conecte-se conosco


Destaque

Eleições para reitor da Unemat ocorrem até no final de junho; cinco nomes estão colocados para a disputa

Publicado

Ariel Lopes Torres, vice-reitor, de Tangará da Serra; Anderson Amaral, pró-reitor de Extensão e Cultural, de Cáceres; Rodrigo Zanin, pró-reitor de Pesquisa e Pós Graduação, de Sinop; Vera Maquea, pró-reitora de Ensino e Graduação, de Cáceres e Celso Fanaia, pró-reitor de Assuntos Estudantis, de Cáceres. Um desses cinco nomes será o novo reitor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A eleição, de acordo com o estatuto da universidade, deve acontecer até o final do mês de junho.

A data exata para a eleição ainda não está definida. Contudo, não deverá ultrapassar o mês de julho, para não coincidir com o período eleitoral nacional. Um Conselho Universitário – Consuni, previsto para ser realizado, ainda neste mês, é que irá definir o processo.

A princípio, será formada uma Comissão Eleitoral, que irá elaborar um edital com as regras da eleição. O novo reitor irá substituir a reitora Ana Maria Di Renzo, a partir de 1 de janeiro de 2019. O mandato é de quatro anos, sem direito a reeleição. O novo mandatário da universidade irá administrar um orçamento geral de cerca de R$ 360 milhões, anuais, o equivalente a 2.5% da corrente líquida do Estado. Apesar da proximidade do pleito, os nomes colocados preferem não se manifestar publicamente.

Leia mais:   Campeão mato-grossense será conhecido no próximo domingo na Arena Pantanal

Na Unemat o voto é paritário, o que significa que cada segmento – docente, discente e técnicos administrativos -, representa um terço dos votos. O resultado da eleição será calculado sobre o número total de votos válidos em cada segmento.

Diante das constantes investidas, principalmente, de professores da região norte do Estado, em retirar a sede da reitoria de Cáceres e levar para Cuiabá. Inclusive, proposta nesse sentido, foi colocada em pauta no último Congresso Universitário realizado em novembro do ano passado, em Cuiabá, a perspectiva é de que haja um movimento de fora para dentro da universidade, no sentido de reforçar a candidatura de um nome local, com possibilidades reais, para concorrer e vencer e, consequentemente, inibir novas ações nesse sentido.

Fundada em 1978 como Instituto de Ensino Superior de Cáceres (IESC) a Unemat se tornou universidade em 1993. Sediada em Cáceres a Unemat é considerada uma das mais novas universidades estaduais do país. Além da sede, dispõe de 13 campus universitários; 23 núcleos pedagógicos e 24 polos de apoio ao ensino à distância. Possui 849 professores efetivos e 520 contratados, totalizando 1.369 docentes, dos quais 436 são doutores, 563 mestres e 370 graduados. São 634 profissionais técnicos e 22.593 estudantes.

Leia mais:   Vereadores se reúnem com Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para relatar necessidade do município

Conta com 189 cursos de graduação (regulares e modalidades diferenciadas), dos quais 60 regulares/oferta contínua; 24 parceladas (especifico para formação de professores em serviço); 10 turmas fora da sede, 84 UAB, 4 indígenas e 4 Parfor. 17 mestrados, 11 doutorados, 392 projetos de pesquisas e 203 projetos de extensão.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Destaque

RECONHECIMENTO – GEFRON-MT será homenageado na Câmara Federal

Publicado

As ações do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) somente no primeiro trimestre de 2019 resultaram em registros de 52 ocorrências com apreensão de mais de uma tonelada de drogas. Como reconhecimento pelo efetivo trabalho de combate ao crime na região de fronteira de Mato Grosso, o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade) apresentou à Câmara Federal requerimento para entrega de moção de aplauso ao grupo. A homenagem foi aprovada na terça-feira (16.04) pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

“A vulnerabilidade da fronteira oeste representa fator considerável nas estatísticas criminais de Mato Grosso e de vários outros estados da federação. Daí a importância da presença da segurança pública na região para coibir as atividades ilegais desenvolvidas. Além de cobrar mais investimentos do Governo e trabalhar para que o GEFRON tenha seu efetivo fortalecido, precisamos enaltecer o trabalho dos profissionais que estão ali para nos defender”, afirmou Dr. Leonardo.

O Grupo Especial de Fronteira foi criado no Estado de Mato Grosso em 2002, integrando o trabalho da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar. Sua missão é apoiar os órgãos federais responsáveis pela segurança na fronteira do Brasil com a Bolívia dentro do Estado de Mato Grosso, desencadeando na região, operações sistemáticas de prevenção e repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, roubo e furto de veículos e invasões de propriedades.

Leia mais:   Campeão mato-grossense será conhecido no próximo domingo na Arena Pantanal

A base operacional do Grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso e Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp (Secretaria de Estado de Segurança Pública), em Cuiabá.

Durante sua fala na Comissão de Segurança Pública, Dr. Leonardo relatou as últimas ações dos policiais. No final de semana, o GEFRON apreendeu 90 kg de substância análoga a pasta base de cocaína, às margens da Rodovia MT-473, em Pontes e Lacerda (450 km a Oeste de Cuiabá). Na semana passada, um Fuzil AM-15, 21 tabletes de cocaína, uma carabina e 48 munições calibre 5,56mm em 2 carregadores foram apreendido na região de Avião Caído, um dos postos do grupamento no município de Cáceres (a 234 km de Cuiabá).

SEGURANÇA – Nesta semana, outra ação envolvendo a segurança de fronteira foi aprovada por articulação do deputado Dr. Leonardo. A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara Federal irá promover uma Audiência Pública, nas próximas semanas, para tratar do tema “Segurança Pública na Zona de Fronteira do Brasil”. “O Estado brasileiro tem sido incompetente e omisso no controle, fiscalização e proteção de nossas fronteiras. Aliar presença do estado, investimentos em infraestrutura para promoção do desenvolvimento econômico e uso intensivo de tecnologia é a melhor forma de se garantir segurança nas áreas de fronteira”, defende o parlamentar.

Leia mais:   PM prendeu cerca de 400 foragidos da Justiça em MT

Jardel P. Arruda
Assessoria de Imprensa
Deputado Dr. Leonardo
(65) 99267 9309

Jean Campos

Assessoria de Imprensa
Deputado Dr. Leonardo
(61) 99967-1232
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Vereadores se reúnem com Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa para relatar necessidade do município

Publicado

Vereadores da Câmara Municipal de Cáceres se reuniram com representantes da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa do Mato Grosso (ALMT) na última segunda-feira (15), no auditório do Hospital Regional.

Participaram da reunião o vereador Elias Pereira (AVANTE), a vereadora Valdeníria Dutra (PSDB) e o vereador Jerônimo Gonçalves (PSB) – estes dois últimos representando a Comissão de Saúde da Câmara. “Informamos aos deputados que o hospital está prejudicado devido ao atraso de repasses financeiros. Também é preciso regulamentar o serviço de oncologia e realizar a montagem de alguns aparelhos”, relata Valdeníria.

A Comissão de Saúde da ALMT é composta pelos deputados Paulo Araújo (PP), Lúdio Cabral (PT) – presidente e vice-presidente, respectivamente –, Dr. Gimenez (PV), Dr. Eugênio (PSB) e Dr. João (MDB), que estão fazendo visitas técnicas a hospitais do estado para verificar as necessidades mais urgentes de cada unidade. Após Cáceres, a Comissão visitará o Hospital Municipal de Várzea Grande. Idas aos municípios de Sinop, Rondonópolis, Sorriso e Água Boa também estão previstas.

Leia mais:   RECONHECIMENTO - GEFRON-MT será homenageado na Câmara Federal

A Câmara Municipal de Cáceres agradece a visita dos deputados, que relatarão as necessidades do sistema de saúde da cidade ao Governo do Estado.

Felipe Deliberaes/Assessoria de Imprensa
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana