conecte-se conosco


Cáceres e Região

CPI dos Frigoríficos define reunião para o próximo dia 16 e esclarece pedido de informações

Publicado

 

Na ocasião serão ouvidos prefeitos de Nova Xavantina, Vila Rica, Canarana, Barra do Garças, além de produtores rurais e representantes das empresas

 

Durante a 8ª reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Frigoríficos, realizada na manhã de ontem (31), os membros da comissão receberam os ofícios encaminhados pelas empresas e representantes de frigoríficos que fecharam suas plantas pelo interior do estado. Também foram analisados os atos das pessoas convocadas para a próxima reunião, marcada para o dia 16 de junho, no município polo de Nova Xavantina, com prefeitos de Vila Rica, Canarana, Barra do Garças e Nova Xavantina.

“Estamos analisando as respostas dos representantes dos frigoríficos que fecharam, pois são pessoas que têm informações importantes para contribuir com a CPI”, explicou o presidente da comissão, deputado Ondanir Bortolini (PSD), Nininho.

Na reunião de hoje, o relator da comissão, deputado José Domingos Fraga (PSD), pediu que a equipe técnica peça à empresa Marfrig Global Foods, cópia do contrato social com alterações dos contratos de locação de arrendamento nos últimos nove anos.

Os membros da CPI solicitaram ao Ministério Público do Trabalho (MPT) que remeta à comissão os processos judiciais e administrativos referentes aos últimos nove anos. Em outro ato, a equipe técnica da comissão vai oficiar a CPI da Carne da Assembleia Legislativa de Rondônia, para que encaminhe cópia do relatório final dos seus trabalhos.

Leia mais:   Em Cáceres interinos assumem Agricultura, Educação e Saúde

Outro assunto discutido durante a reunião desta terça-feira foi a petição da empresa JBS por informações pertinentes à CPI. José Domingos Fraga falou que na reunião do último dia 24, a comissão registrou o recebimento deo documento, firmado pelo advogado da empresa JBS, solicitando cópia integral dos procedimentos intaurados pela comissão até o momento. O procurador Francisco de Brito deferiu por encaminhamento parcial das cópias solicitadas, limitadas aos depoimentos prestados pelas testemunhas dos representantes da JBS.

Para Nininho, a CPI precisa oferecer informações convincentes à sociedade e, segundo o parlamentar, as reuniões no interior do estado servem para ouvir a opinião de ex-funcionários e ex-diretores das plantas fechadas.

“São relatos que vão contribuir bastante para a formatação do documento final da CPI. Há indícios de que o gado de Mato Grosso está sendo abatido no estado do Pará, e isso precisa acabar”, afirmou Nininho.

Além dos prefeitos de Vila Rica, Canarana, Barra do Garças e Nova Xavantina, também foram convocados para a reunião programada para o dia 16 de junho, às 15 horas, no município polo de Nova Xavantina, os produtores rurais Carlos José Fábio de Carvalho, Eduardo Ribeiro da Silva e Mário Buri; o vice-prefeito de Barra do Garças, Mauro Suaiden; o representante da planta fechada Arantes de Canarana, Danilo Arantes; representante da Marfrig de Nova Xavantina, Ricardo Taufi, e o representante da JBS de Vila Rica, Marcelo Estevan.

Leia mais:   Mato Grosso registra redução de 18,1% no número de internações de pacientes com Covid-19

A programação ficou assim definida pela equipe técnica da CPI:
Dia 30/06, às 15 horas, Rondonópolis.

Dia 7 de julho, às 15 horas, polo de Juara, vai contar com prefeitos de Brasnorte, Juína, Juruena e Juara.

Dia 8 de julho, às 15 horas, pelo polo de Sinop, estão definidos prefeitos de Sorriso, Matupá e Sinop.

E, fechando a programação pelo interior, a equipe técnica da CPI dos Frigoríficos programou o polo de Alta Floresta, no dia 14/07, às 15 horas, com representantes e prefeitos de Nova Monte Verde, Nova Canaã, Colíder e Alta Floresta.

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Solidariedade na Pandemia: Grupo Juba distribuiu mais de sete toneladas de carne no último final de semana

Publicado

O Grupo Juba, empresa de responsabilidade social, promoveu no último final de semana, mais uma grande ação humanitária durante a pandemia do Coronavírus. A Rede Juba de Supermercados, distribuiu mais de três toneladas de carne bovina em Cáceres, para auxiliar a população em situação vulnerável. Ao todo nove instituições filantrópicas e humanitárias do município e 710 famílias de diversos bairros, foram beneficiadas com a doação.

Segundo a Coordenadora de Projetos do Grupo Juba, Eloá Ribeiro, as nove instituições prestam relevantes serviços sociais no município e atendem muitas pessoas nelas cadastradas e as famílias que receberam a carne, todas sem exceção, passam por dificuldades e estão na linha de pobreza.

“Acompanhamos as instituições na entrega dos donativos e ficamos muito satisfeitos, pois, as pessoas que foram receber seus pacotes de carne passaram por uma triagem e realmente necessitavam, assim como as famílias de vários bairros que entregamos pessoalmente, entre eles Betel, Cavalhada 3, Joaquim Murtinho, Vila Irene, Carne Seca, Garcês, Jardim das Oliveiras, Imperial e Santo Antônio. Atendemos Crianças, Jovens, Adultos e Idosos e isso é dignificante”, revelou Eloá.

Leia mais:   Mato Grosso registra redução de 18,1% no número de internações de pacientes com Covid-19

Para ela, este é um projeto de alcance humanitário.“Com essas doações estamos conseguindo auxiliar as famílias que estão vulneráveis, e com isso, contribuindo com alimentos”, comemorou Eloá.  A Coordenadora de Projetos também informa que a ação se estendeu ainda para alguns munícipios onde o Juba tem lojas. “Em Mirassol D’Oeste entregamos três cilindros de oxigênio, 60 cestas básicas e 100 pacotes de carne.

Rio Branco recebeu duas toneladas de carne. Jauru e Porto Esperidião mais duas toneladas de carne” noticiou Eloá. Para o Diretor Financeiro do Grupo Juba, Marcelo Ribeiro esta é a hora de cada um fazer sua parte.

”E nós estamos fazendo a nossa. Desde o início da pandemia já doamos 11 toneladas de carne, mais de 25 toneladas de alimentos e 10 cilindros de oxigênio. Essa situação de necessidade e desigualdade, desperta em nós o sentimento de solidariedade e generosidade. O Grupo Juba está muito feliz por poder contribuir com muitas famílias e pessoas. Que Deus abençoe todos nós e que essa pandemia termine logo”, finalizou Marcelo.

Leia mais:   Conforme antecipado pelo Expressão prefeitura prorroga decreto e mantém fechamento do comércio

 

Esdras Crepaldi/Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Anderson Bezerra toma posse nesta segunda no cargo de diretor-geral do IFMT Cáceres

Publicado

   O servidor técnico-administrativo, Anderson Wesley Alves Bezerra (40 anos) será empossado na noite desta segunda-feira (19.04) como diretor-geral do Instituto Federal de Mato Grosso, IFMT Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo para o quadriênio 2021- 2025.  Anderson Bezerra foi eleito pela comunidade do campus, no dia 04 de dezembro com 31,04% dos votos válidos no cálculo dos segmentos Docente (28 votos) e Técnico-administrativo (29 votos) e Discente (49 votos).

     Graduado em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistema, especialista em Gestão Empresarial com ênfase em ‘Controller’ e Auditoria e mestre em Ciências da Computação, Anderson ingressou, por meio de concurso público, no IFMT em 2010, no cargo de Analista de Sistemas. O servidor é o primeiro técnico-administrativo eleito como diretor-geral no campus Cáceres e sucede ao professor Salmo César da Silva que encerra o mandato de 4 anos.

     Na proposta de plano de gestão como diretor-geral, Anderson assumiu o compromisso público de atuação com base em eixos como gestão democrática e participativa, sustentabilidade social e ambiental, defesa do ensino integrado aos jovens e adultos, da pesquisa para o avanço da ciência e melhoria da vida das pessoas, da extensão para atender demandas populares da sociedade e a defesa da assistência estudantil.

Leia mais:   Para ajudar comércio, Eliene prorroga prazo de recolhimento do ISSQN

     Em carta aberta à comunidade, ele reafirmou a defesa de um modelo de gestão baseado no diálogo, transparência e respeito às pessoas. “Farei uma gestão pautada no diálogo, com muito respeito às pessoas e com total transparência, sempre visando a garantia de uma instituição pública, gratuita e de qualidade”, enfatiza.

     A cerimônia unificada de posse dos 19 diretores-gerais do IFMT, presidida pelo novo reitor do IFMT, Prof. Julio César dos Santos, será realizada em formato virtual com transmissão ao vivo, às 19 horas, pelo canal do IFMT no youtube:  https://youtu.be/HXMvSa6Vv0E

Edna Pedro  DRT RJ 5056/2001
Assessoria de Comunicação
IFMT/Campus Cáceres – Prof. Olegário Baldo
(65) 3221-2631
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana