conecte-se conosco


Brasileirão Série A

Em vitória "fantástica", Guto enaltece dedicação e inteligência da Chape

Publicado

 

Uma vitória “fantástica”. Assim o técnico Guto Ferreira
definiu o resultado de 4 a 3 sobre o Coritiba, fora de casa, na noite desta
quarta-feira, no estádio Vila Capanema. O treinador viu um grupo de jogadores
inteligentes, que souberam, como ele definiu, “matar” o jogo no momento
correto. Além disso, claro, o comandante elogiou o atacante Bruno Rangel, autor
de três gols na partida. 

– A equipe está se superando chegando no limite e somando
pontos importantes, a essa vitória aqui nos dá o retrospecto, recupera o empate
contra o santa cruz. Muito bom, fantástico, só tenho que parabenizar o
grupo.  A dedicação e a entrega, fizemos
uma partida muito inteligente, e matamos o jogo – disse o treinador.

Além disso, Guto Ferreira cobriu de elogios os jogadores e,
também, o atacante Bruno Rangel, que liderou a equipe com seus gols. O técnico
explicou os motivos do revezamento que tem feito no ataque –  na partida contra o Santa Cruz, ele foi
reserva.

– Importante. Isso (os três gols) acontece porque a gente
não deixa ele de bateria arriada. E se eu perco o Rangel? Fico com o Kempes e
não consigo revezar como tem de ser. Às vezes é importante sacrificar o Rangel
em 60 minutos ou 70 minutos de um jogo, é importante, para ter ele. Ele tem 34
anos. Eu gostaria de estar revezando o Cleber (Santana), o Gil, o Josimar. Aí
não teria perdido eles (por lesão).

Com a vitória, a Chapecoense chega aos nove pontos ganhos e sobe na tabela do
Brasileirão, além disso, o clube segue com a sua invencibilidade depois de
cinco rodadas. Na sexta rodada, a Chape encara o Fluminense, na Arena Condá, no
sábado, às 20h30.

ENTREGA DA EQUIPE

– Acho que o grande trunfo da equipe foi em cima de todas as
dificuldades, tivemos os problemas do Gil, depois do Josimar. A equipe está se
superando. O futebol que ninguém vê, que é campo pesado, viagens, viagens
muitas vezes, a gente não dorme, treina pouco e joga no limite. É o terceiro
jogo que a gente joga com campo pesado. Hoje foi o pior campo. A equipe está se superando chegando no limite e somando
pontos importantes, a essa vitória aqui nos dá o retrospecto, recupera o empate
contra o santa cruz. Muito bom, fantástico, só tenho que parabenizar o
grupo.  A dedicação, a entrega, segundo
tempo dificílimo, a gente só fazia faltas, não sofríamos. Superamos tudo e a
todos. Fizemos uma partida de muita inteligente, a superação e entrega. Errou? Errou.
Tivemos virtudes de saber buscar os gols e fomos inteligentes para matar o
jogo.

ASSÉDIO DE OUTROS TIMES PARA O GRUPO DA CHAPE

– Se a gente for pensar também nisso ai, Nós vamos pirar. Estamos
buscando reforços. O clube está mostrando os motivos de que precisamos. Temos hoje
o Andrey, Moisés, Josimar, Gil, Cleber Santana e Sérgio Manoel. Se bobear, para
o sábado, teremos três em condições. 

SERGIO MANOEL PODE JOGAR?

– Qualidade? Indiscutível. É um jogador que não joga desde
abril, quando jogou pelo Água Santa. Estava treinando, mas à parte. Duas
semanas de treino, está dedicado, alta intensidade e é responsável. Agora, o
que ele vai produzir, o quanto ele vai aguentar, é uma incógnita. Ele vai ter
que entrar. Agora estamos precisando, temos poucas alternativas e precisamos
contar com a qualidade dele e rodagem. Precisamos contar com ele, provavelmente
entra nessa partida (contra o Fluminense).

DOMINOU O JOGO TODO

– Nossa equipe foi inteligente, concentrada, que soube usar
toda essa pressão. No final isso só atrapalha. O Coritiba, talvez, fosse mais difícil
de jogar se não estivesse sob pressão que estavam. Muitos erros vieram dessa
pressão. 

HYORAN COMO TITULAR

– Está amadurecendo, mas ainda assim, a pegada do meio de
campo do Coritiba, não é uma pegada forte. Ele consegui vindo buscar mais atrás,
criou situações. Quando ele ia par a o contato, ele tinha dificuldades. Ele, no
segundo tempo, cansou ,o ritmo caiu e ele começou a perder e é a hora de tirar.
Esse ritmo ele vai ganhando. Ele já ganhou para começar do jeito que começou
bem. Ainda não vai conseguir jogar o tempo todo, a tendência no jogo da intensidade
que está, ele não deve chegar até o final da partida. Ai você administra se você
começa com ele e se você usa ele no decorrer da partida. Que bom que ele vem
rendendo, ele vem jogando bem, se jogar pelo menos 60 minutos no nível que nos
ajudou hoje, vai nos ajudar muito. Nesse momento ele vai seguir. Vamos trabalhar
para que ele se fortaleça a cada dia, para que daqui a pouco faça 70 minutos, depois
80 e 90. Pois a qualidade dele é indiscutível, nunca negamos, em momento
dissemos coisas negativas da qualidade. Sempre falamos da sua competitividade,
ele sempre trabalhando muito para buscar o seu espaço. Ele tem nos ajudado bastante.

DESGASTES

– O Josimar diz que, ele diz, que tem condições para o
sábado. Falou que não chegou a puxar. Só que se “embolou”, teve contratura, aí
não joga sábado. Ele vai fazer exames e aí vamos ver. Não adianta, tem jogador
que está ai e pode jogar. Senão tivermos novas possibilidades,, vamos colocar
os meninos aí. Que bom que temos eles aí. O Hyoran está assumindo, não está?
Depois ele cansou após os 15 minutos, é difícil, não é fácil jogar nesse campo
pesado.

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Brasileirão Série A

Seleção Brasileira encerra preparação para amistoso contra República Tcheca

Publicado

Programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) também destacou a reta final dos principais campeonatos estaduais do país; ouça na íntegra

O programa No Mundo da Bola desta segunda-feira (25) destacou o amistoso da Seleção Brasileira com a República Tcheca. Waldir Luiz, Márcio Guedes, Bruno Mendes e toda a nossa equipe também analisaram a reta final dos principais campeonatos estaduais do país e as principais notícias do esporte nacional e internacional.

Clique no player e ouça o programa na íntegra:

No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919.

Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.

Agencia Brasil
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Palmeiras volta a ter time feminino depois de 9 anos

Publicado

Repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações da preparação do Verdão para o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14); ouça na íntegra
Começa neste sábado (16) a sétima edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. E a Rádio Nacional traz uma série de matérias sobre a principal competição do futebol feminino no país. A terceira reportagem fala do Palmeiras e dos seus reforços para disputar a competição além do projeto da diretoria para a modalidade. O repórter Lincoln Chaves trouxe todas as informações do Verdão dentro do programa No Mundo da Bola desta quinta-feira (14).

Ouça no player abaixo:

O Palmeiras retorna ao feminino após nove anos. O time vai jogar em Vinhedo, cidade parceira do versão nesta edição.

A equipe foi apresentada em meados de fevereiro e é comandada pela treinadora Ana Lúcia Gonçalves.

O No Mundo da Bola é transmitido pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira, a partir das 17h. Para participar das transmissões, o internauta deve ligar para (21) 2117-6918 ou (21) 2117-6919. Fale com a equipe de esportes das Rádios EBC pelo e-mail: esporte.radios@ebc.com.br.
Tags: Palmeiras Futebol Feminino Brasileirão Feminino

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana