conecte-se conosco


Destaque

Danos elétricos: saiba como evitar e quando cabe ressarcimento

Publicado

A alta incidência de raios é uma das maiores causas da queima de aparelhos elétricos

A meteorologia indica que podem ocorrer chuvas intensas para este início de ano e com isso aumentam também as descargas atmosféricas, capazes de causar danos dentro da sua casa ou trabalho. Tudo porque o calor e a umidade do ar, em conjunto, contribuem para formação de nuvens de tempestades que estimulam a ocorrência desses fenômenos da natureza.

Previsão divulgada pelo Instituto de Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta que esta semana será chuvosa em todo o Mato Grosso. Já o ELAT divulgou previsão também de temporais, com atenção para a região do Araguaia e Cáceres.

“O período entre setembro a março, ou seja, da primavera até o final do verão, é tido como estação chuvosa no Brasil, com formação constante de nuvens do tipo Cumulonimbus – as mais perigosas e que geram raios”, conta a meteorologista do ELAT, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Ana Paula Santos.

Ela explica que o Brasil é campeão em descargas atmosféricas, por ser o maior país da zona tropical do planeta.  Algumas regiões de Mato Grosso apresentam destaque na incidência de raios no Brasil, como é o caso da região metropolitana de Cuiabá, com cerca de 17 descargas/km²/ano. A alta incidência de descargas está associada à fatores climáticos e geográficos – por estarmos em uma área central, onde o clima é mais quente e associado a umidade atmosférica vinda da floresta Amazônica, torna a região mais favorável à formação de tempestades e raios.

Leia mais:   Nome do candidato do grupo do governador à sucessão em Cáceres deverá sair de pesquisa

Evite danos elétricos com medidas simples

Importante que as instalações elétricas sejam dimensionadas nos padrões e normas brasileiras, principalmente com aterramento adequado. Essa medida garante a qualidade das instalações e a segurança das pessoas. Em caso de tempestades com raios deve-se, sempre que possível, retirar os aparelhos da tomada. Isso vale para eletrodomésticos de forma geral e equipamentos eletrônicos mais sensíveis, comenta o gerente do Departamento de Operação da Energisa, Fábio Lancelotti.

Caso o seu equipamento apresente defeito causado por oscilações na rede elétrica, vale saber em que momento é cabível a indenização do bem e como proceder. “Se a instabilidade na rede danificou o equipamento elétrico é importante seguir alguns protocolos no processo de ressarcimento junto à distribuidora de energia”, complementa o gerente.

Para abrir o chamado, o consumidor tem duas alternativas: entrar em contato com a distribuidora pelo telefone 0800 646 4196 ou, se preferir, ir diretamente até uma agência de atendimento da Energisa, em até 90 dias contatos a partir da ocorrência e protocolar o registro, informando o número da unidade consumidora, da data e horário aproximado do fato. Caso seja necessária a vistoria técnica, o solicitante deve estar presente para receber a equipe durante a visita previamente agendada.

Leia mais:   MT barra aposentadorias precoces e aumento automático a juízes inativos

Acompanhe Descargas Atmosféricas em tempo real

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, divulga em tempo real os locais maior incidência de descargas atmosféricas (http://www.inpe.br/webelat/homepage/). É importante estar atento a essas situações.

Comentários Facebook

Destaque

Governo federal anuncia aumento do piso dos professores

Publicado

Também foi anunciado o lançamento do Prêmio Nacional das Artes

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live (transmissão ao vivo) em rede social o aumento de 12,84% do piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Weintraub, o reajuste anunciado “é o maior aumento em reais desde 2009.”

Assista à live na íntegra:

O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano. O Ministério da Educação prepara proposta com novas regras.

Durante a live o presidente também anunciou, ao lado do secretário de Cultura Roberto Alvim, o lançamento do Prêmio Nacional das Artes que irá destinar mais de R$ 20 milhões para produção artística nas cinco grandes regiões brasileiras.

Leia mais:   MT barra aposentadorias precoces e aumento automático a juízes inativos

O prêmio terá sete categorias, eruditas e populares, e prevê a seleção de cinco óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 exposição de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e até 15 propostas de histórias em quadrinhos.

O edital será publicado na próxima semana no Diário Oficial da União e no site da Secretaria Especial da Cultura. O repasse de recursos entre as regiões será dividido de forma igual.

Durante a transmissão, o presidente também comentou a queda histórica dos juros básico da economia, Taxa Selic a 4,5% ao ano e a esperada redução da dívida pública com a baixa dos juros. O presidente salientou a redução dos custos de empréstimos da Caixa Econômica Federal e a diminuição de pessoas inadimplentes. Bolsonaro salientou que a queda de juros ocorre “sem canetada” e “sem interferência”, mas por causa do ambiente de recuperação econômica.

O presidente comemorou a prioridade anunciada pelo governo dos Estados Unidos para que o Brasil se torne membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e lembrou a edição de nova medida provisória que ajusta o salário mínimo dos atuais R$ 1.039 para R$ 1.045.

Leia mais:   Após mais de uma década, Governo retoma transplante de rins em Mato Grosso

Além do ministro da Educação e do secretário de Cultura, participou da transmissão o secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior.

Agência Brasil

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Governo realiza leilão de imóvel, avião e veículos apreendidos em ações de combate ao tráfico de drogas em MT

Publicado

Dentre os bens listados está uma aeronave, modelo Cessna T210N, Prefixo PT-LXE, com capacidade para cinco passageiros e lance inicial de R$ 30 mil

Noventa e dois bens, entre imóvel, veículos e aeronave, estão disponíveis para leilão eletrônico a partir desta quarta-feira (15). Todos os itens são originários de apreensões resultantes do combate ao tráfico de drogas no Estado e o recurso arrecadado será revertido para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad). Os interessados em dar lances podem acessar o link www.majudicial.com.br, que estará disponível até o dia 29 de janeiro.

O leilão é da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Secretaria Adjunta de Justiça (Saju). A regulamentação foi publicada no Diário Oficial do Estado que circulou na terça-feira (14). Os bens estão localizados em Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres.

Além da opção eletrônica, o leilão também terá a modalidade presencial, que será realizado no dia 29 de janeiro, no auditório de eventos do Roari Hotel, na Avenida General Vale, Bairro Bandeirantes, em Cuiabá.

Leia mais:   Site para restituição do Dpvat começa a funcionar

Dentre os bens listados está uma aeronave, modelo Cessna T210N, Prefixo PT-LXE, com capacidade para cinco passageiros e lance inicial de R$ 30 mil, um imóvel em Várzea Grande e motocicletas e carros de marcas nacionais e importadas.

A lista dos bens disponíveis, o valor do lance inicial e demais especificações está disponível no endereço eletrônico: https://www.iomat.mt.gov.br/portal/visualizacoes/html/15776/#e:15776.

g1.globo.com

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana