Connect with us

A declaração do presidente do Grêmio Romildo Bolzan acerca da possibilidade de desistir do negócio pela compra da gestão da Arena repercutiu entre a cúpula diretiva da OAS, empreiteira responsável por erguer o estádio. Em nota divulgada pela assessoria de imprensa nesta sexta-feira, a construtora se diz “pronta” para concretizar a venda (confira na íntegra abaixo). Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente Romildo Bolzan evitou comentar o teor da nota e disse esperar uma definição nas tratativas para a próxima semana.

LEIA MAIS
> Presidente cogita desistir de compra da Arena
> Grêmio negocia compra da Arena com bancos
> Koff anuncia acordo para compra da Arena

De acordo com a nota, a OAS se disse sempre solícita a concretizar a vontade do Grêmio, de assumir a gestão da Arena, por acreditar que não teria sucesso na parceria sem o engajamento do clube. A empreiteira ainda manifesta que as tratativas com o Tricolor e com os bancos credores estão previstas em seu plano de recuperação judicial.

– Diante das últimas manifestações da direção atual do Grêmio, a OAS esclarece que jamais colocou empecilhos para a venda da gestão da Arena para o Grêmio. Ao contrário, desde que a direção anterior exteriorizou seu interesse, a empresa sempre se mostrou disposta a realizar a vontade do clube, convicta de que não se revelaria possível ter sucesso na gestão, sem o engajamento do clube. Mais que nunca, a OAS está disposta e pronta para a realização da venda – consta na nota.

Arena do Grêmio (Foto: Wesley Santos / Agência PressDigital)Arena do Grêmio (Foto: Wesley Santos / Agência PressDigital)

A construtora ainda se disponibiliza a tratar publicamente da negociação e alega que não há qualquer “obstáculo” para concretizar o negócio nos termos aprovados em seu plano de Recuperação Judicial. Ainda de acordo com a nota, a OAS afirma que, por uma imposição legal, não pode doar ou entregar a área do estádio a outra instituição, se não o Grêmio.

– Na visão da empresa, a qual é compartilhada por especialistas no assunto, não há qualquer obstáculo para a realização do negócio nos termos aprovados no processo de Recuperação Judicial, tendo vista que não há qualquer decisão judicial suspendendo a eficácia do Plano. Diante disso, desde já, a OAS se prontifica a realizá-lo e aguarda apenas a concordância da Direção do Grêmio – manifesta a construtora.

Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente Romildo Bolzan evitou tecer comentários sobre o posicionamento da construtora. De acordo com o mandatário, o negócio está “bem encaminhado”, e uma eventual polêmica pode fazer com que as tratativas desandem.

– O Grêmio já tem sua posição e está aguardando para a semana que vem uma definição. Agora não vou falar para evitar alimentar qualquer polêmica. Nós nunca falamos na OAS, ou nos nomes dos bancos. O negócio está muito bem encaminhado. Assim, pode evoluir, como pode retroceder. Estamos aguardando para semana que vem. Temos que esperar a semana que vem, na terça ou na quarta-feira, para comentar depois. Até lá, vamos esperar – afirma o mandatário.

 

Em entrevista recente à reportagem da RBS TV, o presidente Romildo Bolzan mostrou descontentamento com a paralisação da negociação, que se arrasta desde outubro de 2014. O mandatário deu prazo até o final do ano para resolver a questão e admitiu que poderia desistir do negócio. Isso, após ter afirmado, em 2015, que a compra era um processo “irreversível”.

O ex-presidente do Grêmio, Fábio Koff, anunciou o acordo com o OAS em outubro de 2014, pouco antes da eleição que definiu Romildo como presidente gremista. A compra da gestão do estádio é vista como fundamental para o futuro do clube, que desde a inauguração da nova casa, em dezembro de 2012, passou a ter de pegar cerca de R$ 18 milhões anuais para a construtora, além de ficar sem a renda das bilheterias. O negócio, no entanto, sofreu idas e vindas e até agora não foi concretizado. 

Confira a íntegra da nota da OAS:

Diante das últimas manifestações da Direção atual do Grêmio, a OAS esclarece que jamais colocou empecilhos para a venda da gestão da Arena para o Grêmio. Ao contrário, desde que a direção anterior exteriorizou seu interesse, a empresa sempre se mostrou disposta a realizar a vontade do Clube, convicta de que não se revelaria possível ter sucesso na gestão, sem o engajamento do Clube.

No momento atual, mais que nunca, a OAS está disposta e pronta para a realização da venda. Prova disso é que previu o negócio no seu Plano da Recuperação Judicial, conforme tratativas prévias com o Clube e bancos credores, obtendo sucesso na sua aprovação pela Assembleia de Credores e posterior homologação pelo Poder Judiciário.

Na visão da empresa, a qual é compartilhada por especialistas no assunto, não há qualquer obstáculo para a realização do negócio nos termos aprovados no processo de Recuperação Judicial, tendo vista que não há qualquer decisão judicial suspendendo a eficácia do Plano. Diante disso, desde já, a OAS se prontifica a realizá-lo e aguarda apenas a concordância da Direção do Grêmio.

Caso seja interesse da Direção do Grêmio, como parece, o negócio pode ser tratado, inclusive, publicamente, para que, a olhos vistos, conclua-se não partirem da OAS os mencionados empecilhos ao negócio.

O que deve ficar claro, desde já, é que a OAS não pode, ainda que desejasse, doar (entregar) a Arena ao Clube, pois tem compromissos e responsabilidades assumidas com credores, no âmbito da Recuperação Judicial. Desta forma, não por escolha da empresa, mas por imposição legal, a gestão e a propriedade da Arena só podem ser entregues ao Grêmio em contrapartida à assunção da dívida assumida junto aos bancos para a construção e à entrega do Olímpico, conforme ajuste em contrato.

No mais, cabe esclarecer que a OAS jamais alterou ou desejou alterar as regras do contrato, pelo contrário, as mudanças havidas foram efetuadas exclusivamente a pedido da direção do Grêmio, conforme amplamente noticiado à época.

Por fim, vale ressaltar que a OAS, mesmo com todas as dificuldades que enfrenta, segue cumprindo todas as suas obrigações com o Grêmio, recebendo a cada jogo a maravilhosa torcida tricolor com segurança e conforto, disponibilizando o desejado entretenimento.

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs

Fonte: Globo Esporte

Comentários Facebook

Entretenimento

Eclipse lunar traz ‘Lua de sangue’ no domingo (15); saiba mais

Published

on

No próximo domingo (15), acontecerá o primeiro eclipse lunar de 2022. Será um eclipse do tipo total, que ocorre quando a Lua cheia se move para a chamada sombra umbral profunda da Terra (parte mais interna e escura). Isso ocorre porque nosso planeta passa em frente à luz solar enviada para o nosso satélite natural.

De acordo com o astrofísico americano Fred Espenak, conhecido por prever eclipses, como a Lua cheia do dia 15 de maio é a chamada superlua, por estar no perigeu, o ponto mais próximo da Terra, esse eclipse será considerado uma superlua de sangue. O fenômeno, que poderá ser visto em todo o Brasil, ocorre quando a luz do sol passa pela atmosfera terrestre, mas desvia pelos comprimentos de onda para refletir de forma avermelhada na Lua.

Diagrama da sombra do eclipse lunar do dia 15 de maio. (Fonte: NASA/Divulgação.)Fonte:  NASA 

Quando acontecerá o eclipse total da Lua no domingo?

Conforme o perfil Astronomiaum no Twitter, nas cidades com fuso horário de Brasília, o eclipse lunar de domingo terá início às 22h32, e terá o seu ápice na madrugada de segunda-feira (16) à 1h11, com o término ocorrendo às 3h51. Além do Brasil, a Lua de sangue poderá ser vista também nos EUA e Canadá, além de partes da África e Europa.

Diferentemente do eclipse solar, que só é observável em uma área relativamente pequena do mundo, os eclipses lunares podem ser vistos em qualquer lugar no lado noturno da Terra. A sua visualização também é mais segura, pois esses fenômenos não necessitam de nenhum tipo de proteção para os olhos, pois são mais escuros do que a própria lua cheia em si.

Para quem mora em grandes cidades, e não pretende viajar para locais com baixa poluição visual para assistir ao eclipse total da Lua no domingo, será possível visualizá-lo através do canal oficial da NASA do YouTube. O telescópio da agência aeroespacial norte-americana irá iniciar a transmissão das imagens do fenômeno a partir da zero hora do dia 16 de maio, no horário de Brasília.

Para assistir, basta clicar no link acima para definir o lembrete e, na hora marcada, acompanhar os detalhes em alta resolução.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/238420-eclipse-lunar-traz-lua-sangue-domingo-15-saiba.htm

Comentários Facebook
Continue Reading

Brasileirão Série A

Em Minas, Cuiabá perde para o líder Atlético-MG e cai invencibilidade

Published

on

A Gazeta

Após 12 jogos sem derrotas fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, o Cuiabá perdeu a longa invencibilidade que acumulava na série A para o líder Atlético-MG neste domingo (24), em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. O galo venceu por 2 a 1 e pôs fim a longa série do auriverde sem derrotas longe de casa.

O Dourado continua com 35 pontos, em décimo lugar na tabela de classificação. O Galo, por sua vez, chegou aos 59 tentos e é mais líder do que nunca.

A mil por hora, assim começou o início do jogo entre Cuiabá e Atlético-MG no Mineirão. Logo aos 2 minutos, Nathan Silva, contra, inaugurou o marcador em recuo infeliz para Everton, que viu a bola entrar lentamente no gol. Aos 4, Hulk, dentro da pequena área, deixou tudo igual após jogada ensaiada de escanteio.

O time mineiro conseguiu a virada com Jair, que completou de cabeça para as redes após assistência de Guilherme Arana.

No início da etapa final, Hulk marcou o terceiro para o Atlético, mas o gol foi anulado após a arbitragem pegar um toque de mão do atacante. Daí em diante o Atlético continuou pressionando, mas sempre parando nas defesas seguras do goleiro Walter.

À medida que o relógio foi passando, o Atlético deixou o Cuiabá mais a vontade para trabalhar com a bola e passou a contar com os contra-ataques. O Dourado martelou, porém não conseguiu criar chances claras de gol.

O próximo compromisso do Cuiabá no campeonato brasileiro é contra o Red Bull Bragantino no dia 1º de novembro, na Arena Pantanal, às 19h30 (de MT.

Comentários Facebook
Continue Reading

Mais Lidas da Semana