conecte-se conosco


Destaque

Entrevista da Semana: Francis diz que adversários estão desesperados porque ele superou crise

Publicado

Hostilizado pela oposição e vítima de fake news o prefeito Francis Maris Cruz (PSDB) faz um balanço atual da situação. Em entrevista ao Jornal Expressão e o site Expressão Noticias ele diz que os adversários estão desesperados porque ele superou a crise, adquiriu equipamentos e realizou obras. Afirma que o seu grupo político tem bons nomes para sua sucessão; que mantém ótimo relacionamento com lideranças do PSL e informa que fará uma viagem com empresários à Bolívia para tratar do comércio bilateral.

Jornal Expressão (J-E). Apesar de a maioria da população já ter demonstrado que aprova sua administração, o senhor tem sido bastante criticado. Inclusive, vítima de fake news, o que o levou a registrar Ocorrência Policial para apuração do fato. Por que e como o senhor está lidando com essa situação?

R- Francis. É o desespero da oposição. Eles não têm o que me criticar por isso, ficam fazendo Fake News. A maioria absoluta da população aprova a nossa gestão. Prova disto é que fomos reeleitos com mais de 70% dos votos enquanto inúmeros prefeitos não foram reeleitos. Os anos de 2014 a 2018 foram anos da pior crise financeira do Brasil, fruto da corrupção do PT. Nunca na história do Brasil vivemos uma crise desta. Mesmo assim, conseguimos fazer muito, muito mais que todos os ex-prefeitos. Compare, o nosso antecessor, pegou o Brasil em crescimento em todas as áreas, o Brasil em bonança, mesmo assim não fez nada, nenhuma praça, nenhum posto de saúde, nenhuma creche, não comprou nenhuma patrol, caminhão etc. Nós fizemos muito, informatizamos a prefeitura, implantamos gestão, compramos veículos, ônibus, ambulâncias, caminhonetes, máquinas, construímos postos de saúde, creches, centro de convenções, praças, asfaltos, pontes, etc. Ai a oposição se desespera e fica criando estes Fake News. Como denegriram a minha imagem, caluniaram, mentiram, tomamos as medidas jurídicas cabíveis, registramos Boletim de Ocorrência, e esperamos e confiamos na Justiça, e que os vagabundos sejam presos, sejam punidos.

J-R. Um órgão divulgou que o senhor e a vice-prefeita Eliene Liberato Dias, teriam sido rejeitados pelo PSL por estarem “desgastados politicamente”. O que o senhor diz sobre isso?

R- Francis – O Pinóquio, dono deste site, não tem moral nenhuma, pois o que ele sabe fazer, se não der dinheiro para ele, é criticar, caluniar, mentir, colocar comentários seus com pseudônimos, faltar com a verdade. Infelizmente ele mentiu mais uma vez, colocando que fomos rejeitados pelo PSL. Não é verdade, o presidente do diretório municipal já desmentiu ele. Temos ótimo relacionamento com o diretor do PSL Municipal, Estadual, com seus deputados estaduais e federais. Eles têm ajudado Cáceres com apoio aos projetos de desenvolvimento para nossa cidade.

Leia mais:   Projeto de lei que institui plano de combate ao suicídio e automutilação é proposto na ALMT

J-E. Embora estejamos a mais de um ano das eleições já se cogita, principalmente, nos bastidores, o lançamento de vários nomes para a sucessão municipal. Sabe-se que existem três nomes do seu grupo. Como o senhor está administrando essa situação?

R- Francis – Quando assumimos a prefeitura em 2013, herdamos uma dívida de mais de 33 milhões. Energia, a Rede CEMAT querendo cortar o fornecimento por falta de pagamento, mais de 20 milhões das administrações passadas. Empréstimos consignados, que descontaram dos salários dos funcionários da prefeitura e não pagaram aos bancos. Isto é apropriação indébita. É caso de cadeia ao ex-gestor, Art.168 do Código Penal. Dívidas em todos os impostos, sindicatos, fornecedores etc etc. Primeiro ato meu em 2013 foi comprar um computador central, um servidor, com meu dinheiro particular e doar para a prefeitura. Hoje a gestão está 90% informatizada, todos os órgãos, todo COC, Secretaria de Saúde, Educação, Sematur etc. Ai a casa arrumada, informatizada, com gestão, dinheiro em caixa, pagamento dos fornecedores em dias, leis, códigos, enfim tudo organizado, arrumado, o que não falta é candidato. Hoje temos mais de 10 pré-candidatos a nossa sucessão. Do nosso grupo temos três pré-candidatos, sendo eles Valdeci – Torpresa, excelente nome, prestou grande serviço na Secretaria de Obras. O povo cacerense deve muito a ele por sua colaboração, doação, dedicação e trabalho prestado. Junior Trindade, excelente secretário, dinâmico, arrojado, resolve tudo, tem iniciativa, liderança, grande trabalho prestado ao turismo de Cáceres, quer seja no FIPe, Natal de Luzes, Pascoa, Paixão de Cristo, etc. Eliene dispensa comentários: simpática, amiga de todos, gestora revolucionou a Educação. Dinâmica, tem iniciativa, liderança. Todos os atributos para ser uma excelente gestora, dar continuidade em nossas obras, nossa gestão, conduzir com seriedade e honestidade o nosso município.

J-E. Projetos antigos, como por exemplo, da reforma e ampliação do aeroporto municipal, estão vindo à tona. Já existe algo mais concreto para execução desse projeto?

R- Francis – Temos trabalhado muito em todos os projetos: Praça Barão do Rio Branco, UBS Santa Isabel, PSF Caramujo, COHAB Nova, Postão CER – Centro especializado Reabilitação, UPA – Unidade de Pronto Atendimento etc. Centro de Convenções, Asfalto, troca de canos amiantos, 15 milhões Bomba de Captação de Agua, ETA’s – Estação Tratamento de Água. O Aeroporto, nosso projeto foi elaborado pela Infraero, agora está na SAC – Secretaria de Aviação Civil, R$ 5 milhões, assim que a SAC aprovar vamos assinar convenio com Exército para fazer obras.

Leia mais:   Frente Parlamentar de Defesa do Vale do Rio Cuiabá assinará convênio com o Sebrae-MT para auxiliar representantes de 13 cidades de MT

J-E. Outro projeto que também tem sido muito comentado é o da reativação da hidrovia através do porto de Cáceres. O que o senhor tem sobre isso?

R – FrancisTemos três projetos de novos portos para Cáceres: Barranco Vermelho, Morrinho, Santo Antônio das Lendas, Paratodal, todos de  iniciativas privadas. O porto de Cáceres, estamos em negociação, solicitamos sua transferência para o município, já oficializamos para o Governo do estado e União. Temos empresas interessadas em colocar Moinho de Trigo ao lado do Porto Paratodal, importando trigo da Argentina, isto ajudará na exportação da soja, milho, algodão, etc. Em breve nosso porto estará operando, exportando.

J-E. O governo federal oficializou o projeto de cidades gêmeas Cáceres (Brasil) e San Matias (Bolívia). O que isso significa para o comercio regional/estadual?

R – Francis – O governador Mauro Mendes pediu um estudo de viabilidade da ZPE para continuar as obras. A FIEMT está elaborando este estudo para entregar ao governador, e mostrar que a ZPE é a solução das Indústrias mato-grossenses para competir com as indústrias chinesas, indianas, etc. A Zona franca comércio, vem consagrar um trabalho que fizemos juntos com a UNEMAT através da professora Maria do Socorro que criou através da Portaria  nº 1080 de 24/04/2019,  das Cidades Gêmeas com  San Mathias. Isto vai ajudar muito a fortalecer o comércio, turismo, artesanato, bares, restaurantes, hotéis e lojas serão fortalecidas com turistas que virão para compras de produtos importados.

J-E. No final do mês o senhor deve deixar a administração por um curto período para uma viagem internacional. Irá a Bolívia com um grupo de empresários estaduais. Qual a finalidade e o que de positivo trará essa viagem para nossa cidade?

R- Francis – O objetivo das viagens é fortalecer o comércio bilateral com a Bolívia, precisamos ajudar o nosso país vizinho, comprando e importando os seus produtos. A ureia é um deles, talvez mais importante.

O gás natural, o gás de cozinha, o adubo, sal, madeira, tudo isso faz com que aumentamos nossas relações fortalecendo o comércio. É bem provável que no futuro a Bolívia venha a fazer parte do Mercosul.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Destaque

Macedo diz que não é primeira vez que some documentos da Câmara e que virou caso de polícia

Publicado

Sumiços “misteriosos” de documentos importantes na Câmara Municipal de Cáceres não é tão incomum como se parece. Isso já aconteceu mais de uma vez. E, “já virou caso de polícia”. A revelação foi feita pelo próprio presidente do legislativo municipal, vereador Rubens Macedo (PTB), na sessão da última segunda-feira (17)

Ao usar a tribuna para desqualificar a reportagem do Jornal Expressão que divulgou o “desaparecimento misterioso” do requerimento para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para “investigar a amplitude e responsabilidades sobre perdas de recursos federal e estadual, pela Secretaria de Saúde”, Macedo disse:

Isso não é a primeira vez que isso acontece. “Como já aconteceu no passado. Vocês estão lembrados? Sumiu o projeto de Lei de Reestruturação da Câmara. Ele só apareceu, misteriosamente, depois que decidimos abrir uma Sindicância Administrativa para apurar o fato. Virou caso de polícia” admitiu.

De autoria do vereador Cesare Pastorello (SD), o requerimento que sugere a criação da CPI foi protocolado na Câmara no dia 10 de maio. Na quinta-feira (13/6), depois de um mês, ele informou que o documento ainda não havia entrado na pauta porque havia sumido. E, que havia denunciado o desparecimento à Ouvidoria da Câmara.

Leia mais:   Equipe técnica inicia discussão para alterar Código de Terra

No mesmo dia o Jornal Expressão entrou em contato com o vereador Rubens Macedo. A princípio, no corredor da Câmara, ele disse que não havia nenhum sumiço e que, o próprio autor havia retirado o requerimento da pauta. Com a negativa de Pastorello, ao ser novamente indagado, se o requerimento seria colocado na pauta da próxima sessão, Macedo se descontrolou.

Sem saber explicar a lambança retrucou: “você é vereador pra querer saber? Se você quiser informação tem que marcar um horário pra falar comigo”. Na sessão de segunda-feira, mais calmo Macedo explicou, que não colocou o requerimento em pauta porque foi protocolado de forma errônea. E, que não tem nenhum motivo para não pautar o requerimento.

Disse que Pastorello apresentou o requerimento com apenas uma assinatura e as demais (quatro) a dos vereadores José Eduardo Torres (PSC), Valdeniria Dutra Ferreira (PSDB), Gerônimo Gonçalves (PSB) e Creude Castrillon (Podemos) só foram coletadas durante a sessão.

Contudo, manteve o despreparo e arrogância ao afirmar que o jornalista que quiser fazer entrevista com ele tem que marcar audiência com data e hora.

Leia mais:   TAC deverá melhorar o Sistema para cadastramento ambiental em Mato Grosso

Inconformado pela reportagem do Jornal Expressão em divulgar ações que desagradam à presidência da Casa, Macedo disse que o jornalista, destorce as informações. E, que nesse dia a reportagem agiu maldosamente com a intenção de amedrontá-lo. “Ele (repórter) destorce tudo que eu falo. Ele agiu maldosamente, querendo me amedrontar. Mas, eu não tenho medo” disse.

Nota da Redação.

A direção do Jornal Expressão e site Expressão Notícias, através do editor Sinézio Alcântara, rechaça os argumentos usados pelo presidente da Câmara, na tentativa de desqualificar, com inverdades, a reportagem. Afirma que, em momento algum, usou de maldade ou de forma truculenta para intimidar o vereador Rubens Macedo.

E, que sua conduta é pautada, há mais de 30 anos de atuação jornalista em Cáceres e Mato Grosso, na ética e lisura. Sempre procurando levar as informações isentas de quaisquer tendências ou animosidades ao leitor. Criteriosa, a reportagem faz questão de, antes de divulgar quaisquer informações, ouvir com ética e responsabilidade os dois lados da noticia. E que, por isso, mantém o que disse.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Favero confirma convite do PSL à Eliene

Publicado

Segundo o deputado, o partido está de portas abertas para vice-prefeita. A política tem sido sondada por pelo menos quatro siglas para as eleições de 2020.

O deputado estadual Sílvio Favero (PSL) confirmou nesta segunda-feira (17) ao Cáceres Notícias o convite que fez à vice-prefeita de Cáceres Eliene Liberato para filiar-se ao Partido Social Liberal. Nos últimos dias Eliene tem recebido convite de vários partidos para compor chapa para as eleições de 2020.

Numa nota pública emitida sem data o diretório municipal do PSL em Cáceres informava que a vice-prefeita não havia sido convidada pelo partido. Por telefone o deputado estadual Sílvio Favero informou que convidou pessoalmente Eliene. “Eu convidei a professora Eliene para que venha para o PSL. O partido está aberto para a vice-prefeita, ela será muito bem vinda se aceitar se filiar”, disse Favero.

Ainda segundo Favero o partido está definindo a estrutura para as eleições municipais. “Ainda estamos pensando nas candidaturas, o mais provável é que tenhamos majoritárias em quase todos os municípios do estado. Sobre Cáceres ainda estamos conversando e avaliando as possibilidades”, afirmou o deputado.

Leia mais:   Semana na ALMT tem 17 eventos

No último sábado (15) Eliene Liberato, que hoje é filiada ao mesmo partido do prefeito Francis Maris Cruz (PSDB), recebeu convite do PSB. Liberato também foi convidada ao PRB pelo deputado estadual Valmir Moretto e ao PSC pelo deputado Xuxu Dal Molin. Todos os convites ainda são avaliados pela política, que prometeu se manifestar no momento oportuno.

Por: Joner Campos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana