conecte-se conosco


Cáceres e Região

Depois de 29 dias do anúncio do governador, abertura dos 10 leitos de UTI-Covid no Hospital São Luiz não saiu do papel

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressão Noticias

     Apesar do crescente número de casos de contaminação e óbitos por coronavirus, em Cáceres, o anúncio da abertura de 10 novos leitos de UTI-Covid, pelo governador Mauro Mendes e a direção do Hospital São Luiz, no dia 10 de março, há 29 dias, ainda não saiu do papel.

     A iniciativa, até agora frustrada, visava aumentar a assistência médica aos novos casos de covid-19, diante dos avanços da doença e aumento do número de óbitos no Estado e em todo país. Os leitos, conforme o anuncio, seria inaugurados “nos próximos dia”.

     Na ocasião, a direção do HSL disse que a unidade já havia iniciado a contratação de novos profissionais. Explicou, que os casos de covid seriam atendidos em ala específica, distante de pacientes com outras enfermidades, sem comprometer os demais atendimentos como cirurgias eletivas e exames.

     Ressaltou que a inauguração dos leitos faria parte do empenho e nova pactualização entre o Governo do Estado de Mato Grosso, Prefeitura de Cáceres, Cisomt (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Mato Grosso) e Pró-Saúde, gestora do HSL, para o atendimento de pacientes do SUS.

Leia mais:   Grupo Juba começa distribuir nesta sexta-feira três toneladas de carne para famílias e instituições

    Cobrada, no final do mês, a empresa gestora do hospital, informou através de sua assessoria de que havia adquirido insumos e medicamentos para aberta dos novos leitos e aguardava para os próximos dias a entrega.

    Informou ainda, por meio da Nota, que “devido à alta demanda nacional pelos produtos, incluindo sedativos e anestésicos, os atrasos na distribuição têm afetado toda a rede hospitalar no país”.

    Hoje, a gestora já não confirma que tenha adquirido os insumos. Em Nota encaminhada ao site Expressão Notícias, disse que segue trabalhando pela ampliação de leitos da UTI. E, que, apesar de habilitada “a unidade só recebe recursos para custeio de leitos após a realização dos atendimentos”.

    Em outras palavras disse que não existe insumos porque não dispõe de recursos, levando em conta que só recebe depois da realização dos atendimentos. Ou seja: como não realizou não recebeu e não tem leitos.

Veja a íntegra da Nota  

Leia mais:   Governador propõe isenção de IPVA a motos populares, motoristas de aplicativos e frota de setores atingidos pela pandemia

       O Hospital São Luiz esclarece que, em consonância com o cenário nacional de escassez de insumos, profissionais qualificados e recursos financeiros, decorrente do aumento significativo de casos da Covid-19 em todo o país, segue trabalhando pela ampliação do número e leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

      Vale ressaltar que, apesar de habilitados junto ao governo do Estado, a unidade só recebe recursos para custeio de leitos após a realização dos atendimentos. O HSL já possui 10 leitos ativos de UTI e os insumos adquiridos estão sendo utilizados para garantir a operação com a segurança assistencial necessária

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Governo do Estado libera consumo de bebidas em bares, restaurantes e lanchonetes

Publicado

Por Lucas Rodrigues/Secom

O Governo de Mato Grosso atualizou as medidas restritivas contra o avanço da covid-19 no estado. As novas regras foram assinadas nesta sexta-feira (16.04) pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho, e passam a valer imediatamente.

Entre as principais mudanças, está o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, que passa a ser das 5h às 22h, de segunda a sábado. Anteriormente, era permitido das 5h às 20h.

Nos domingos, fica mantido o horário de 5h às 12h, com exceção dos restaurantes, inclusive os de shopping centers, que poderão funcionar até 15h.

Outra alteração é em relação ao funcionamento de restaurantes e similares nas modalidades take-away (pegue e leve) e drive-thru, que poderá funcionar até 22h45. A regra anterior permitia até 20h45. Os serviços de delivery continuam autorizados a funcionar até 23h59.

Já o toque de recolher passa a valer a partir das 23h, e não mais após às 21h. Também passa a ser permitido o consumo de bebidas alcoólicas nos locais de venda, desde que restrito aos clientes sentados à mesa e respeitados os limites de capacidade e horário.

Leia mais:   Prefeitura realiza melhorias nas estradas da zona rural

Todas essas medidas terão que ser aplicadas em todo o estado, mesmo se a classificação de risco do município indicar normas mais brandas. As restrições terão validade enquanto a taxa estadual de ocupação de UTIs for superior a 85%.

Já as demais restrições serão recomendadas aos municípios com base na tabela de classificação de risco, em sintonia com as normas gerais.

As forças de Segurança irão atuar de forma a impedir qualquer tipo de aglomeração em todas as regiões.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Em Cáceres interinos assumem Agricultura, Educação e Saúde

Publicado

Assessoria

A prefeita Eliene Liberato Dias e o vice-prefeito Dr. Odenílson, deram posse a três novos secretários no final da tarde de sexta feira, (16), no Gabinete da Prefeitura Municipal de Cáceres. Na Pasta da Educação, em substituição a Laurenir Ramos Cebalho Ribeiro, assumiu Liamara Rodrigues da Silva.

A nova secretária é professora efetiva da Rede Municipal de Ensino, atuou como diretora na Escola Municipal de Educação Infantil “Madre Maria Estevão”, no período de 2017 a 2019, onde estava lotada. Por 30 dias, a contar de 14/04, estará em substituição à Laurenir, que se encontra de férias.

Na Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico, em substituição a Corgésio Albuquerque, tomou posse Vilson Sato. Pecuarista e Assessor Parlamentar do Deputado Dr. Leonardo Albuquerque. A Enfermeira Elis Fernanda de Melo Silva, assume a Secretaria de Saúde interinamente, na vaga deixada pelo Dr. Sérgio Arruda. Elis é graduada em Enfermagem, com Pós Gestão Pública.

A prefeita disse que trocas são necessárias, agradeceu a colaboração dos antigos gestores das pastas e desejou um bom trabalho aos novos empossados.

Leia mais:   PANDEMIA EM ALTA - MT tem 92 mortes e mais de 2,5 mil casos em 24 horas

“Ao cumprimentá-los e desejar as boas vindas, gostaríamos de dizer que foram escolhidos pela gestão, em função do excelente trabalho desenvolvidos no decorrer de suas vidas profissionais. Muitas vezes a oportunidade é dada apenas uma vez, e temos que nos esforçar ao máximo para segurá-la. Depositamos toda nossa confiança em vocês, que estarão ocupando talvez a três pastas mais importantes da nossa administração. Teremos sim muitos embates, porém com a união de todos, superaremos os obstáculos que aparecerem. Desejamos muito equilíbrio, garra, determinação, além da busca constante por resultados e alcance de metas. Por último, solicitamos que sempre considerem o lado humano em suas ações, além da honestidade e transparência com a coisa pública”, finalizou.

O vice prefeito Dr. Odenílson, que desejou boas vindas aos novos empossados, reforçou o fato de terem sido escolhidos, e destacou que deveriam se sentir orgulhosos de pertencer a uma Gestão que tem como Plano de Metas, trabalhar para dar o melhor para o povo de Cáceres, que a escolheu para traçar os destinos do município nos próximos quatro anos.

Leia mais:   Gestora do Hospital São Luiz, Pró-Saúde tem contrato aditivado com Secretaria de Saúde no valor de mais de R$ 30 milhões

Os decretos de nomeação das Secretárias de Saúde e Educação, serão publicados no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso, na edição do dia 19/04/2021. O Decreto de Vilson Sato foi publicado no dia

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana