conecte-se conosco


Cáceres e Região

Estudantes do IFMT Cáceres participam da fiscalização no 38º FIPE

Publicado

A parceria entre o Instituto Federal de Mato Grosso, IFMT Campus Cáceres – Prof. Olegário e a coordenação do 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (FIPE) conta com a colaboração e participação ativa de mais 80 estudantes dos cursos Técnicos Integrados e Subsequente ao Ensino Médio do campus na fiscalização dos torneios de pesca.  Mesmo em férias escolares, os estudantes se mobilizaram para participar, incluindo a adesão de mais de 60 alunos para atuação voluntária, como orientadores de idosos e crianças na Pesca Sênior e Pesca Infanto-juvenil, realizadas nesta sexta-feira (12) e sábado (13).

“A atuação têm ocorrido nos últimos anos, sempre relacionada a atividade de uma disciplina. Esse ano a situação é diferente porque estamos em férias escolares, então fizemos uma consulta sobre o interesse de participação voluntária de nossos estudantes que manifestaram a vontade de colaborar, com a anuência dos seus pais, mães e ou responsáveis”, explica a presidente da comissão do IFMT Campus Cáceres no FIPE, a jornalista Edna Pedro.

Além das equipes de orientação dos participantes da pesca na praia, estudantes do campus também atuam como medidores e apontadores dos torneios em todas as competições do evento, incluindo a pesca embarcada de canoa a remo e a pesca motorizada. Nestes casos, somada a experiência em outras edições do FIPe, as equipes do IFMT são compostas pela maioria de formandos técnicos em agropecuária.

Leia mais:   Meu filho estava na hora errada e no lugar errado, diz mãe de soldado que dirigia o veículo envolvido no acidente

Sob a coordenação-geral do técnico da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura (Sicmatur), Claudionor Duarte Corrêa e da coordenação de fiscalização e arbitragem conduzida pelo professor da Universidade do Estado de Mato Grosso, doutor em Ecologia e Recursos Naturais, Claumir César Muniz, o trabalho de organização e fiscalização da pesca contou com agendas de formação com os estudantes em oficinas ministradas no IFMT e na Sicmatur.

Do IFMT, são responsáveis pela orientação dos estudantes, os membros da comissão Iraci de Fátima Pereira, Valdir Araújo, Mônica Tehodoro, Pedro Corrêa e Vagner Aniceto.

Edna Pedro
Assessoria de Comunicação
Comentários Facebook

Cáceres e Região

Primeiro exame para covid-19 em Adriano Silva dá negativo

Publicado

Assessoria

O primeiro resultado do exame para covid-19 feito nas amostras de Adriano Silva deu negativo. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso faleceu na noite desta quarta-feira (3), em Cuiabá, após uma série de paradas cardiorrespiratórias. Adriano apresentava sintomas da covid-19 desde o domingo (1).

Ao GD, um familiar de Adriano informou que esse é apenas o primeiro laudo e que uma contraprova é aguardada. Para este primeiro exame, requisitado pelo Hospital São Luiz, em Cáceres, onde Adriano estava inicialmente internado, as amostras biológicas de Adriano foram coletadas na segunda (2).

O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen) pelo método RT-PCR em tempo real, considerado o teste padrão-ouro para o diagnóstico de infecção por coronavírus, sendo o método de referência no Brasil para confirmar covid-19.

Adriano foi transferido de Cáceres, onde estava internado, para a clínica Femina na capital. Professor do curso de Direito da Unemat e ex-reitor da instituição, ele contou em uma rede social no dia 1º que passou mal e procurou um médico que o recomendou a internação. Na quarta, Adriano teve complicações pulmonares, foi entubado e transferido para Cuiabá.

Leia mais:   Primeiro exame para covid-19 em Adriano Silva dá negativo

Por volta das 20h47, o governo de Mato Grosso confirmou a morte do presidente da Fapemat.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Em mensagem de despedida, Marcinho diz que Adriano deixa um legado de idealismo e perseverança

Publicado

A partida prematura do nosso amigo e companheiro Adriano Silva irá proporcionar uma lacuna, não impossível, mas muito difícil de ser preenchida nos meios socais, familiares e políticos, em Cáceres.

Idealista, o professor e ex-reitor da nossa Unemat, Adriano deixa ao povo mato-grossense, um legado de homem público honesto e justo.

A população, as autoridades, mas principalmente, a comunidade acadêmica, certamente, reconhecerá, para sempre, a realização do seu grande sonho de tornar realidade os cursos de Direito e Medicina da instituição.

Mas, não foram só isso, Adriano será lembrado pela sua perseverança, nos meios políticos. O desejo de ajudar no desenvolvimento de sua cidade natal, fez com que ele pleiteasse galgar passos largos no cenário político.

Embora, não tenha obtido sucesso, nos pleitos que disputou, Adriano jamais desistiu em se perseverar. A sua bandeira era estar presente; era somar; era defender os interesses de Cáceres.

O povo mato-grossense, mas, em especial, o cacerense, o terá para sempre no coração e na memória como um grande homem, pai, companheiro, profissional e amigo.

Leia mais:   Em mensagem de despedida, Marcinho diz que Adriano deixa um legado de idealismo e perseverança

Que Deus conforte a família.

Marcinho Lacerda!

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana