conecte-se conosco


Política

Deputado homenageia cidadãos que contribuíram com Mato Grosso

Publicado

Vereadores da região oeste, representantes das forças de segurança e os deputados Dr. Eugênio e Faissal estão entre os homenageados

Foto: MARIO ALBERTO GALVÃO OKAMURA

Cerca de 150 pessoas e instituições que contribuíram com o desenvolvimento do estado de Mato Grosso foram homenageadas com títulos de cidadão mato-grossense, moção de aplauso e congratulação. A entrega foi feita na noite de sexta-feira (06), pelo deputado estadual Dr. Gimenez (PV), em sessão solene no Plenário da Assembleia Legislativa.

Conforme o parlamentar, todos os escolhidos tiveram trabalhos comprovados e passaram pelo crivo Casa de Leis. Grande parte deles é de municípios da região oeste, como Cáceres, São José dos Quatro Marcos, Mirassol D’Oeste, Araputanga e Pontes e Lacerda. Também foram agraciados os deputados Faissal Calil (PV) e Dr. Eugênio (PSB).

“Neste primeiro ano de mandato, reforço o meu compromisso com a região oeste, que nos últimos anos vem sobrevivendo com dificuldade a um declínio socioeconômico, por isso fizemos questão de homenagear aqueles que realmente vêm desempenhando um papel decisivo para o fortalecimento da região”, pontuou Dr. Gimenez. 

Uma das figuras mais conhecidas de Quatro Marcos veio a Cuiabá para receber o título de cidadã mato-grossense, a tabeliã Maria Celi de Lima Ferreira, que dos 47 anos em que reside no município, 40 foram dedicados ao cartório que atende todas as áreas, exceto o registro de imóveis.

“São mais 300 atos, em 1.600 livros, que estão sendo digitalizados. Tudo que acontece na cidade passa pelo nosso cartório: nascimento, compra e venda de casa, casamento, divórcio e inventário. É uma vida toda de dedicação e não pretendo me aposentar, enquanto estiver falando e assinando vou continuar trabalhando”, emocionou-se Maria Celi. Maria Celi Ferreira é tabeliã em São José dos Quatro Marcos há 40 anos e se emocionou com o título de cidadã mato-grossense

Foto: MARIO ALBERTO GALVÃO OKAMURA

O ex-prefeito de Figueirópolis por dois mandatos (2005 a 2012) e ex-presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Layr Mota da Silva, disse estar muito satisfeito com o título, pois acompanha a carreira do deputado Dr. Gimenez, que foi médico do filho dele, hoje com 27 anos. “Nossa região precisava dessa representatividade”.

Leia mais:   Projeto de lei prevê a criação de rede de apoio a pessoas com esquizofrenia

Como representantes das forças de segurança do Estado, estiveram na cerimônia o diretor-geral da Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Rubens Sadao Okada, e o delegado geral da Polícia Civil de Mato Grosso, Mário Demerval Resende, que receberam títulos em reconhecimento, principalmente, ao trabalho desenvolvido na região de fronteira.

“É sempre uma honra ser reconhecido pelo serviço prestado ao cidadão, no caso da Politec, emitimos neste ano mais de 260 mil identidades e 60 mil laudos periciais, nossos profissionais estão trabalhando dia e noite, 24 horas, para levar os serviços. Na região da fronteira, esse trabalho é ainda mais árduo e difícil”. 

Para o presidente da Câmara Municipal de Pontes e Lacerda, Maxsuel Guimarães, que é vereador de primeiro mandato, mas atua como empresário da área de comunicação há mais de 30 anos na região, a homenagem é importante porque serve como estímulo para continuar trabalhando em prol das melhorias necessárias. “Embora nossa maior demanda seja na segurança pública, temos carência em todas as áreas, em especial na saúde”. O policial militar Aldeir Torquato, de 70 anos, dos quais 30 de serviços prestados à sociedade, disse que esta foi sua primeira homenagem

Foto: Helder Faria

Diretor administrativo do Hospital Regional de Cáceres, Onair Nogueira, que possui mais de 20 anos de experiência em gestão hospitalar, disse que é muito importante ter o apoio e o respaldo da Assembleia para a continuidade dos trabalhos na saúde. “É um desafio muito grande compatibilizar todos os interesses e fazer um bom atendimento, fico lisonjeado da lembrança que me estimula a trabalhar cada vez mais pela população”. 

O sargento aposentado Aldeir Torquato, de 70 anos, estava emocionado, disse que este foi o primeiro título que recebeu em 30 anos de serviços prestados como policial, atuando em cidades como Lambari D´Oeste, Rio Branco, Reserva do Cabaçal, Porto Esperidião, Cáceres, Araputanga, Mirassol D´Oeste e São José dos Quatro Marcos. 

Leia mais:   Deputados derrubam veto do governo e lei orgânica do Tribunal de Contas é alterada

“Minha família veio do Espírito Santo para Mato Grosso em busca melhores condições de vida e acabamos construindo uma nova vida nesta terra abençoada, onde me casei, tive filhos e servi à população com muito orgulho do meu ofício de policial”. Ele exerceu a função de soldado, cabo e 3° sargento.

Entre as instituições agraciadas com a moção de congratulação esteve o MT Mamma pelos 10 anos de serviços prestados pela saúde das mulheres de Mato Grosso. A diretora-presidente, Cleuza Dias, avaliou a instalação da Frente Parlamentar da Saúde da Mulher no mês de outubro deste ano, pelo deputado Dr. Gimenez, como muito positiva.  O diretor-geral da Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Rubens Sadao Okada, disse que a instituição tem um corpo técnico de excelência, prestando serviços 24 horas

Foto: Helder Faria

“Para nós, a homenagem é um estímulo, mas ter esse espaço criado pela Assembleia para trazer demandas e debater melhoria na saúde pública voltada para o público feminino é um alento, um avanço, deixo o agradecimento de toda a equipe de voluntários”. 

A moções de aplausos levaram reconhecimento pelos salvamentos realizados por bombeiros e policiais militares, bem como valorizou o trabalho comunitário feito por vereadores da região oeste, além de palestrantes e organizadores de eventos do parlamentar na capital e no interior, entre eles, o “Vem pro Enem” e as audiências públicas sobre depressão, segurança na faixa de fronteira e agricultura familiar. 

“Nossa equipe mobilizou muitos parceiros para que as ações fossem realizadas com sucesso, por isso fiz questão de agradecer a cada um deles a partir da moção de aplauso pela valorização do bem público e contribuição com a sociedade”, finalizou o deputado estadual que entregou 104 moções de aplauso, 10 moções de congratulação e 33 títulos de cidadão mato-grossense.  Sessão solene reuniu pessoas da capital e do interior na sexta-feira (06) para a entrega de títulos no plenário da Assembleia

Foto: Helder Faria

Comentários Facebook

Destaque

Reck Júnior diz que pretende conversar com Francis sobre a retomada das atividades do porto

Publicado

A parte da estrutura física do porto deverá estar concluída em 90 dias o que deve demorar um pouco mais são as questões burocráticas relacionadas às portarias e licenças ambientais para que o complexo portuário tenha o recomeço das operações. A afirmação é do presidente da Associação Pró – Hidrovia do Rio Paraguai, Vanderlei Reck Júnior. Citado de não possuir expertise para a atividade pelo prefeito Francis Maris Cruz, Reck diz que Francis é uma “boa pessoa” e que pretende conversar com ele sobre projeto.

“Desde o embargo jurídico da hidrovia do Rio Paraguai, em 2004, estamos trabalhando. Houve um período em 2014 que paralisaram as dragagens e articulamos para que fossem retomadas. O nosso trabalho não é político. Não ficamos noticiando tudo o que fazemos” disse. Francis afirmar que desde que o presidente da APH, assinou o Acordo de Cooperação nº 001/2016, no dia 25 de outubro de 2016, junto ao governo do Estado, nada, aparentemente, teria sido feito no terminal.

A retomada da navegação comercial pela hidrovia Paraguai-Paraná foi prometida pelo governador Mauro Mendes no final do ano passado.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, em que aparece ao lado do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat) Adriano Silva, Mendes disse que “fechamos um planejamento de trabalho com a associação dos produtores e, no máximo em seis meses, queremos o porto de Cáceres funcionando”, disse acrescentando que “temos um compromisso formado e vamos cobrar muito. Eu tenho plena convicção de que em 2020 estará funcionando a navegação no rio Paraguai”.

Leia mais:   Professores e demais servidores de Cáceres terão salários reajustados

Em contato com a reportagem do Jornal Expressão, Reck Júnior afirmou que a APH dispõe de recursos necessários para fazer o projeto caminhar. “100% dos investimentos aportados na recuperação do porto para a retomada das atividades serão aportados pela APH” diz informando que a previsão é de que serão absorvidos recursos na ordem de R$ 1,5 milhões nas obras físicas do terminal. E, que a APH dispõe de capacidade técnica e administrativa para execução do projeto.

Reck Júnior se diz “impressionado” com o número de empresas que tem procurado a direção da APH no sentido de ajudar no projeto. Salientou que já realizou várias contratações, outras empresas estão fazendo orçamento e acredita que o porto retome as atividades, no período de seis meses, conforme a previsão do governador.

Enfatizou que pretende conversar com o prefeito Francis para que possam entender melhor o projeto. “Até onde sei o Francis e uma pessoa boa. Devo fazer uma visita à ele nos próximos dias. Temos que conversar para entender o projeto. Cáceres é uma cidade abençoada por ter essa hidrovia. Esse projeto irá beneficiar não apenas a cidade e a região, mas todo Estado. Temos que estar de mãos dadas nesse grande empreendimento da região”.

Leia mais:   Três CPIs estão instaladas e em andamento na Assembleia Legislativa

Novo acordo

A assinatura do novo Acordo de Cooperação entre a APH e o governo do Estado, através da Metamat, para a retomada das atividades do Porto Fluvial de Cáceres, ocorreu na terça-feira (14.01).  “É uma vontade antiga de todos que trabalham na região, que se possa voltar a usar o transporte aquaviário para escoamento da produção. Esta cooperação garante que cada etapa do cronograma seja cumprida com apoio e fiscalização do governo”, afirma o presidente da Metamat, Juliano Jorge Boraczynski.

Reck Junior assinalou que porto está há praticamente 10 anos sem funcionamento, já que desde 2009 o fluxo diminuiu drasticamente, até a paralização completa, em 2012. E reiterou a importância do escoamento da produção, e da possibilidade de facilitar a exportação, e a importação, para os produtores da região. “Estamos bastante confiantes nesse novo momento. Por parte da Associação, não estamos medindo esforços para colocar o porto em operação dentro dos seis meses”, afirma.

O porto

O Porto Fluvial de Cáceres é delegado pela União para a administração pela Metamat desde 1998. Por meio da hidrovia Paraguai-Paraná, o porto beneficiará municípios das regiões oeste e sudoeste do estado. Dos 3.442 quilômetros da rota aquaviária, 890 quilômetros ficam dentro do Brasil, passando por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A hidrovia passa ainda pela Bolívia, Paraguai, e Argentina.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Adriano será candidato do Democratas à sucessão em Cáceres, diz Fábio Garcia

Publicado

Dois nomes já estão definidos como pré-candidatos à sucessão do prefeito Francis Maris Cruz (PSDB) em Cáceres: o da vice-prefeita Eliene Liberato Dias (PTB) e do professor Adriano Silva (DEM). A pré-candidatura da vice-prefeita Eliene Dias já é conhecida desde o ano passado. A de Adriano Silva foi confirmada, com exclusividade, ao Jornal Expressão, pelo presidente do diretório estadual do Democratas, deputado Fábio Garcia.

Presidente da legenda, Garcia entrou em contato com a redação do Jornal Expressão para “esclarecer” a informação da matéria veiculada, na edição do último domingo, intitulada: “Nome do candidato do grupo do governador à sucessão em Cáceres deverá sair de pesquisa”.

“Em realidade, na última reunião da executiva do partido, realizada no mês de dezembro, definimos alguns projetos prioritários para o Democratas para este ano. Dentre eles, está o das eleições municipais em Cáceres, onde teremos candidatura própria e seremos representados no pleito pelo ex-deputado Adriano Silva” diz Garcia acrescentando que “esta é uma decisão já tomada pelo partido. E, portanto, o Adriano tem todo apoio e respaldo na construção desse projeto”.

Leia mais:   Projeto exige código de rastreabilidade para produção de ovos em MT

A confirmação de Adriano Silva, como pré-candidato do DEM do governador Mauro Mendes, contraria as informações de que o candidato do grupo sairia de uma pesquisa de opinião pública e joga um balde de água fria, na intenção dos demais partidos, principalmente, PV e PMDB que alimentam a possibilidade do lançamento das pré-candidaturas do ex-prefeito Túlio Fontes e do ex-vereador Marcinho Lacerda, respectivamente, a sucessão municipal.

A decisão deve atingir, principalmente, o ex-prefeito Túlio Fontes, ligado a família Campos – Júlio e Jayme Campos-.  Fontes era muito confiante no lançamento de sua pré-candidatura pela aproximação com os Campos Além disso, a confirmação do nome do presidente da Fapemat, como pré-candidato do DEM à sucessão municipal, pode proporcionar um “racha” no grupo e beneficiar diretamente, a pré-candidata do PTB, Eliene Liberato Dias.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana