conecte-se conosco


Mato Grosso

Estudantes e professores de escola estadual visitam aldeia para conhecer etnia Bororo

Publicado

Alunos e professores da Escola Estadual Elizabeth de Freitas Magalhães, em Rondonópolis (212 quilômetros ao sul de Cuiabá), celebraram o Dia do Índio de uma forma diferente. Sessenta estudantes do ensino médio e educação de jovens e adultos (EJA), acompanhados de 25 professores, visitaram nesta quarta-feira (17.04) a aldeia Tadarimana da etnia Bororo e passaram o dia realizando  diversas atividades.

Segundo o coordenador pedagógico Rodrigo Lemes, desde a chegada na aldeia, os alunos e professores participaram das festividades iniciada com as boas-vindas, por meio da dança de festa conhecida como “tóro”. Durante a tarde, as festividades incluíram danças e conhecimentos da etnia Bororo.

“Tivemos uma aula sobre os índios da etnia Bororo. Num dos grandes momentos de nossa aula de campo, o cacique e um representante indígena responderam a todas as perguntas dos alunos. Eles tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre vários assuntos, como religião, alimentação, aposentadoria e outros”, destaca.

A professora de história Márcia Salgueiro classificou a visita como muito proveitosa. “Não só para os professores como também para os alunos”, ressaltou.

Leia mais:   Rodadas de negócios e visitas técnicas marcaram primeira semana na China

Ela acrescenta que o bate-papo com o cacique foi enriquecedor, pois abriu as portas do local. “O maior momento foi quando os alunos puderam fazer as perguntas e todas foram respondidas. As danças também desmistificaram a imagem que tínhamos dos indígenas”, explica.

Para a professora, a visita à aldeia foi uma forma de, tanto os alunos como os professores, conhecerem melhor a cultura dos Bororo e trazer de lá uma imagem menos preconceituosa para os demais alunos.

O professor de sociologia André Brandão concorda. Ele explica que, apesar da Escola Elizabeth receber alunos Bororo há bastante tempo, levar os estudantes não indígenas até a aldeia foi uma experiência enriquecedora. A Escola tem 62 alunos da etnia Bororó, matriculados nos três períodos, que utilizam o transporte escolar para o deslocamento de cerca de 60 quilômetros diários.

“Foi um passo extremamente importante para superarmos a visão folclorizada que ainda se tem dos povos indígenas. O aprendizado se tornou mais efetivo quando mergulhamos em uma realidade local que nem sempre é abordada nos livros didáticos, as falas dos Bororos sobre sua organização social, suas perspectivas e seus desafios atuais nos fazem refletir sobre mais ações de integração que vão para além da Semana do dia 19 de Abril”, ressaltou.

Leia mais:   Setasc participa de roda de conversa sobre ressocialização dos egressos no sistema prisional

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

PM recupera duas caminhonetes roubadas, prende dois e apreende defensivos agrícolas

Publicado

Em  Sorriso, policiais da Força Tática e do 12º Batalhão de Polícia Militar prenderam dois suspeitos, recuperaram duas caminhonetes roubadas e apreenderam grande quantidade de agrotóxicos e defensivos em uma propriedade rural no Distrito de São Luiz Gonzaga, localizada na MT-404, a 75 quilômetros da sede do município.

Na fazenda ocorreu a prisão de J.D.R (25 anos) e a apreensão de dezenas de caixas de agrotóxico que teriam sido contrabandeadas do Paraguai, além das duas caminhonetes, uma modelo Fiat Toro e uma Chevrolet S10, uma com queixa de roubo e outra com o chassi adulterado. Lá também havia duas armas de fogo, um revólver calibre 22 e uma espingarda 28.  

Essa fazenda teria sido arrendada por E.S.G.(47), suspeito de ser o dono dos produtos apreendidos. Na casa dele, na cidade de Sorriso, os policiais prenderam a suspeita k.C.G.(20 anos), que seria sua filha, e apreenderam diversas caixas de defensivos agrícolas.

No caso da fazenda, os produtos apreendidos estavam em um galpão ao lado da moradia, local construído supostamente com a finalidade específica de armazenar defensivos e agrotóxicos.

Leia mais:   Ouvidores debatem regulamentação do Código de Defesa dos Usuários de Serviços Públicos

Nessa ação, que aconteceu na sexta-feira (17), a PM utilizou drone para monitoramento da área onde ocorreriam as abordagens, exigiu trabalho de mais de 10 horas e empregou 9 policiais militares sob tenente-coronel Jorge Luiz de Almeida, comandante do 12º Batalhão.

E.S.G. (47), suposto arrendatário da fazenda e dono dos produtos apreendidos, ainda não foi preso.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

MTI e Detran restabelecem conexão com o Sistema Nacional de Gravames (SNG)

Publicado

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) informa que, devido a problemas ocorridos na conectividade com os  servidores do Sistema Nacional de Gravames (SNG), em Brasília, o acesso aos dados cadastrais dos gravames financeiros no sistema do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) ficou indisponível na tarde de sexta-feira (17).

Em razão disso, operações de veículos que dependiam do acesso ao SNG foram interrompidas por aproximadamente uma hora. A comunicação entre o sistema do Detran e os sistemas do SNG foi restabelecida às 16h20 do mesmo dia.

A equipe técnica da MTI, em conjunto com a equipe técnica do Detran, realizou todas as ações necessárias para assegurar que os serviços afetados no sistema do Detran fossem restabelecidos.

A MTI está atuando para prevenir novas indisponibilidades e oferecer o melhor serviço aos  usuários e servidores do Detran. Além disso, a MTI e o Detran vêm trabalhando conjuntamente em um Plano de Melhorias que está proporcionando maior acessibilidade, segurança e, principalmente, maior estabilidade nos serviços digitais prestados para o cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:   Sesp-MT lança operação com foco em regiões próximas a rodovias federais
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana