conecte-se conosco


Política

Escola Municipal de Rondonópolis é beneficiada com Centro de Inclusão Social nesta segunda

Publicado

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) realizou toda a articulação junto ao governo do estado para o benefício a ser implantado

Com a articulação junto à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Mato Grosso (Secitec – MT) que possui convênio com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações Comunicações (MCTIC), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL-MT) formalizará a entrega de equipamentos de informática nesta segunda-feira (15), às 9h, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Bonifácio Sachetti, em Rondonópolis (MT).

Com cerca de 850 alunos, com idades entre 6 a 15 anos, a instituição de ensino será beneficiada com o Centro de Acesso à Tecnologia para Inclusão Social (Catis) no município que, consequentemente, favorecerá a inclusão social e digital com acesso gratuito e qualificação por meio de tecnologia pedagógica.

A estrutura do laboratório da escola contará com um nobreak, 11 monitores de vídeo 19” da marca HP com microcomputadores e estabilizadores de tensão 430VA, projetor multimídia, impressora laser monocromática, quadro branco com porta pincel, balcões com duas portas, cadeiras fixas sem braços e mesas para microcomputador.

Leia mais:   Unale realiza seminário regional de promoção e defesa da cidadania

Catis – A metodologia de ensino oferecida envolverá cursos de informática básica, navegação na internet, jogos pedagógicos, entre outros. Em Mato Grosso, hoje conta com 440 centros que estão distribuídos em 112 municípios.

Evento: Entrega de equipamentos de informática para atender o Centro Avançado Tecnológico de Inclusão Social (Cetis) de Rondonópolis

Data: 15/04/2019

Horário: 9h

Local: Escola Municipal de Ensino Fundamental Bonifácio Sachetti – Rua 11, número 579 – Bairro Parque São Jorge – Rondonópolis (MT).

POR: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS / Gabinete do deputado Delegado Claudinei

Comentários Facebook

Política

MOVIMENTO VACINA BRASIL – Dr. Leonardo alerta para perigo do movimento antivacina

Publicado

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade) fez um alerta para o aumento dos movimentos antivacina, durante lançamento da 17ª Semana de Vacinação nas Américas, em Cuiabá, na segunda-feira (22). De acordo com ele, que é médico, é preciso iniciar um contramovimento como uma resposta à atitude que pode estimular o reaparecimento de surtos de doenças tidas como erradicadas, como o sarampo.

“Várias doenças que eu nunca havia visto, somente estudado em livros, como sarampo, coqueluche, difteria, tétano, estão voltando. Esses dias, o Estados Unidos entrou em estado de alerta pelo retorno do sarampo. São doenças evitáveis, que são prevenidas com a vacinação, mas que estão retornando devido ao avanço de movimentos antivacina”, afirmou Dr. Leonardo.

O evento contou com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, da bancada federal, do governador Mauro Mendes, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, a da presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaína Riva, além de outras autoridades.

Seguindo o parlamentar, um dos maiores vetores do aumento desses movimentos é a difusão das chamadas “fake news”, informações falsas, através das redes sociais. Pessoas têm deixado de vacinar os filhos por acreditarem que esse tipo de prevenção seria prejudicial à saúde.

Leia mais:   Sétima reunião da CCJR analisa 13 matérias

No Brasil, a cobertura de vacinação caiu nos últimos anos. No caso do sarampo, surtos foram identificados no Amazonas, Roraima, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro. Em Manaus, um bebê de sete meses morreu depois de ter febre, manchas na pele, tosse e coriza.

Na Venezuela, país vizinho, houve uma queda abrupta na imunização da população devido aos problemas político econômicos, tendo vários focos de Sarampo. O Ministério da Saúde também alertou sobre o alto risco de retorno da poliomielite em pelo menos 312 cidades brasileiras, por conta da baixa adesão à imunização, com apenas 50% das crianças vacinadas em 2018.

CÂMARA FEDERAL – Em seu primeiro mandato no Congresso Nacional, Dr. Leonardo tem atuado nas questões relacionadas ao fortalecimento da saúde pública. É membro da Frente Parlamentar da Saúde, Frente Parlamentar da Medicina e presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Projeto de lei atualiza normas para traslados de restos mortais dentro do estado

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Foi pensando nisso, e depois de receber algumas demandas com reclamações sobre o translado intermunicipal, que o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, apresentou o Projeto de Lei nº 421/2019. Conforme o parágrafo único do projeto, “fica vedada a garantia de exclusividade da prestação de serviços de translado intermunicipal em virtude da localização da empresa que o realize”, diz o texto.

O que ocorre é que atualmente o transporte intermunicipal de corpos é limitado, impossibilitando a família de buscar uma alternativa logística, levando em conta as condições financeiras de quem contrata os serviços. Para o deputado Nininho, a cobrança da população é legítima e válida, especialmente em se tratando de situações que carecem de atenção e compreensão sentimental.

“O momento da perda de um ente querido já é difícil por si só, tornar a situação cômoda para familiares e amigos na hora de contratar o serviço de traslado ajuda, porque, com a opção de negociar o preço do serviço de transporte certamente facilita e baixa os custos fúnebres para as famílias”, explicou o parlamentar.

Leia mais:   Famílias que vivem próxima a barragem em Bom Jesus do Araguaia estão expostas a risco

Confira o PL na íntregra no link  http://www.al.mt.gov.br/storage/webdisco/cp/20190322093459561000.pdf

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana