conecte-se conosco


Destaque

Elite da pesca amadora e profissional desce o rio Paraguai na maior competição de pesca em água doce do planeta

Publicado

A elite da pesca amadora e profissional de várias regiões do país entra em cena, na manhã deste domingo, no rio Paraguai, para a prova de pesca embarcada do 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (38º FIPe). São esperados, de acordo com a organização do festival, cerca de 900 pescadores, que descem o rio, na esperança de fisgar o maior peixe e levar para casa uma Pick-Up Saveiro 0 km, avaliada em R$ 55 mil.

Promovido pela prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo (Sicmatur), o objetivo principal do FIPe é estimular o potencial turístico e incentivar a preservação ambiental, pela pesca esportiva no pantanal. Reconhecido oficialmente como o maior evento de pesca em água doce do planeta o FIPe teve inicio na quarta-feira (14). E, a previsão é de que, cerca de 250 mil pessoas, participem direta ou indiretamente do evento.

Aberto oficialmente na quarta-feira, além das provas de pesca, o festival oferece ainda várias atrações, como feira de artesanato, espaços esportivos, tendas ambientais, feira náutica, área gastronômica, palestras e cursos relacionados a questões ambientais. A realização do FIPe conta com apoio do governo do Estado, Assembleia Legislativa e de várias empresas privadas.

Leia mais:   Secretaria de Saúde implementa PlanificaSUS na região sul de Mato Grosso

As provas tiveram início na sexta-feira (12). 500 pescadores sêniores, com idade acima de 65 anos e 200 da categoria PcD – Pessoas com Deficiência Física participaram das competições. A prova de canoa foi realizada no sábado com a participação de 150 canoeiros. Três mil pescadores infantis e juvenis também pescaram no sábado. Os vencedores dessas categorias receberam a premiação logo após o término das competições. Os vencedores da prova embarcada recebem a premiação na noite deste domingo.

Os shows artísticos foram um espetáculo à parte. Vários nomes consagrados da música brasileira se apresentaram no palco de eventos da Sicmatur. Entre eles, César Menotti e Fabiano, Léo Santana; Antony e Gabriel, Fala Mansa e, na noite de hoje, Alexandre Pires. E ainda, cantores gospel como David Quinlan e Thiago Bravo. Todos gratuitos, com entrada franca.

Balanço

Um balanço parcial do secretário Júnior Cesar Trindade aponta para resultados altamente positivos. “Creio que superamos as expectativas: até na sexta-feira, cerca de 200 mil pessoas já haviam prestigiado o evento. Acredito que com o público de sábado e deste domingo, vamos bater a barreira de 250 mil pessoas” afirmou.

Leia mais:   Retorno da série B e Feira de Matemática movimentam Arena Pantanal

Trindade informou que, o aquecimento do comércio foi visível. “Os bares estiveram lotados todos os dias e a rede hoteleira na sexta-feira não havia mais vaga” disse acrescentando que o festival gerou, pelo menos, cerca de dois mil empregos diretos e indiretos nos cinco dias do evento.

A segurança realizada pelas polícias Federal, Civil, Militar, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil, de acordo com o secretário foi “perfeita e exemplar”.

Até na sexta-feira, antes do fechamento desta edição, não havia sido registrado uma única ocorrência de maior gravidade. “O trabalho de segurança foi perfeito e exemplar. Nenhuma ocorrência de gravidade foi registrada até hoje” (sexta-feira). A realização do festival custou cerca de R$ 2,5 milhões. Porém, a previsão é de gerar cerca de R$ 10 milhões de receita ao município.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Destaque

Cáceres poderá ter, pela primeira vez, uma prefeita eleita de forma democrática

Publicado

A confirmar a tendência eleitoral, Cáceres poderá ter, pela primeira vez, uma prefeita eleita, de forma democrática, nas eleições de 2020. Os nomes da vice-prefeita Eliene Liberato Dias e da vereadora Valdeníria Dutra Ferreira, ambas do PSDB, estão sendo, pelo menos, nos últimos meses, os mais lembrados, junto a opinião pública, para sucessão municipal.

Vale lembrar que a cidade já foi administrada por uma mulher. Na década dos anos 80, ainda sob o regime militar – por o município estar localizado na área de fronteira com a Bolívia – a chamada área de segurança pública, o prefeito era escolhido pelo governador.

Foi então que, por ser “amigada de longa data” do governador Júlio José de Campos, a vereadora Ana Maria da Costa e Faria, foi indicada para a função  em 1983. Nana governou o município por um período de menos de três anos– de 1983 a 1985. À época ela sucedeu o então prefeito Ivo Scaff e antecedeu o prefeito Antônio Fontes.

Se não houver mudanças no “panorama político”, pelo menos, uma das duas – Eliene ou Valdeníria devem entrar no páreo para a disputa, com ampla chance de sucesso. Experiência política não falta a nenhuma.

Leia mais:   Retorno da série B e Feira de Matemática movimentam Arena Pantanal

Eliene está vice-prefeita, pelo segundo mandato do prefeito Francis Maris, além de já ter assumido várias secretarias, entre elas: Ação Social e agora na Educação. Portanto, conhece os meandros da administração. Valdeníria está em franca ascensão. Elegeu-se vereadora pelo 5º mandato e foi a candidata a deputada estadual mais votada no município em 2018 com 9.440 votos.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Eliene, Valdeníria e Túlio são os mais lembrados em pesquisa interna para sucessão municipal

Publicado

A vice-prefeita Eliene Liberato Dias, a vereadora Valdeníria Dutra Ferreira, ambas do PSDB, e o ex-prefeito Túlio Fontes (PV) são os nomes mais lembrados em uma pesquisa interna, para substituir o prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz (PSDB), nas eleições de outubro, de 2020. A sondagem, sem valor científico, porque não ter sido registrada em cartório, foi realizada no mês de junho, encomendada pelo próprio prefeito.

Além da vice-prefeita, da vereadora e do ex-prefeito, completam o quadro dos cinco mais lembrados para a sucessão, o ex-secretário Valdeci Rodrigues (PR) e o ex-reitor da Unemat, professor Adriano Silva (DEM). Outros nomes, como do secretário de Meio Ambiente e Turismo, Junior Trindade, vereador Claudio Henrique, ex-vereador, Marcinho Lacerda, o empresário Claudio Oliveira e os médicos Odenilson e Sérgio, também são citados.

A sondagem, de acordo com o prefeito, é uma forma de “monitorar” o desempenho dos eventuais candidatos do seu grupo político à sucessão municipal. Ele reafirma que independente de quem quer que seja, irá apoiar quem estiver maior índice de aprovação junto à população.

Leia mais:   Hospital Regional de Sinop encerra semestre com alta produtividade e redução de custos

“Eu fiz um acordo com os eventuais candidatos do grupo. Não importa quem seja. Iremos apoiar quem tiver maior aprovação junto a população. E, para saber, somente através de pesquisa” justifica acrescentando que essa foi a terceira sondagem – sem valor cientifico – realizada a seu pedido, neste ano. Nas anteriores os nomes lembrados pela população, foram os mesmos. O que muda constantemente, segundo ele, é a colocação.

“Cada vez um nome se desponta. Mas, o da vice-prefeita, em todas as amostras aparece entre os três mais lembrados” diz revelando que, outro nome bastante citado, entre os eleitores, é do deputado federal doutor Leonardo (SD).

Porém, em contato com a reportagem, o parlamentar representante da região de Cáceres, na Câmara Federal descarta possível candidatura, afirmando que não irá concorrer no pleito municipal. “Fico feliz, afinal é a minha casa. Da vez passada lembraram o meu nome e agora de novo. Faço parte de um grupo que está em um momento de construção, tem vários nomes bons. Além disso,não é momento de decidir ainda”.

Leia mais:   Casos de febre hemorrágica na Bolívia deixa Cáceres em alerta

Além da vice-prefeita Eliene Liberato, o nome da vereadora Valdeníria Ferreira é o que mais tem crescido junto ao eleitorado, nos últimos tempos, em Cáceres. De cinco mandatos na Câmara Municipal, ela, inclusive, foi a mais votada para deputada estadual no município, no ano passado, quando obteve 9.440 votos. Embora, se manifeste contrário há algumas ações da administração, o prefeito assegura que irá apoiar quem tiver maior aprovação da população.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana