conecte-se conosco


Política

Delegado Claudinei solicita distribuição de EPIs para catadores de lixo

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Em sessão plenária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), na última quarta-feira (20), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) realizou a indicação de n.º1899/2020 para a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) sob a necessidade de viabilizar a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos catadores de lixo e garis que prestam serviço no estado do Mato Grosso.

Temos que reconhecer o trabalho destes profissionais que são responsáveis em manter as cidades em bom estado com a limpeza das ruas, praças, parques, dentre outras vias públicas, posiciona Claudinei. “Os profissionais ficam constantemente expostos por ser uma atividade insalubre. Eles trabalham em contato direto com materiais contaminantes, além de restos de garrafas, cacos de vidro em geral, lascas de madeira e diversos outros tipos de resíduos que podem prejudicar a sua saúde ou integridade física.  Sem contar que a situação se agravou diante desta pandemia de Covid-19”, acrescenta o parlamentar. 

Realidade

Leia mais:   Ulysses Moraes realiza fiscalização no hospital de Campo Novo do Parecis

Abner Marinho da Silva Junior, que atua na área financeira da empresa Central de Reciclagem, conta que diariamente mantém contato com os catadores de lixo. “O que a gente vê hoje, o grande percentual do material que recebemos são devido a parceria com órgãos públicos para recolhimento de resíduos e, também, nós compramos muitos plásticos, ferros e alumínios destes catadores, o dia todo”, comenta.

Em relação à solicitação do deputado Claudinei mostrar preocupação com essa categoria, Junior conta que tem momentos que não acredita que existem pessoas como ele – que se preocupam com estes profissionais. “Muito interessante essa iniciativa, porque às vezes, eu chego a passar luvas da empresa para os catadores. A luva que é uma coisa tão simples e faz muita diferença. Muitas vezes, os catadores não têm. Assim, eles podem cortar ou machucar a mão”, explica.

Ele conta que a média de valores que os catadores ganham é de R$ 25 a R$ 40 reais. Já aqueles que trabalham com moto, conseguem ganhar uns R$ 100 reais por dia. “Sem a moto não conseguem ir tão longe. O valor é muito pequeno para eles mesmo comprarem máscaras e álcool em gel”, salienta Junior.

Leia mais:   Eliene diz que não esperava que Francis lançasse outra candidatura.

Pandemia

"Os catadores trabalham para conseguir o seu sustento e não quer dizer que eles não têm medo de adquirir uma doença por deparar com a situação insalubre", explica Junior. Ele acrescenta que a pandemia veio intensificar a preocupação destes profissionais, pois muitos não estão protegidos. “Eles sabem que a pandemia não é brincadeira. Seria uma ideia fantástica distribuir estes EPIs para eles. Além de resguardá-los, nós também estaremos – já que mantemos contato com eles”, posiciona.

Na proposição, o Delegado Claudinei solicitou a distribuição de luvas e máscaras de proteção, álcool em gel, botinas de segurança, protetor auriculares – principalmente para aqueles que atuam em ruas muito movimentas e com poluição sonora – uniformes para facilitar a identificação do trabalhador.

Comentários Facebook

Política

Deputado solicita informações sobre como estão sendo tratados os PMs infectados por Covid-19

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) encaminhou o requerimento nº 209/2020 solicitando informações ao governador Mauro Mendes, com cópia ao secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ao comandante-geral da PM/MT, coronel Jonildo José de Assis, sobre a real situação dos policiais militares do estado face à pandemia causada pela Covid-19. O documento deve ser respondido por escrito no prazo de 30 (trinta) dias.

Considerando que uma das funções do Parlamento é fiscalizar a correta aplicação dos recursos públicos de Mato Grosso em obras, serviços e repasses, o parlamentar requereu as seguintes informações:

Dados e justificativa do governo, juntamente com o comando-geral da PMMT, da real situação dos policiais militares face à pandemia causada pela Covid-19, bem como a quantidade de policiais militares infectados; quantos policiais militares estão em isolamento; quantos policiais militares estão internados em estado grave;  quantos policiais militares fazem parte do grupos e risco, e qual deles estão nas ruas em serviço; quantos se recuperaram após a infecção e se houve óbitos".

“Solicitamos informações dos policiais que estão infectados com coronavirus, qual é assistência que está sendo prestados para esses profissionais, estamos recebendo muitas reclamações é preciso ficar atentos quem está na linha de frente, quem está cuidando da população”, enfatizou Elizeu.

Leia mais:   Eliene diz que não esperava que Francis lançasse outra candidatura.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Ulysses Moraes realiza fiscalização no hospital de Campo Novo do Parecis

Publicado

Foto: Fernanda Elisa Trindade / Assessoria de Gabinete

O deputado Ulysses Moraes realizou mais uma fiscalização, dessa vez no Centro Hospitalar Parecis, no município de Campo Novo do Parecis. A intenção é acompanhar como estão sendo aplicados os recursos nos municípios de Mato Grosso para o combate à Covid-19, bem como garantir melhorias e segurança aos profissionais da saúde.

A visita a unidade hospitalar ainda foi acompanhada pelo presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis, Antônio César Brolio, pelo prefeito da cidade, Rafael Machado e outros representantes do hospital. Vale ressaltar que o sindicato, em parceria com a Associação Abrace Essa Causa, com Elisangela Brolio na diretoria e outras entidades, doaram R$ 1,2 milhões ao Centro Hospitalar Parecis.

“Através desse recurso, da iniciativa privada, foi possível fazer semi Unidades de Terapias Intensivas (UTI) equipadas com respiradores para atender pacientes com coronavírus no município”, disse Moraes.

Vale destacar que após denúncias dos profissionais da saúde, o deputado está percorrendo os hospitais do Estado para investigar e garantir melhorias para estes trabalhadores. “Precisamos ficar de olhos abertos nas estruturas dos hospitais, nas instalações de equipamentos, bem com nas condições de trabalho dos profissionais da saúde de Mato Grosso. São milhões em recursos que estão vindo para o estado e municípios, por isso precisamos fiscalizar”, acrescentou o parlamentar.

Leia mais:   Deputado Claudinei cobra solução para a falta de refeições aos servidores plantonistas da PJC

Além disso, Ulysses Moraes está realizando fiscalizações em dispensas de licitações feitas por municípios com a justificativa do coronavírus. “Se você é profissional da saúde pode nos avisar tudo o que estiver acontecendo na Saúde da sua cidade. Estamos percorrendo todo o Estado e verificando como estão sendo aplicados os recursos ao combate do Covid-19”, garantiu o deputado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana