conecte-se conosco


Mato Grosso

Diretora regional da Acrimat concorre a prêmio nacional

Publicado

Busco fazer mais dentro das possibilidades que o meio ambiente nos dá, e eu sinto que faço parte da população que está preocupada com o futuro”, diz a produtora indicada na categoria Grande Propriedade.

A diretora regional da Associação dos Criadores de Gado de Mato Grosso (Acrimat), Maria Ester Tiziani Fava, é uma das indicadas este ano ao Prêmio Mulheres do Agro, que valoriza práticas de gestão inovadora de produtoras rurais e pecuaristas brasileiras. A iniciativa foi idealizada pela multinacional alemã Bayer em 2018, em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG).

Maria Ester, conhecida como Teia, concorre na categoria Gestão Inovadora em Grande Propriedade, que reconhece inovações para boas práticas agrícolas focadas na gestão de recurso hídrico, uso correto de defensivo agrícolas e conservação do meio ambiente (seu caso), respeitando os pilares da sustentabilidade – econômico, social e ambiental. As três melhores em pequenas, médias e grandes propriedades são premiadas.

“A edição deste ano do Congresso está incrível, a variedade de temas é enorme. Este ano fui indicado ao prêmio Mulheres do Agro, o que me honrou muito, pois credita à minha história algo de significativo, dentro de um universo de quase 250 outras histórias de mulheres do agro; eu já me sinto vitoriosa por estar entre as três finalistas”, diz Maria Ester Fava.

Leia mais:   Procon-MT esclarece sobre cuidados na compra de medicamentos

Pecuarista, Teia acredita que foi indicada por levar à risca a questão da sustentabilidade em suas terras. “Estou realizando um trabalho, há três anos, focado na sustentabilidade do meu negócio; eu intensifico as minhas áreas degradadas, ao invés de projetar e abrir novas áreas, não que eu não vá faze-lo quando as licenças saírem, mas fomos em busca de formas de aproveitar as que já foram abertas”.

A produtora rural contou com apoio de uma organização não governamental, que a auxiliou com questões de natureza ambiental, fornecendo estrutura técnica para que fosse possível executar o trabalho. “Foi uma junção de valores que resultou no que eu penso que foi um sucesso, fazer mais dentro das possibilidades que o meio ambiente nos dá, e eu sinto que faço parte da população que está preocupada com o futuro”.

Prêmio

O objetivo do prêmio é reconhecer a contribuição da mulher nas atividades agropecuárias e apoiá-las na luta em prol da igualdade de gêneros, explica a assessoria do evento. A premiação se consolida como vitrine brasileira de cases de sucesso de mulheres à frente de empreendimentos agropecuários, tornando-as protagonistas de suas histórias.

Leia mais:   MT cria 21 mil postos de trabalho em meio a pandemia; cidades grandes têm saldo negativo

De acordo com a direção do Congresso, esse protagonismo acaba por gerar investimento e incentivo de empresas do setor, que visualizam na força feminina uma oportunidade de crescimento.

“Nas últimas décadas, as mulheres avançaram em todos os setores do agronegócio, inclusive na pecuária. Ainda somos minoria, mas a cada ano aumenta o número de mulheres que enfrentam o desafio de atuar no setor e este recorde de público neste 4º Congresso Nacional de Mulheres do Agronegócio, é prova disso! As mulheres estão ocupando os espaços antes ocupado exclusivamente por homens e querem estar capacitadas e aptas a apresentar os melhores resultados”, destaca a médica veterinária Daniella Bueno, diretora executiva da Acrimat, que no evento representou o presidente da entidade, Marco Túlio Duarte Soares.

Rodrigo Maciel Meloni – Ascom/Acrimat

Comentários Facebook

Destaque

Governo de Mato Grosso recebe doação de 100 mil testes rápidos da JBS

Publicado

Entrega foi realizada por meio do programa “Fazer o Bem Faz Bem” e auxiliará o funcionamento do Centro de Triagem da Covid-19

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), recebeu 100 mil testes rápidos nesta segunda-feira (13.07). A doação foi realizada pela empresa JBS, por meio do programa “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”, e auxiliará o funcionamento do Centro de Triagem da Covid-19, na Arena Pantanal.

Além de subsidiar a atuação dos profissionais da Saúde, a doação promoverá benefícios às pessoas que estão com sintomas leves do coronavírus e poderão ser testadas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Essa doação é extremamente relevante neste momento. A iniciativa privada pode nos auxiliar neste contexto de pandemia, em que equipamentos e insumos estão cada vez mais escassos. É com muita gratidão que recebemos esses 100 mil testes, que vão subsidiar o trabalho do Governo do Estado e, consequentemente, beneficiar a população mato-grossense”, disse o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Leia mais:   Salário de junho dos servidores estaduais será pago nesta sexta-feira

De acordo com a assessoria da JBS, a empresa está doando R$ 26,7 milhões em itens de Proteção Individual e equipamentos para Mato Grosso. Do total, cerca de R$ 10 milhões são para o Estado e R$ 16,7 milhões para 18 municípios, beneficiando cerca de 1,5 milhão de pessoas.

No dia 06 de julho, a empresa também doou dez respiradores para a gestão estadual. Os equipamentos estão sendo usados no enfrentamento à Covid-19 e tratamento intensivo de pacientes com o quadro grave da doença.

“A JBS estruturou um programa dedicado a apoiar o país no enfrentamento a essa pandemia. Essa nova doação que chega vem em um momento oportuno. Quando tudo isso passar, também teremos deixado um legado importante para o Sistema de Saúde”, conclui Marcelo Grapiglia, gerente industrial da unidade da JBS Biodiesel em Campo Verde (MT), município próximo a Cuiabá.

Ana Lazarini | SES-MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Deputado Dr. Leonardo anuncia mais R$ 6,35 milhões para Cáceres

Publicado

Assessoria

O médico e deputado federal Dr. Leonardo anuncia nesta segunda-feira (13) a liberação de mais R$ 6.513.928,98 (seis milhões, quinhentos mil e novecentos e vinte e oito reais e noventa e oito centavos) pelo Governo Federal para a região de Cárceres (MT). Trata-se da segunda parcela de recurso destinado ao município por força da aprovação da Lei Complementar 173/2020, aprovada no Congresso Nacional, com voto favorável do parlamentar, que tem empenhado em direcionar recursos ao combate da pandemia de coronavírus em Mato Grosso.

Em junho, Cáceres já tinha recebido a primeira parcela, também no valor de R$ 6,5 milhões, totalizando R$ 13 mi até agora. As duas próximas remessa de recurso referente a Lei Complementar 173/2020 serão realizadas dia 12 de agosto e 1 de setembro. “A maior parte deste recurso é de uso livre por parte da administração pública, para recompor perdas na arrecadação do Município; mas esperamos ver maior parte aplicada na saúde, devido a urgência do momento”, afirmou Dr Leonardo. “Com essa verba é possível alugar equipamentos para manter leitos de unidades de terapia intensiva (UTI), por exemplo”, recomenda o deputado.

Além dos recursos referentes ao auxílio emergencial, criados com a aprovação da LC 173/20, a Princesinha do Paraguai recebeu ainda R$ 517.769,33 do Fundo Nacional de Saúde exclusivos para combate a Covid-19 e R$ 1.239.538,75 de apoio ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O município de Cáceres, que é principal referência em saúde da Região Sudoeste/Oeste de Mato Grosso, já sofre com a falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atender pacientes em estado grave de Covid-19, a doença causada pelo coronavírus.

Único parlamentar federal da região, Dr. Leonardo tem trabalhado continuamente para buscar recursos federais para o combate do coronavírus, através da aprovação de leis e indicando as unidades da saúde para receber verbas. “Estamos fazendo a nossa parte, não apenas em busca de recursos junto ao Governo Federal, como de soluções alternativas que temos apresentado ao Governador”, completa o parlamentar.

Comentários Facebook
Leia mais:   Policiais Militares atuam na sanitização das unidades da PM no combate ao coronavírus
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana