Eleições 2018 – Em Cáceres 11 disputam a deputado estadual e 3 a deputado federal

256

Aconteceu o que se temia. O descompromisso com o município e a vaidade pessoal da maioria pode, novamente, deixar a maior cidade do Oeste do Estado, sem representação política, tanto na Assembleia Legislativa, quanto na Câmara Federal. Após as convenções dos partidos realizadas no domingo (5/8) em Cuiabá, concluiu-se pelo lançamento de 11 candidaturas a deputado estadual e, pelo menos, três a deputado estadual, por Cáceres.

O município que passou 20 anos sem representante na Assembleia Legislativa – de 1994 a 2014 -, elegeu nas últimas eleições, em 2016, o deputado estadual doutor Leonardo e de quebra o suplente Adriano Silva. Porém, neste ano, se não houver um grande trabalho de articulação política, poderá novamente, ser penalizado. O PSDB do governador Pedro Taques e do prefeito Francis Maris e o PSD do ex-vice-governador Carlos Fávaro, lançaram dois candidatos cada.

Nenhum dos lideres tucano deu conta de administrar a situação e fazer com que um dos pré-candidatos – os vereadores Claudio Henrique e Valdeníria Dutra Ferreira -, se recuasse. A decisão pelo lançamento da candidatura a deputado estadual do médico Eduardo Marques aconteceu na manhã de segunda-feira. Até no domingo ele era pré-candidato a deputado federal Com isso, o PSD passa a contar também com duas candidaturas.

Claudio Henrique se vale do argumento – endossado tanto pelo prefeito Francis Maris quanto pela vice-prefeita e presidente do diretório municipal, Eliene Liberato Dias de que lançou sua pré-candidatura, no momento em que ninguém, se manifestou. Enquanto que a vereadora Valdeníria Ferreira, se justifica afirmando que ela tem o direito por ser mulher e que, além disso, não teria sido consultada sobre sua pretensão.

Embora o registro das candidaturas ocorra até no dia 15 de agosto, para deputado estadual estão confirmadas as candidaturas dos vereadores Claudio Henrique Donatoni e Valdeníria Dutra Ferreira, ambos PSDB, Césare Pastorello (SD), Dênis Maciel (Avante) e Valter Zakarquim (PTB). Além do médico Sérgio Arruda (PSD) e Eduardo Marques (PSD) do ex-prefeito, Túlio Fontes (PV), o advogado Sebastião Moraes, o Moraeszinho (PP), o fisioterapeuta Xinxarra (PPS) e do engenheiro Celso Silva (MDB).

Para Câmara Federal o número de candidatos em Cáceres também é considerado excessivo. Com cerca de 61.684 eleitores, o município conta com o registro de pelo menos, três candidaturas: a do deputado doutor Leonardo (SD), do professor Adriano Silva (DEM) e do vereador José Eduardo Torres (PSC). Além dos candidatos de Cáceres também foi registrada candidatura do ex-prefeito de Glória D`Oeste Milton Borgato (PSD).

Francis e Eliene afirmam que compromisso é com Cláudio Henrique

O prefeito Francis Maris Cruz e a vice-prefeita e presidente do diretório municipal do PSDB, Eliene Liberato Dias afirmam que não têm compromisso com a candidatura à deputado estadual da vereadora Valdeníria Ferreira. Francis explica que, o vereador Claudio Henrique, colocou o nome à disposição do partido, desde o primeiro momento, quando ninguém se mostrou interesse.

“Ele se colocou a disposição quando ninguém queria. Temos que honrar esse compromisso” justificou Francis. No entendimento do prefeito, a vereadora teria sido usada para “fazer voto de legenda para outros candidatos”

Por sua vez Eliene Liberato afirma que “como presidente do partido fizemos de tudo para resolver a questão. Mas quem dá a decisão final é o diretório estadual, nas convenções. E, foi mantida a candidatura da vereadora. Essa situação foi provocada lá de cima” diz acrescentando que ela própria foi convidada para ser a candidata, porém, não aceitou, para ajudar o município.

Maioria dos candidatos a estadual apoiam Taques

Dos 11 candidatos a deputado estadual, a maioria apoia a candidatura a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB). Entre eles: os vereadores Claudio Henrique Donatoni, Valdeníria Dutra Ferreira, ambos do PSDB, Cesare Pastorello (SD) e Dênis Maciel (Avante), além do fisioterapeuta Xinxarra (PPS).

Apoiam o candidato do DEM, o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, o médico Sérgio Arruda e Eduardo Marques, ambos PSDB, e o engenheiro Celso Silva (MDB). O ex-prefeito Túlio Fontes (PV), Moraeszinho (PP) e o vereador Valter Zacarkin (PTB) estarão na chapa do senador Wellington Fagundes (PR).

Editoria – Sinézio Alcântara

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here