conecte-se conosco


Destaque

Cuiabá sediará jogos do Circuito Nacional de Flag feminino

Publicado

Duas equipes do Cuiabá Arsenal vão representar Mato Grosso no Circuito Nacional de Flag Football Feminino, que terá partidas da fase classificatória realizadas nos dias 4 e 5 de junho, em Cuiabá. O campeonato, organizado pela Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), terá a participação de 24 times de todo país, divididos em cinco grupos e o clube mato-grossense começará com confrontos contra Brasília Alligators e Brasília Pilots.

O flag football é uma versão do futebol americano. Ele foi desenvolvido para minimizar as lesões do futebol americano e baratear a prática do esporte, cujos equipamentos são caros. As regras básicas do flag são similares as do futebol americano, mas sem tackle. O tackle é a pancada dada no adversário para derrubá-lo no chão e impedir que avance com a bola. No flag o tackle é substituído por uma fita no cinto, em que o defensor puxa para sinalizar a marcação.

“O flag football é uma modalidade de iniciação no futebol americano. Além de diminuir o risco de lesões, comuns em qualquer esporte, por haver contato físico, ainda diminui os custos. O flag não usa helmets (capacetes) ou shoulders (ombreiras). E esses dois fatores, menor risco de lesão e custo, permitem a implantação em equipes infanto-juvenis. Ou em adultas por falta de recursos para a aquisição de equipamentos”, conta o gestor do Arsenal, Paulo Cesar Machado.

Leia mais:   Quilombolas remanescentes do quilombo do Pita Canudos recebem cestas básicas do governo federal em Cáceres

De acordo com a coordenadora do Cuiabá Arsenal feminino, a ala feminina da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Jordanna Pires, o grupo foi formado em 2015, quando participou pela primeira vez do nacional e, neste ano, vai para a segunda temporada. Segundo ela, no ano passado eram apenas 11 atletas e, atualmente, são 35 em preparação. Quantia que permitiu a composição de dois times com 15 jogadoras cada, sendo 5 starters e 10 substitutas.

O Circuito Nacional de Flag feminino foi organizado em cinco grupos de times, chamados de Regional do Planalto, Regional do Cerrado, Regional Amazônico, Regional Praiano e Regional Garoa, em sistema classificatório. Das 24 equipes que começam a disputa, apenas 12 avançam para a fase semifinalista e, depois desta, seis para a fase final. A competição ocorre entre junho e novembro e as finais estão marcadas para 12 a 15 de novembro.

Fonte: Da redação com assessoria

 

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Agentes de saúde que ajudaram na vacinação do covid em Cáceres lutam para receber salários

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     Um grupo de profissionais de saúde – quatro enfermeiras e três técnicos – que ajudaram no trabalho de vacinação de covid, entre os meses de agosto e setembro, em Cáceres, estão na luta para receber os salários. Nos últimos dias, eles recorreram há alguns vereadores, entre eles, Luiz Landim e Marcos Ribeiro, pedindo ajuda no sentido de solucionar o problema.

    Ao site Expressão Notícias, um deles relatou que foram contratados, no início do mês de agosto, por uma empresa terceirizada denominada “Bem Estar”, autorizada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Mato Grosso (CISOMT). Porém, segundo eles, no encerramento dos trabalhos, não conseguiram receber porque que não havia previsão legal para essa finalidade.

     “É uma situação muito difícil. No momento em que precisaram dos nossos serviços estivemos prontos. Trabalhamos, arriscamos as nossas vidas, fizemos tudo que pudemos. Na época, haviam poucos especialistas para preparar as vacinas da Fizer, nos dedicamos a isso. Agora, na hora de receber é uma dificuldade” reclamou um dos profissionais.

Leia mais:   Indicação propõe sacolão de R$ 600 em dezembro para servidores públicos que ganhem até R$1,5 mil mensais

     Procurado pela reportagem, o secretário executivo do consórcio Danilo dos Santos Bastos admitiu o atraso no pagamento aos profissionais.

     Explicou que “o atraso no pagamento dos salários se deu por uma questão administrativa, envolvendo o consórcio e a secretaria de Saúde. Mas, nos reunimos na tarde de ontem (segunda-feira) e já está tudo acertado. No máximo 10 dias, eles estarão recebendo” garantiu explicando que “a secretaria irá repassar os recursos para o consórcio que passará para os agentes”.

     A secretária Municipal de Saúde, Elis Fernanda de Melo Silva, foi procurada várias pela reportagem, mas não retornou as ligações. Em defesa dos profissionais, o vereador Marcos Ribeiro, disse que irá pedir esclarecimentos oficiais da secretaria, levando em conta de que há um processo seletivo, em vigor, mas a pasta prioriza contratações temporárias de funcionários.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Exonerado da 4ª Ciretran Thomas Canellas assume na Câmara de Cáceres

Publicado

 

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     A posse do suplente de vereador Thomas Canellas, em substituição ao vereador Leandro dos Santos, ambos Democratas, na noite de segunda-feira (25/10) na Câmara de Cáceres, foi recebida com ceticismo.

    Assim que a direção do Legislativo divulgou a posse, várias pessoas se manifestaram, nas redes sociais, de forma pejorativa, tendo em vista que ele foi, recentemente, exonerado da chefia da 4ª Ciretran por não comparecer ao trabalho.

    “Vai ser vereador do mesmo jeito que era chefe da 4ª Ciretran, sem ir trabalhar e ficar fazendo medicina” disse um dos manifestantes. “Infelizmente, isso é o retrato do país. As pessoas não trabalham e assume cargos” completou outro.

    Ao site Expressão Notícias, Thomas Canellas admitiu que foi exonerado da estatal. Porém, segundo ele, a exoneração foi a pedido.

    Explicou que, na Câmara terá melhores condições de desempenhar a função porque, o horário de funcionamento do parlamento é compatível com o das aulas do curso de Medicina, na Unemat.

Leia mais:   No Pantanal, rio Paraguai chega a 1 cm da seca recorde

    “O horário de funcionamento da Câmara é compatível. Terei condições de trabalhar e estudar. Não haverá problema” disse se referindo as constantes faltas no trabalho quando exercia a função de diretor da 4ª Ciretran.

    Advogado, Canellas candidatou-se a vereador nas últimas eleições, obtendo 431 votos, ficando na primeira suplência do DEM.

     O vereador Leandro dos Santos cedeu a vaga ao licenciar-se por um período de dois meses – de 18 de outubro a 18 de dezembro – para tratar de assuntos particulares. Sem ônus para a Câmara.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana