67).

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Operação Peça Segura apreende 12 câmbios de carros roubados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Doze câmbios de veículos foram apreendidos na operação Peça Segura, realizada na manhã desta quarta-feira (17), pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derrfva). Duas autopeças foram vistoriadas e em uma delas apreendidos os produtos.

As fiscalizações foram realizadas em dois endereços diferentes, um estabelecimento localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, e outro na Miguel Sutil. Nesse segundo, uma grande variedade de produtos, entre peças, câmbio e outros itens foram encontrados, e durante averiguação, os policiais e peritos confirmaram adulteração em 12 câmbios.

O proprietário da autopeça foi conduzido em flagrante até a Delegacia e será autuado por receptação qualificada.

Já a autopeças da região do Coxipó, apesar de ter mais de mil veículos em seu pátio, nada de irregular foi detectado.

O objetivo da fiscalização, que será feita constantemente,  é a redução dos roubos e furtos de veículos na região metropolitana e também coibir o comércio irregular de peças de automóveis populares e motocicletas, os mais visados nesse segmento.

Leia mais:   Investigador conquista 2º lugar no torneio brasileiro de Jiu Jitsu paradesportivo

O delegado reforçou a necessidade de se combater esse tipo de comércio por fomentar os roubos e furtos de veículos, que são levados para pontos de desmanches e suas peças revendidas para estabelecimentos, como as autopeças de produtos usados.  

“Criamos operações sistemáticas e periódicas para combater várias modalidades criminosas de roubos e furtos de veículos”, afirmou.

Participaram dos trabalhos equipes policiais composta por delegados, investigadores, escrivães e peritos da Politec, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Delegacia Fazendária.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana