conecte-se conosco


Destaque

Entrevista da Semana: Donizete garante troca de toda rede de água até o próximo ano e diz que candidatura não depende só de decisão pessoal

Publicado

Diretor da Águas do Pantanal, Paulo Donizete Costa diz que não procede aumentos abusivos na tarifa de água; afirma que infelizmente os roubos do produto continuam. Garante que a substituição de toda rede de água será concluída até o próximo ano e que não haverá privatização do sistema. Não confirma, mas também não descarta a possibilidade de lançamento de candidatura a sucessão municipal: “Na minha opinião, o fato de vir a ser candidato ou não, não pode depender só de uma decisão pessoal. A vaidade pessoal não pode sobrepor aos interesses do município ”.

Jornal Expressão (-J-E) Levar água tratada em todos os bairros foi uma das principais propostas de campanha do prefeito Francis Maris Cruz, o senhor acredita que essa promessa já foi comprida?

R- Hoje já atendemos mais de 93% da área urbana com água tratada. Com obras de extensão de rede que já estão em execução e a reforma das duas estações antigas de tratamento de água (ETA), que estão sendo licitadas com recursos próprios no valor de R$ 6,9 milhões, 100% da área urbana será contemplada com água tratada até o final do mandato do prefeito Francis.

J- E. A administração municipal é bastante criticada pelos altos valores taxados pela Autarquia Águas do Pantanal. Alguns consumidores alegam que estão pagando até 300% a mais que em alguns anos atrás. O que o senhor diz sobre isso?

R- Não procede 300% de aumento na tarifa de água. Desde o mês de setembro de 2013, quando assumimos o saneamento, o maior reajuste que teve foi em 07/2012 ainda na gestão do prefeito Túlio Fontes que editou o decreto nº 293 determinando um reajuste de 64,41% na tarifa de água, porém dividindo este em três vezes de 22.47%. Ficando parte deste encargo para a gestão do prefeito Francis. De setembro 2013 até o mês de maio de 2019, fizemos além de parte da correção determinada pelo decreto 293/2012, também a correção pelo INPC, conforme determina a Lei federal, que acumulou até o presente momento um reajuste de 43,83% considerando só o INPC, ou seja, a tarifa mínima que era de R$13,40 em 2013 após 6 anos está em R$23,40, um reajuste total em 6 anos de 74,6%. Muitos confundem aumento do seu consumo, com aumento de tarifa. A tarifa de água por lei, só pode reajustar uma vez por ano.

J –E. Até recentemente era muito grande o número de casos de roubos de água, através de ligações clandestinas. Como está essa situação atualmente e o que foi feito pela autarquia?

Leia mais:   Prefeitura abre processo licitatório para construção de usina de energia fotovoltaica

R – Infelizmente ainda persiste essa prática por parte de alguns consumidores.Conseguimos reduzir após uma efetiva fiscalização e também através de denúncias dos próprios consumidores que se sentem lesados com essa prática, afinal a água é um bem público onde todos são proprietários. Também encaminhamos várias ocorrências para o Ministério Público e Polícia Civil, infelizmente, algumas pessoas não entendem que é uma prática de furto de patrimônio público e, portanto, um crime grave que pode levar a prisão.

J – E. O aterro sanitário foi construído para substituir o antigo lixão a céu aberto na região da Piraputanga. No entanto, até hoje ainda não está em funcionamento. O que realmente está acontecendo com esse setor?

R- O aterro sanitário está sim sendo operado desde julho de 2016 quando concomitante encerramos as atividades do antigo lixão. Inclusive já estamos num processo de implantação da nova vala, porque a capacidade de recepção de resíduos da vala atual já está saturando. Com recursos próprios no valor de R$ 400 mil já adquirimos a geomembrana de PAD. Só estamos aguardando a licença de instalação da Sema, para dar início às obras de escavação e conclusão da nova vala.

J –E. A coleta de lixo, também sob a responsabilidade da Água do Pantanal, ainda recebe muitas reclamações da população. O que é necessário ser feito para sanar esses problemas?

R – Todos sabem que a Autarquia assumiu o serviço de coleta domiciliar em 09/2018, adquirimos com recurso próprio seis caminhões coletores novos, num investimento de quase R$1.800.000.00, a partir desta aquisição mais as adequações nas rotas, a coleta domiciliar melhorou consideravelmente. Hoje utilizamos quatro coletores na coleta e deixamos dois de reserva para garantir que o serviço não pare por conta de problemas mecânicos, que podem ocorrer. Nos cinco distritos que hoje atendemos também, praticamente não tem reclamação, o que era muito comum quando o serviço era terceirizado. Além de melhorar o serviço, economizamos uma média de R$ 100 mil por mês com o custo de coleta.

J- E. Embora seja uma obra de fundamental importância, a substituição de grande parte da rede de água, causa alguns transtornos à população. Quando esse trabalho será concluído?

O transtorno já ocorria anteriormente, por conta dos constantes rompimentos das redes de amianto na área central, porém, agora elas estão ocorrendo, mas por uma boa razão. 6.000 mts de rede de amianto já foram substituídas e mais 9.000 mts de rede serão até o final do próximo ano, que é quando esses transtornos esporádicos deixarão de existir.

J –E. Na semana passada, o senhor anunciou a aprovação, pelo Governo Federal, do projeto de saneamento básico para o município, com recursos de cerca de R$ 180 milhões do que consta esse projeto e quando será executado?

Leia mais:   Paulo Araújo quer aumentar o numero de salas infantis em hospitais estaduais do estado

R- Este, sem duvida, será o maior feito da gestão do prefeito Francis para Cáceres. Há 6 anos  iniciamos esse processo, onde, primeiro licitamos os  projetos executivos de saneamento (água, esgoto, resíduos sólidos e drenagem). De posse dos projetos fomos em busca de recursos numa peregrinação do prefeito Francis por várias instituições financeiras , inclusive internacionais. Este será o maior investimento feito em saneamento no estado, caso venha a ser aprovado pela Caixa Econômica Federal. Desse total de R$ 187milhões, R$ 133.5 milhões serão destinados para o projeto de coleta e tratamento de Esgoto e R$ 53.5 milhões para o projeto executivo de Água.

J – E. A Autarquia Águas do Pantanal abriu edital para expansão e melhoria na qualidade dos serviços. Quantas vagas serão ofertadas e para que especialidades?

R- Serão ofertadas 30 vagas, sendo três para PCD (pessoas com deficiência), e 27 distribuídas entre; auxiliar administrativo, engenheiro, advogado, contador, encanador e eletromecânico. As inscrições vão até 08/09/2019 e a prova será aplicada dia 13/10/2019. Maiores detalhes no site www.aguasdopantanal.eco.br ou www.ufmt/concurso todos os aprovados serão chamados no máximo até final deste ano.

J–E. Há alguns comentários de que o prefeito Francis Maris cogita a privatização da autarquia, procedem esses comentários?

R- Não procede! O que foi cogitado é que, se a prefeitura juntamente com a Autarquia não conseguir os recursos necessários para execução das obras de coleta e tratamento de esgoto, teríamos que fazer uma concessão deste serviço ou uma PPP (Parceria Público Privada). O que não pode é o município permanecer sem este serviço de fundamental importância para a prevenção da saúde da população.

 J-E. Muitas pessoas que se destacam em seus respectivos ramos de atividade despontam como possíveis candidato a sucessão municipal. Nesse caso já surgiram informações de que o senhor seria um possível candidato. Procedem essas informações?

R- Na minha opinião, o fato de vir a ser candidato ou não, não pode depender só de uma decisão pessoal. A vaidade pessoal não pode sobrepor aos interesses do município de Cáceres. Exemplo foi a eleição para deputado estadual onde a vaidade pessoal deixou o município sem representante ou correu o risco de ser mal representado. Então, pertenço a um grupo político que, até então, comunga com os mesmos princípios de ética, de respeito ao dinheiro público e de muito trabalho, e é com a decisão deste grupo que pretendo seguir, lutando pelos interesses de Cáceres, seja na gestão ou não.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Prefeitura realiza o maior encontro das mulheres rurais de Cáceres

Publicado

A Prefeitura de Cáceres através da Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico e a Empresa Mato-Grossense De Pesquisa, Assistência E Extensão Rural (Empaer), realizaram neste último sábado, 14, de setembro, o 6º Encontro de Mulheres Rurais do município de Cáceres. O encontro aconteceu no Centro de Eventos Maria Sofhia Leite, na Sicmatur.

Mais de 1.000 mulheres rurais participaram do evento oferecido para homenageá – las com palestras, almoço com boi no rolete, baile, sorteio de brindes e roda de conversas entre mulheres.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, disse que a mulheres rurais buscam realizar os seus sonhos de empreender para que a sua família tenha o conforto necessário e viva da produção local, sem que seus filhos tenham que vir em busca de oportunidades de emprego na cidade e se ausentem da família. “Vocês merecem ser reconhecidas e homenageadas todos os dias. Parabéns mulheres que amam a terra e trabalham na produção de produtos agroextrativistas”.

A vice prefeita Eliene Liberato contou que sente uma alegria muito grande em ver um evento dessa dimensão. “É possível sentir a força que a mulher rural tem. A Gestão vem trabalhando para oferecer ações que empodere essas mulheres que são empreendedora nata, desde pequena assumem multitarefas, realizando inúmeras atividades e calculando cada centavo para não faltar nada para sua família”.

Leia mais:   Projeto de Lei quer proibir construção de usinas hidrelétricas no rio Cuiabá

O secretário de Agricultura, Junior Trindade, explicou que a Gestão oferece em parceria com a Empaer, Unemat, Ifmt e outros órgão oportunidades para que as mulheres rurais ganhem dinheiro, com o que o elas sabem fazer desde pequenas, o biscoito, polpa de fruta e tantas outras coisas, que podem ser vendidas para a Prefeitura inserir na merenda escolar, exposição e vendas em feiras com no FIPE, na Expocáceres. “Hoje quero agradecer a todos que apoiaram o evento fazendo dele o melhor encontro das mulheres rurais que já aconteceu em Cáceres e parabenizar a todas essas mulheres que transformam as dificuldades do trabalho no em oportunidades. Essa grande festa é a minha maneira de agradecer à todas vocês”, Agradeceu Junior.

A extensionista social da Empaer, Elicinéia Aparecida Fortes, contou que é uma grande alegria reunir todas as mulheres em um dia especial. “Estou muito feliz em ver as nossas mulheres sendo homenageadas”.

A produtora Rural Lucinda Gomes, fez várias sugestões de novos cursos para sua comunidade e disse que nunca imaginou um evento dessa grandiosidade. “Eu estou amando esse dia em nossa homenagem, obrigada prefeito e todos que ajudaram”.

Leia mais:   CCJR vai analisar 16 projetos de lei em reunião ordinária nesta terça

Veja link das fotos: http://bit.ly/2mhDDLf

http://bit.ly/2lWvdsM

[http://Prefeitura%20realiza%20o%20maior%20encontro%20das%20mulheres%20rurais%20de%20C%C3%A1ceres/]http://Prefeitura realiza o maior encontro das mulheres rurais de Cáceres

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Hospital Regional recebe nova aparelhagem da Secretaria de Saúde

Publicado

O governo do Estado retoma a reestruturação do Hospital Regional de Cáceres Antônio Fontes – HRCAF. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) entregou à direção da unidade hospitalar 15 Monitores Multiparâmetros – aparelhos utilizados para monitoramento de sinais vitais de pacientes 24 horas e cinco Cardioversores – aparelhagem usada para tratamento de emergência clínica de arritmia em acompanhamento de pacientes graves.

O equipamento absolveu recursos do Ministério da Saúde na ordem de R$ 576 mil. Referência hospitalar em trauma e emergência na região da Grande Cáceres, a nova aparelhagem, de acordo com o diretor administrativo, Onair Nogueira, dará ao Hospital Regional, maior qualidade na assistência ao paciente que necessita de tratamento intensivo, em Cáceres e toda região. A entrega dos novos aparelhos interrompe um longo período de mais de 10 anos de estagnação estrutural da unidade.

Muitos aparelhos existentes ainda são do ano da fundação do hospital em 2001.  E, a maioria, de acordo com o diretor, está obsoleta. O atendimento hospitalar da população é 100% gratuito, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o diretor administrativo, no HRC, são realizados, em média, mensalmente, dois mil atendimentos de trauma e emergência. Cerca de 700 internações, 500 cirurgias e mais de cinco mil atendimentos ambulatoriais.

Leia mais:   Grupo Cometa inaugura sua 4ª Concessionária da marca Hyundai na cidade de Tangará da Serra

Além dos 15 monitores multiparâmetros e dos cinco cardioversores, conforme a direção, nos próximos dias, o hospital estará recebendo também 10 novos respiradores – aparelhos utilizados nas insuficiências respiratórias de pacientes.

Inaugurado no ano de 2001, o HRC se caracteriza ao longo de quase duas décadas, como referência na saúde pública, não apenas de Cáceres, mas em toda região Oeste do Estado, composta por 23 municípios mais duas cidades do Território Boliviano, o que representa uma referência hospitalar para quase 400 mil habitantes. Além da excelência em saúde pública, o hospital é um dos maiores geradores de emprego da região. Possui um quadro funcional de mais 600 colaboradores, entra servidores concursados e contratados.

A entidade conta com Ambulatório, Serviço de Atendimento a Diagnóstico e Tratamento (SADT), Neurocirurgia de alta complexidade, Cirurgias Ortopédicas, Geral e de buco-maxilo de média complexidade, Atendimento de Urgência e Emergência, UTIs adulta e pediátrica, Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue e Internações. Dispõe de mamografia, equipamento para atuar no diagnóstico precoce de câncer de mama, além de Oncologia Clinica e Cirúrgica.

Leia mais:   Paulo Araújo quer aumentar o numero de salas infantis em hospitais estaduais do estado

Agradecimentos

Diretor técnico do Hospital Regional, Hernandes Coutinho, através do Jornal Expressão, agradece o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, pelos trabalhos realizados em prol da saúde no Estado, assim como, por mais essa conquista dos trabalhadores do SUS pelo SUS.

Diretor administrativo, Onair Nogueira agradece imensamente, a secretária adjunto de Gestão Hospitalares, Deise Bocalon, por ter disponibilizado ao HRCAF os equipamentos que farão a diferença no tratamento dos entes que daqui necessitam.

Diretora do Sindicato dos Servidores Públicos de Saúde do Estado, a servidora Célia Cristina Campos, em nome dos servidores do HRC, com apoio restrito do Sisma agradece o empenho dos gestores por mais essa conquista.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana