conecte-se conosco


Destaque

Energisa convoca prefeituras, comércio e indústria a apresentar projetos de economia de energia

Publicado

A previsão é investir R$ 18,6 milhões em Mato Grosso

Está em andamento o período de inscrição de projetos que reduzam o consumo de energia elétrica para participar da Chamada Pública de Eficiência Energética em Mato Grosso. A previsão é que R$ 18,6 milhões sejam investidos pela Energisa em ações que promovam a economia de energia para clientes comerciais, industriais, rurais, residenciais e do Poder Público, incluindo Iluminação Pública. As propostas devem ser enviadas até o dia 28 de agosto.

Interessados que tiverem dúvidas podem participar no dia 15, às 14h30, do Workshop de Chamada Pública, no auditório da sede da Energisa no bairro Bandeirantes, em Cuiabá. No evento será explicado o passo-a-passo para participação.

“A Energisa quer possibilitar ao cliente uma economia real. Para nós, é muito importante que ele tenha um consumo sustentável, ou seja, que tenha o conforto da energia elétrica dentro das suas condições financeiras”, explica Alex Fabiano Silva, analista de Eficiência Energética da Energisa Mato Grosso.

Leia mais:   Depois da segunda e terça feiras de Carnaval bancos retornam atendimentos às 12h da Quarta feira de Cinzas

Para participar, o interessado deve desenvolver um projeto elétrico mostrando, com dados técnicos bem definidos, que medidas, como a troca de equipamentos e lâmpadas antigos e ainda em uso, resultarão em economia significativa de energia.  Se a proposta for selecionada, a Energisa fará a compra dos equipamentos e o pagamento da mão de obra. O material que for retirado do local será encaminhado para descarte adequado.

Alex conta que qualquer pessoa pode se inscrever, desde que os projetos estejam de acordo com o edital, e o cliente esteja em dia com suas obrigações legais. “É importante que o interessado tenha um projeto de qualidade, com metas bem definidas para que, quando as mudanças forem feitas, realmente se tenha redução do consumo de energia elétrica”, esclarece.

Para mais informações, os interessados devem acessar o edital pelo link https://energisamatogrosso.gestaocpp.com.br/Login

Da Assessoria

Comentários Facebook

Destaque

Obras na ZPE em Cáceres recomeçou na quinta-feira

Publicado

Obras estruturais e alfandegamento deverão ser realizadas em prazo de até 15 meses

As obras na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Mato Grosso, localizada em Cáceres (218 km de Cuiabá), estão sendo reiniciadas nesta quinta-feira (27.02) com a assinatura da ordem de serviço pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

O orçamento é de R$ 15,4 milhões, oriundo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Fundeic).

O governador Mauro Mendes determinou no início do mês que os trabalhos fossem retomados imediatamente. “A ZPE foi criada há mais de 30 anos e até agora muito pouco ou quase nada foi feito. Ela é em Cáceres, mas é de Mato Grosso e será importante para que possamos ter mais competitividade nas exportações do nosso Estado”, frisou Mendes em reunião em fevereiro com representantes do Conselho Nacional das ZPEs.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, a ZPE atrairá investimentos para Mato Grosso, pois tem vantagens competitivas para indústrias. “Há uma série de facilidades como isenção de alguns impostos federais e também a questão do trâmite dentro da alfândega. Por exemplo, cada operação de exportação é um processo dentro da Receita Federal. Estando dentro de uma zona alfandegada, é uma única autorização e tramita sem burocracia”, explicou.

Leia mais:   Campanha de vacinação contra gripe será antecipada no país

A empresa vencedora da licitação, Primus Incorporação e Construção Ltda, cujo contrato foi retomado com o Governo do Estado por orientação da Procuradoria Geral do Estado (PGE), terá um prazo de 15 meses para sua conclusão.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e Silva, o projeto para a retomada da ZPE teve de passar por readequações, especialmente para atender as exigências específicas da Receita Federal.

Foram feitos ajustes no projeto de pavimentação e drenagem, que passam a ter uma nova concepção. Já o projeto de estrutura foi todo reanalisado, uma vez que ele foi feito em 2013 e desde então aconteceram mudanças de normas, sendo necessárias atualizações.

A nova diretoria executiva da Administração da Zona de Processamento de Exportação (Azpec) foi eleita no dia 19 de fevereiro e está elaborando um projeto de viabilidade para a ZPE e também uma política de atração de investidores para a região. A legislação vigente estabelece que 80% do que as indústrias produzirem no local poderá ser exportado e 20% ficar no mercado interno.

Leia mais:   Estado é notificado de possível Coronavírus em MT

Thielli Bairros e Karine Miranda | Sedec e Sinfra

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Secretaria de Saúde monitora dois casos suspeitos de coronavírus em MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que monitora dois casos suspeitos de contaminação por coronavírus em Mato Grosso. O número foi confirmado na noite de quarta-feira (26) e a pasta orienta cuidados, mas tranquiliza a população de que não há motivo para alarde.

Leia também – Estado é notificado de possível Coronavírus em MT

Nesta quinta-feira (27), amostras de sangue de ambos os pacientes serão encaminhados para laboratório especifico que irá averiguar se houve mesmo a contaminação pelo novo vírus. Segundo a assessoria da Saúde, ainda não há informações sobre o prazo para que os exames fiquem prontos. Um dos casos monitorados foi registrado em Alto Taquari (479 km ao Sul) e se trata de um homem de meia idade, que retornou da Itália recentemente. Já houve confirmação de mortes pelo coronavírus no país europeu. Informações sobre o segundo caso não foram divulgadas.

A SES não considera os casos como suspeitos, apenas está monitorando para identificar por qual vírus as duas pessoas foram contaminadas. Mesmo sem alerta, a Saúde orienta a população a tomarem algumas precauções para se evitar contaminação com qualquer tipo de vírus.

Leia mais:   Estado é notificado de possível Coronavírus em MT

Confira as medidas de prevenção

Fábio Motta/AE

Coronavírus

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas

– Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal

– Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca

– Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas

– Manter os ambientes bem ventilados

– Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

– Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Jessica Bachega/GD

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana