conecte-se conosco


Mato Grosso

Cotação agrícola mostra variação de até 142% nos preços de produtos da agricultura

Publicado

Toda quinta-feira, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) divulga a cotação de preços de 40 produtos da agricultura, coletados em nove regiões do Estado. O levantamento de preços apresenta a média da região, enfocando o menor e o maior preço praticado durante a semana. O engenheiro agrônomo da Empaer, Luiz Carlos Guerra Victorino, responsável pela tabulação dos dados, comenta que a cotação agrícola é realizada pelos técnicos da empresa em parceria com os produtores rurais, cooperativas e empresas agropecuárias.

De acordo com Victorino, a cotação dessa semana apresentou algumas variações de preços. A farinha de mandioca foi vendida pelo menor preço no município de Rondonópolis, por R$ 122,50 o saco de 45 quilos, e em São Félix do Araguaia pelo maior valor, de R$ 296,67, uma diferença de 142% no preço final. O quilo do peixe teve uma variação de preço acima de R$ 10,00. Em Rondonópolis foi comercializado por R$ 7,00 o quilo e em Barra do Garças por R$ 17,06. O feijão Carioca também teve oscilação, no município de Barra do Bugres a saca de 60 quilos foi vendida por R$ 105,00 e em Alta Floresta por R$ 232,50.

Leia mais:   Dr. Leonardo participa de comitiva para discutir medidas de combate às queimadas no Pantanal

Nesta semana (11 a 18/07), a venda da arroba do boi gordo com 25 dias foi comercializada pelo menor preço na capital, por R$ 131,25, e em Rondonópolis por R$ 145,00 a arroba. Em Barra do Garças, uma vaca de leite foi vendida por R$ 2.675,00 e em Barra do Bugres por R$ 3.420,00. O menor preço da carne de suíno foi encontrado em Sinop por R$ 76,95 a arroba, Já em Cáceres por R$ 136,95. O frango caipira em Barra do Bugres foi vendido por R$ 15,78 a unidade, e por R$ 29,64 em Cáceres.

Conforme Luiz Carlos, a cotação agrícola promove a tomada de preços para facilitar o acesso aos produtores rurais, que ganham com essa decisão, pesquisando para fazer um bom negócio, com preço justo. Os dados da cotação agrícola são renovados toda quinta-feira, permanecendo por um período de sete dias. “A cotação é muito procurada para solicitação do preço da arroba do boi gordo (à vista, c/25 dias) e da cabeça do boi magro, vaca de cria e leite, vaca gorda, vaca magra e outros. Essa é mais uma ferramenta que está à disposição do produtor rural”, destaca.

Leia mais:   Pantanal em chamas: queimadas estão fora de controle em Cáceres

 As informações são coletadas nos municípios de Alta Floresta, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Juína, Rondonópolis, São Félix do Araguaia e Sinop. A cotação é enviada para os veículos de comunicação, Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), escritórios da Empaer, comércio em geral e também para o Estado de Rondônia.

 A cotação possibilita aos interessados verificarem preços dos mais variados itens, tais como: algodão, soja, milho, café, cana-de-açúcar, borracha, arroz, banana (terra, nanica/nanicão), mandioca, boi gordo, garrote, leite, frango, ovos, peixes, suínos e outros. Todos os dados estão à disposição no site www.empaer.mt.gov.br

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Estadual

Governador destaca crescimento e anuncia investimentos para 2021 em MT

Publicado

Em seu discurso durante visita o presidente da República Jair Bolsonaro a MT, na manhã desta sexta-feira, 18 de setembro, o governador do Estado, Mauro Mendes destacou a dificuldades enfrentadas ao assumir a administração estadual, que estava com as finanças quebradas, salários atrasado, viaturas policiais sendo recolhidas por falta de pagamento de locação e de combustível, isto sem falar na questão da saúde que estava bastante precária.//

Mauro Mendes lembrou que precisou tomar medidas duras para regularizar a economia e promover a retomada do crescimento./ O governador pontou que centenas de obras que estavam paradas há anos, foram retomadas e a maioria dela já concluída./ O chefe do Executivo Mato-grossenses anunciou o maior investimento para MT no próximo ano.//

Sonora: Mauro Mendes

O governador Mauro Mendes acompanha o presidente Jair Bolsonaro está na região Norte do Estado onde visita a INPASA, Usina de Etanol em Sinop, a 503 km de Cuiabá.//

Por Jota Passarinho

Comentários Facebook
Leia mais:   MAIS 1,2 MIL INFECTADOS: MT ultrapassa 110 mil casos de covid e registra 22 mortes em 24h
Continue lendo

Mato Grosso

Dr. Leonardo participa de comitiva para discutir medidas de combate às queimadas no Pantanal

Publicado

Parlamentares estão se unindo na busca de iniciativas para enfrentar a maior série de queimadas do Pantanal de Mato Grosso das últimas duas décadas, e apresentam uma instalação de Comissão Externa visando a articulação de medidas a curto, médio e longo prazo, além de uma comitiva que visitará a região.

A diligência dos parlamentares, acontece neste final de semana, dias 19 e 20 de setembro, partindo de Cuiabá em direção a Poconé, com sobrevôo na região mais afetada, e reunião com as equipes que estão atuando na região, além do contato com as lideranças locais, com a comunidade, organizações e população da região. O deputado federal Dr Leonardo, que também participa da comitiva, ressalta a urgência em mobilizar ações de combate ao fogo no estado. ”Precisamos nos unir para enfrentarmos esse caos em que o estado do MT está passando, mas principalmente, para buscarmos medidas preventivas para os anos seguintes”, destaca o deputado.

Além da instalação de um Comissão Externa (REQ2369/2020) para focalizar o trabalho articulado e cooperativo de curto prazo (combate às queimadas) e de médio e longo prazos (planejamento, prevenção, estudos etc), os parlamentares deverão fazer em bloco uma Indicação ao Presidente sugerindo a mobilização de militares, a consignação de dotações orçamentárias adicionais para apoiar o enfrentamento das queimadas e a instituição de “Gabinete de Crise”,. Também estão previstos Requisição de Informações ao Ministério do Meio Ambiente sobre ações do Governo Federal no enfrentamento das queimadas.

Leia mais:   Atribuir culpa à vítima de abuso sexual contribui com a legitimação do estupro

Recentemente, Dr. Leonardo, enviou solicitação oficial ao presidente Jair Bolsonaro solicitando a presença das Forças Armadas no reforço ao combate às queimadas. Após a solicitação, o Ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Martinho, anunciou que o presidente Jair Bolsonaro determinou o envio de ajuda através da Defesa Civil para combater os incêndios florestais no Pantanal. “Esse é um reforço mais que necessário, o Pantanal precisa, nesse momento, mas ainda nao é suficiente. A presença das Forças Armadas, assim como já vem acontecendo com a Amazônia, é de fundamental importância num momento jamais vivenciado no Mato Grosso, para que cessem as perdas e os danos tanto para a nossa fauna e flora, quanto para população que está sofrendo com a fumaça”, conclui o parlamentar.

Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana