conecte-se conosco


Cáceres e Região

Cuiabá e Fluminense empatam por 2 a 2 na Arena Pantanal

Publicado

Assessoria

O Cuiabá mostrou poder de superação e foi buscar o empate contra o Fluminense, na noite desta segunda-feira (20), pela 21ª rodada da Série A do Brasileirão. Depois de o Fluminense abrir 2 a 0 no placar, o Dourado valente conquistou o empate com gols de Jonathan Cafú e Felipe Marques. O duelo foi disputado na Arena Pantanal.

Com o resultado, o time auriverde chegou aos 28 pontos na tabela, em nono lugar. O Cuiabá volta a jogar no próximo domingo, diante do Atlético-GO, fora de casa.

O Dourado foi surpreendido logo no começo da partida em chute de Luis Henrique, de fora da área, que desviou na zaga e entrou. O time tentou responder em cruzamentos na área, mas acabou levando o segundo gol. Sem se intimidar, o clube auriverde partiu para cima para diminuir o placar até o árbitro marcar pênalti em Rafael Papagaio, aos 21. Jonathan Cafú cobrou com categoria e descontou o placar.

Na segunda etapa, o Cuiabá teve a primeira chance nos primeiros minutos em cobrança de falta de Pepê. A bola ficou na carreira. O Fluminense chegou a marcar o terceiro gol, bem invalidado pelo VAR. Fechado na defesa, o adversário dificultou as infiltradas do Cuiabá.

Leia mais:   Com recursos próprios prefeita Eliene dá início à obra de construção da Escola Municipal Laranjeira 1

O Dourado voltou a criar em chute forte de Pepê, de fora da área, por cima do gol. O empate veio aos 30 minutos após boa jogada de Cabrera que cruzou na medida para Felipe Marques completar. Nos acréscimos, Marllon ainda foi expulso pela arbitragem.

O time

Walter, Lucas Ramon (João Lucas), Paulão, Marllon e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Camilo (Pepê) e Rafael Gava (Cabrera); Felipe Marques, Jonathan Cafú e Rafael Papagaio (Gustavo Nescau). Técnico: Jorginho.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Vereadora Mazeh pede remoção dos resíduos recicláveis existentes no aterro sanitário de Cáceres

Publicado

Assessoria

Na sessão ordinária de ontem, 25, na Câmara Municipal de Cáceres, a vereadora pelo Partido dos Trabalhadores Mazéh Silva apresentou ao executivo municipal as demandas da população sendo  duas indicações e dois requerimentos.

Mazéh Silva (PT) indica a Secretaria de Infraestrutura e Logística, Sinalização adequada na Avenida 7 de setembro, Avenida São João e Rua 13 de junho, no trecho da Antiga Rodoviária, que se encontra em obras para a construção de uma agência bancária.

Cercada por uma estrutura de metal, a obra está causando obstrução de parte das vias, causando estreitamento da pista e prejudicando a visão dos motoristas que por ali trafegam, tornando o trânsito menos fluido e com possibilidade de ocorrer acidentes.

Indica ao Executivo Municipal, Substituição dos Reservatórios de Água (caixa d’água) para de 15 mil litros, de todas as escolas e creches municipais de Cáceres.

“A falta de acesso à água impacta diretamente crianças e adolescentes mais vulneráveis. Haver água nas escolas é fundamental para que meninas e meninos possam aprender, brincar e se desenvolver com saúde, além de garantir a dignidade menstrual de pessoas que menstruam. Com a pandemia, o acesso à água se tornou ainda mais importante, sendo fundamental para que estudantes, profissionais de educação e toda a comunidade escolar possam se prevenir contra a COVID-19”.

Leia mais:   Quatro estados brasileiros e Bolívia se unem no combate às facções criminosas

Também devemos considerar o cenário de seca em que o Estado de Mato Grosso se encontra, causando desequilíbrio na natureza e dificultando o acesso a água, uma vez que se constata que poços, cacimbas, riachos e lagoas se encontram secas, até mesmo Majestoso Rio Paraguai atingindo níveis tão baixos, nunca antes vistos”, pondera a vereadora Mazéh (PT).

Requer  Informações de contato e endereço das UBS e PSF e demais, ambulatórios, farmácias, centros de especialidades, PAM/UPA e demais unidades do (SUS), bem como quais são os serviços ofertados nessas unidades de saúde do município de Cáceres.

De acordo com a parlamentar “Informações de contato e endereço das Unidades Básica de Saúde e dos Postos de Saúde Familiar, e de todas as unidades de saúde (SUS) de nosso município de Cáceres, para o fim de informar aos munícipes que precisam utilizar destes serviços públicos e em algumas situações não sabem onde procurar atendimento para a sua necessidade, muitas vezes se deslocando para unidades que não atendem sua enfermidade e por vezes também ficando sem atendimento médico adequado.”

Leia mais:   Agentes de saúde que ajudaram na vacinação do covid em Cáceres lutam para receber salários

Requer da Prefeitura e Autarquia Águas do Pantanal executem a remoção dos resíduos recicláveis existentes no aterro sanitário Municipal.

Em virtude de termos verificado, após visita in loco, danos ambientais e sociais advindos da coleta seletiva em Cáceres, vimos por meio deste documento apresentado em sessão plenária e assinado também pelos demais vereadores desta Casa de Leis requerer da Prefeitura Municipal e da Autarquia Águas do Pantanal remoção dos resíduos recicláveis existentes no aterro sanitário Municipal de Cáceres para que os catadores das organizações excluídos da chamada pública possam fazer a coleta e a separação a fim de dar destino adequado aos recicláveis e gerando renda aos catadores e catadoras de Cáceres”, justifica Mazéh Silva (PT)

As indicações e requerimentos seguem para a prefeitura e secretarias responsáveis, para que seja então dado encaminhamento das ações pelo poder executivo municipal.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Agentes de saúde que ajudaram na vacinação do covid em Cáceres lutam para receber salários

Publicado

Sinézio Alcântara – Expressão Notícias

     Um grupo de profissionais de saúde – quatro enfermeiras e três técnicos – que ajudaram no trabalho de vacinação de covid, entre os meses de agosto e setembro, em Cáceres, estão na luta para receber os salários. Nos últimos dias, eles recorreram há alguns vereadores, entre eles, Luiz Landim e Marcos Ribeiro, pedindo ajuda no sentido de solucionar o problema.

    Ao site Expressão Notícias, um deles relatou que foram contratados, no início do mês de agosto, por uma empresa terceirizada denominada “Bem Estar”, autorizada pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste de Mato Grosso (CISOMT). Porém, segundo eles, no encerramento dos trabalhos, não conseguiram receber porque que não havia previsão legal para essa finalidade.

     “É uma situação muito difícil. No momento em que precisaram dos nossos serviços estivemos prontos. Trabalhamos, arriscamos as nossas vidas, fizemos tudo que pudemos. Na época, haviam poucos especialistas para preparar as vacinas da Fizer, nos dedicamos a isso. Agora, na hora de receber é uma dificuldade” reclamou um dos profissionais.

Leia mais:   Pandemia em queda: MT registra apenas uma morte por covid em 24h

     Procurado pela reportagem, o secretário executivo do consórcio Danilo dos Santos Bastos admitiu o atraso no pagamento aos profissionais.

     Explicou que “o atraso no pagamento dos salários se deu por uma questão administrativa, envolvendo o consórcio e a secretaria de Saúde. Mas, nos reunimos na tarde de ontem (segunda-feira) e já está tudo acertado. No máximo 10 dias, eles estarão recebendo” garantiu explicando que “a secretaria irá repassar os recursos para o consórcio que passará para os agentes”.

     A secretária Municipal de Saúde, Elis Fernanda de Melo Silva, foi procurada várias pela reportagem, mas não retornou as ligações. Em defesa dos profissionais, o vereador Marcos Ribeiro, disse que irá pedir esclarecimentos oficiais da secretaria, levando em conta de que há um processo seletivo, em vigor, mas a pasta prioriza contratações temporárias de funcionários.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana