conecte-se conosco


Cáceres e Região

Danos ambientais: Vereadores requerem remoção dos resíduos recicláveis do aterro sanitário; Autarquia contesta

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

    Danos ambientais e sociais no aterro sanitário em Cáceres levam os vereadores a requerer da prefeitura, através da Autarquia Águas do Pantanal, a remoção dos resíduos recicláveis do local. O requerimento, assinado pela maioria dos vereadores, é de autoria da vereadora Mazéh Silva (PT), apresentado na sessão plenária de segunda-feira (25/10).

     Além de cessar os danos, a proposta da parlamentar visa proporcionar aos catadores das organizações, excluídos da chamada pública, alternativa para que eles possam fazer a coleta e separação, para dar destino adequado aos recicláveis, gerando emprego e renda aos profissionais do setor.

     Diretora da autarquia Maria Aparecida Nepomuceno dos Santos contesta as denúncias sobre danos ambientais e sociais decorrentes da má condução do aterro sanitário.

    Em Nota Técnica (no fim da reportagem) encaminhada ao site Expressão Notícias ela diz que as informações não têm nenhuma procedência e que o todo trabalho de reciclagem dos resíduos é feito de forma correta, através do serviço de coleta seletiva, realizado diariamente, no município.

    Diante da gravidade do problema, o requerimento da vereadora petista foi devidamente avalizado pelos demais integrantes do legislativo. Além da autora, assinaram o documento os vereadores Franco Valério, Cesare Pastorello, Marcos Ribeiro, Luiz Landim, Rubens Macedo, Manga Rosa, Pastor Júnior, Domingos dos Santos e Celso Silva.

    Os danos ambientais, de acordo com a Mazéh Silva, foram constatados em visita técnica realizada no local no dia 18.

    Acompanhada pela promotora do Meio Ambiente, Liane Amélia Chaves e do presidente da Cooperativa de Catadores de Reciclável Cidade Limpa, Aurino Castro, Mazéh disse que “a população está pagando uma fortuna na taxa de lixo quando na verdade, o tratamento não acontece. A autarquia precisa responder por isso. Estão de fato, enterrando dinheiro. Isso aqui, geraria renda aos catadores”.

    Presidente da cooperativa, por sua vez disse que iria solicitar da promotora do Meio Ambiente, uma forma de isentar a população da taxa de lixo. “Vou pedir a promotora a isenção da taxa de lixo. Porque pagar se eles pegam o lixo e jogam fora. A taxa é para dar um destino certo ao lixo. Estão fazendo exatamente o contrário. Tudo errado” disse Aurino.

            Em Nota Técnica a diretora da Autarquia Águas do Pantanal contesta as denúncias. Veja abaixo a integra da nota:

Leia mais:   Governador apresenta ações e cria grupo para acelerar desenvolvimento da região Oeste: "Precisamos ousar mais"

NOTA TÉCNICA Nº 002/2021-SSAAP – Cáceres/MT, 20 de Outubro de 2021.

 INTRODUÇÃO

O Serviço Autônomo de Água, Esgoto, Drenagem e Resíduo Sólidos do Município de Cáceres, do Estado de Mato Grosso, criado como entidade autárquica de direito público pela Lei nº 2.476, de 05 de maio de 2015, cuja nomenclatura foi alterada pela Lei nº 2.520, de 02 de fevereiro de 2016, passando a se denominar Serviço de Saneamento Ambiental Águas do Pantanal. A criação da autarquia municipal “Águas do Pantanal”, veio para identificá-la como responsável pelo fornecimento, manutenção e execução dos serviços de água, esgoto, drenagem e resíduo solido do município de Cáceres-MT.

 ASSUNTO

Está sendo veiculado nas redes sociais um vídeo intitulado: “DENÚNCIA: DANO AMBIENTAL E SOCIAL NO ATERRO SANITÁRIO DE CÁCERES/MT” e  enfatiza:  “…hoje aqui a gente denuncia a mentira da Autarquia e da gestão municipal sobre reciclagem”, dentre outras indagações.

REFERÊNCIA

Foi realizado recentemente um monitoramento com o intuito de levantar dados referentes à coleta seletiva no município, para certificar sobre a adesão do serviço junto à população que já é atendida com o serviço em questão.  O município tem a coleta seletiva presente em 19 bairros, correspondendo a 46% dos bairros, porém nem todos os moradores atendem ao chamamento para realizar a separação dos resíduos em sua casa, destinando corretamente os recicláveis à coleta seletiva.

A expansão da coleta seletiva para mais bairros da cidade, está prevista a acontecer, pois se encontra em andamento uma Chamada Pública – Edital nº 01/2021, cujo objeto visa o CREDENCIAMENTO COOPERATIVAS/ASSOCIAÇÕES DE CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS COM O OBJETIVO DE FIRMAR TERMO DE COLABORAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DE COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO MUNICÍPIO DE CÁCERES/MT, com planejamento para realizar no município de Cáceres, 3 tipos de coletas seletivas: a coleta seletiva porta a porta: nas residências, nos comércios e, principalmente  coleta seletiva nos contêineres dispostos em vários lugares de nossa cidade, sendo todas essas modalidades realizadas por Catadores de Materiais Recicláveis, vislumbrando a ascensão social e econômica desta classe de trabalhadores.

Com o credenciamento de mais Associações de Catadores de Materiais Recicláveis, será executado uma divulgação ainda mais ampla sobre  a coleta seletiva, através de Educação Ambiental porta a porta, nas escolas e instituições parceiras e, utilizando-se dos canais de informação, mídias sociais, para uma maior participação da população.

Leia mais:   Depois de medir 28 centímetros em outubro, Rio Paraguai em Cáceres registra um dos maiores volumes de água para o mês de novembro em 6 anos

 DOS FATOS

As declarações constantes no vídeo divulgado não se coadunam com a verdade, uma vez que todas as informações sobre a importância da separação dos resíduos estão constantemente sendo divulgados pela Autarquia através dos meios de comunicação.  Afirmar que a autarquia não realiza o seu papel corretamente, que direciona materiais recicláveis ao aterro sanitário e que por isso comete crime ambiental, é um tanto imprudente.

Isto por que, a coleta seletiva no município de Cáceres atende as residências e comércios em um percentual de 46% da população e todos resíduos coletados são destinados ao Centro de Triagem, onde ocorre a separação dos mesmos onde APENAS os rejeitos são destinados ao aterro sanitário, enquanto que os materiais recicláveis são comercializados como fonte de renda às famílias de Catadores/as de materiais recicláveis.

    Os materiais recicláveis que chegam de forma irregular ao aterro sanitário são provenientes de empreendimentos e munícipes que, por não ter o caminhão da coleta seletiva em sua porta ou comércio, descartam junto a coleta de resíduos sólidos, não possuem a consciência ambiental, a sensibilidade necessária, para proceder corretamente o descarte dos resíduos, pois mesmo sem o serviço em 100% dos bairros, todos aqueles que entram em contato com a Autarquia para que se recolha materiais recicláveis, a Cooperativa atende prontamente.

Sendo Cáceres um município com mais de 90.000 habitantes, destaca-se que há muitas frentes de atuação para a efetivação da coleta seletiva e que ações estruturantes e também ações de Educação Ambiental já estão acontecendo para obter cada vez mais a adesão da população.

A autarquia, só em 2021, já promoveu 03 mutirões de limpeza com a finalidade de orientação, que percorreu todos os bairros da cidade. Atualmente, acontece o mutirão para entrega voluntária de materiais recicláveis nos Contêineres que estão em pontos estratégicos.

 

O trabalho de informação e conscientização da importância de se reciclar deve continuar, pois não é fácil convencer o que outrora era uma atitude comum.  A Autarquia preza pelo  cumprimento de leis e medidas que visam o bem comum , a preservação do meio ambiente e por isso possui investe em ações de orientação e sensibilização da população.

_________________________________________

MARIA APARECIDA NEPOMUCENO

Diretora Autarquia Águas do Pantanal

 

 

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Casal de bolivianos é preso pelo Gefron e Defron com 3 quilos de cocaína pura no centro de Cáceres

Publicado

 

     Policiais do Grupamento Especial de Fronteira (GEFRON) e da Delegacia de Fronteira de Cáceres, apreenderam 3 quilos de cocaína pura com um casal boliviano no centro de Cáceres. A droga foi avaliada em R$ 75 mil estava de posse de uma mulher de nacionalidade boliviana.

O flagrante ocorreu na manhã de quinta-feira (25), quando foi abordado um veículo Fiat Palio que já era monitorado pelos policiais, que tinha um casal de cidadãos de nacionalidade boliviana como ocupantes.

O veículo foi localizado na área central de Cáceres, quando os policiais realizaram a abordagem e a busca veicular, foi localizado nos pés da cidadã boliviana uma bolsa de cor preta, sendo que dentro dela foi encontrado 3 tabletes de substância análoga a cloridrato de cocaína.

De imediato os suspeitos receberam a voz de prisão e o entorpecente apreendido foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira.

Comentários Facebook
Leia mais:   Novembro Azul: Hospital São Luiz promove palestra educativa sobre saúde do homem
Continue lendo

Cáceres e Região

Governador apresenta ações e cria grupo para acelerar desenvolvimento da região Oeste: “Precisamos ousar mais”

Publicado

Lucas Rodrigues | Secom-MT

Após o encontro com 22 prefeitos do oeste de Mato Grosso, o governador Mauro Mendes anunciou a criação de um grupo de trabalho para acelerar o desenvolvimento da região. O evento ocorreu na manhã de quinta-feira (25.11), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, e também contou com a presença do vice-governador Otaviano Pivetta, além de deputados, vereadores, secretários e demais lideranças locais.

“Podemos muito mais. A região oeste hoje tem um grande potencial que está adormecido. A região cresceu, se desenvolveu, mas nos últimos anos estabilizou esse processo de crescimento. Precisamos ousar mais e por isso vamos criar um grupo focal dentro do Programa Mais MT, para planejar obras e ações estruturantes para os próximos anos, não importando quem esteja na cadeira de governador, porque é uma política de estado”, afirmou.

Mauro Mendes apresentou aos prefeitos um balanço dos principais investimentos feitos pelo Governo do Estado na região. Na Infraestrutura, por exemplo, há 560,9 km de asfalto novo, entre os já concluídos, em andamento, em licitação e em projeto. De asfalto restaurado há mais 362,1 km, entre os entregues e os que estão em obras.

O chefe do Executivo Estadual também mencionou os investimentos em pavimentação urbana, entrega de maquinários, e o andamento da obra da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Cáceres, que saiu do papel nessa gestão.

“Temos investido também na Agricultura Familiar, que é forte na região oeste. Foram entregues 21 máquinas e equipamentos, 15 veículos, um caminhão, 24 resfriadores de leite, 177 caixas de abelha, entre outras entregas. Na saúde, ampliamos o Hospital Regional de Cáceres com 10 novas UTIs e 20 leitos de enfermaria. De repasses aos municípios da região para a saúde, foram mais de R$ 58 milhões, pagos rigorosamente em dia”, citou.

Leia mais:   Depois de medir 28 centímetros em outubro, Rio Paraguai em Cáceres registra um dos maiores volumes de água para o mês de novembro em 6 anos

Ainda na apresentação, foram detalhados pelo governador os investimentos na região oeste voltados à Educação, Cultura, Esporte, Lazer e ações sociais.

“Queremos fazer um esforço coletivo para construir alternativas para a região e potencializar aquilo que já fazemos. Precisamos ser protagonistas desse futuro. Os senhores prefeitos, prefeitas e vereadores sabem quais são as potencialidades e aquilo que podemos fazer. Queremos fazer obras, ações e projetos que vão construir na região oeste aquilo que muitas regiões já alcançaram. Se nos unirmos, vamos fazer isso em um curto espaço de tempo”, declarou.

Prefeitos agradecem

No encontro, os 22 prefeitos foram unânimes em agradecer ao Governo do Estado pelos investimentos feitos na região, e se comprometeram a dar continuidade a essa parceria.

“Temos vários projetos em andamento na Secretaria de Infraestrutura, alguns já aprovados, e esperamos que tudo se torne realidade. O aeroporto está sendo licitado, a ZPE está em andamento e isso vai projetar uma grande expectativa para o pequeno, o médio e o grande negócio. Precisamos de Infraestrutura e o Governo está comprometido com essa situação”, afirmou a prefeita de Cáceres, Eliene Liberato.

Leia mais:   Novembro Azul: Hospital São Luiz promove palestra educativa sobre saúde do homem

O prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, Dr. André, ressaltou que o Oeste tem recebido atenção especial da gestão. “Não teve nenhum governo, dos que passaram, que olhou tanto para a região oeste, para a fronteira de Mato Grosso, como o governo Mauro Mendes e Otaviano Pivetta. São investimentos estratégicos que vão desenvolver a região”, pontuou.

A opinião foi compartilhada pelo prefeito de Figueirópolis D’Oeste, Eduardo Vilela. “Só tenho que parabenizar a gestão pelas obras na região, em especial as nove aduelas que estão sendo instaladas. Na época das chuvas a falta delas nos trazia muito transtorno. E nós falamos com o governador, e agora as obras estão acontecendo”, afirmou.

Também participaram do evento: o deputado federal Neri Geller; o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi; os deputados estaduais Dr. Gimenez e Valmir Moretto; os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Laice Souza (Comunicação), César Miranda (Desenvolvimento Econômico), Rogério Gallo (Fazenda), Marcelo de Oliveira (Infraestrutura), Alan Porto (Educação), Beto Dois a Um (Cultura, Esporte e Lazer), Nilton Borgatto (Ciência e Tecnologia), Jordan Espindola (Gabinete de Governo), Gilberto Figueiredo (Saúde), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Emerson Hideki (Controladoria) e Mauren Lazzaretti (Meio Ambiente); o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcellos; o presidente do Intermat, Francisco Serafim; e o delegado geral da Polícia Civil de Mato Grosso, Mário Dermeval.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana