conecte-se conosco


Policial

Em 30 minutos de Operação Lei Seca, 2 são multados e 3 veículos são removidos

Publicado

A 36º edição da Lei Seca aplicou 28 testes de alcoolemia e foi mais curta devido à chuva

Débora Siqueira | Sesp-MT

Em meia hora da 36º edição da Operação Integrada de Lei Seca, foram aplicados 28 testes de alcoolemia, uma pessoa foi multada por dirigir sob efeito de álcool, uma por conduzir carro sem licenciamento, dois carros e uma moto foram removidos. Ao todo, foram aplicados sete Autos de Infração de Trânsito.

Policiais militares do Batalhão de Trânsito, Delegacia Especializada de Transito (Deletran), Gabinete de Gestão de Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), agentes penitenciários, fiscais do Detran, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana montaram a blitze na MT-251, no km 4, no sentido contrário ao Posto de Combustível Ecomania. A ação iniciou às 16h e encerrou às 16h30, devido à chuva.

Em 2019, foram realizadas 36 operações Lei Seca em Mato Grosso, contemplando os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Rondonópolis e Campo Novo do Parecis. Foram 161 presas por dirigir bêbadas, 436 CNHs recolhidas, 368 documentos de veículos recolhidos, 857 veículos removidos, 438 pessoas dirigindo embriagadas.

Os dados não incluem os quatro dias da Operação Vida no Trânsito, realizada em parceria entre os órgãos que compõe a blitze da Lei Seca e a Universidade Federal de Goiás. Na ocasião, 10 pessoas foram presas por dirigir embriagadas e 47 foram multadas por estarem no volante sob efeito de álcool. Ao todo, foram cinco pontos de blitze, sendo aplicados 567 testes de alcoolemia no período de 28 de novembro a 1º de dezembro.

 

Leia mais:   Bimotor com 450 kg de cocaína é interceptado pela FAB e pousa em MT

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Destaque

Detento é encontrado morto dentro de tambor com água na cadeia publica de Cáceres

Publicado

Detento de 41 anos, identificado como M.J.L., foi encontrado morto na Cadeia Pública de Cáceres, na madrugada desta terça-feira (4). Segundo as informações, o corpo dele estava dentro de um tambor de água com 200 litros, de cabeça para baixo.

De acordo com as informações, um dos funcionários da cadeia percebeu pelas câmeras de monitoramento que os detentos estavam se comportando de maneira estranha, em seguida, teria acenado para a câmera.

Leia também – Testemunhas encontram corpo de homem em rodovia de MT

Um dos servidores desceu e foi até os agentes verificar o que tinha acontecido. Um dos detentos informou que “tinha um b.o para eles resolverem”, apontando a direção.

Dentro da cela, encontraram o corpo do detento dentro de um tambor de 200 litros d’água, de cabeça para baixo. Segundo os outros presos, ele cometeu suicídio. O local foi isolado até a chegada da Perícia Oficial. O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Leia mais:   PF deflagra operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Cuiabá e Cáceres
Continue lendo

Destaque

PF deflagra operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Cuiabá e Cáceres

Publicado

A ação faz parte da Operação Coincidere, com o objetivo de desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (4), cinco mandados de busca e apreensão e quatro de prisão em Cuiabá, Cáceres e São Paulo. A ação faz parte da Operação Coincidere, com o objetivo de desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Um dos alvos já foi preso na semana passada, durante deflagração da Operação Alagados.

Durante a investigação, a PF identificou organização criminosa estabelecida na região de fronteira do Estado do Mato Grosso, com atuação consistente na internalização de grandes cargas de cocaína vindas da Bolívia. Posteriormente, a droga era enviada à Europa, via portos, com uso de caminhões com compartimentos especialmente preparados.

No decorrer da investigação, foram efetuadas duas prisões em flagrante e três apreensões que totalizaram aproximadamente 700kg de cocaína. Na última apreensão, após abordagem realizada pela Força Aérea Brasileira (Fab), a aeronave realizou pouso forçado em uma área rural próximo ao Porto Jofre, em Poconé.

Leia mais:   PF deflagra operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Cuiabá e Cáceres

O piloto fez pouso forçado ao perceber que seria abordado e em seguida os ocupantes atearam fogo no avião e fugiram para região de mata.

Por: Fabiana Mendes – Olhar Direto

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana