conecte-se conosco


Mato Grosso

Confira as orientações para minimizar os impactos da onda de calor em MT

Publicado

Sem previsão de chuva no Estado pelos próximos 20 dias e com as altas temperaturas, os mato-grossenses devem seguir algumas dicas da Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil para minimizar os impactos da onda de calor e evitar riscos de hipertermia (elevação da temperatura que pode comprometer o metabolismo do corpo humano).

A primeira, e uma das mais importantes, é manter a hidratação do corpo, bebendo muita água, já que o período é de baixa umidade. Outro ponto importante, é evitar a prática de exercícios físicos ao ar livre, principalmente, nos horários mais quentes, entre 10h e 16h.

“Estamos há mais de 120 dias sem chuva e a previsão aponta 0% de probabilidade até o dia 23 de setembro. Esse ambiente inspira uma série de cuidados, por conta dessa falta de chuva, calor excessivo, baixa umidade do ar e aumento do número de queimadas. Então umidificar o ambiente também é extremamente necessário nesse período crítico”, orienta o superintendente da Defesa Civil, tenente-coronel BM Marcelo Reveles.

Leia mais:   Professores recebem certificado pela conclusão do curso de Mediação de Conflitos Escolar

Ele ainda aponta que, além do uso de umidificadores, os moradores podem utilizar toalhas molhadas e recipientes com água para tornar o ambiente, seja o quarto ou outro cômodo da casa, mais propício à manutenção da saúde.

Outro destaque de Reveles diz respeito ao aumento do número de queimadas, fator que tem contribuído para o estado de calamidade pelo qual passa Mato Grosso.

“Pedimos à população para que não coloque fogo em lixo e terrenos baldios, mantendo sempre a limpeza desses locais. E aos fumantes, que se atentem em não jogar pontas de cigarro em lugares inapropriados, como beira de estradas, pois a vegetação pode estar seca, causando incêndios de grandes proporções”, pontuou o superintendente.

A forte onda de calor, com temperaturas 5º acima da média, deve durar pelo menos mais cinco dias, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para esta quinta (12.09) e sexta-feira (13.09), a previsão do instituto aponta temperaturas máximas de 41°C e umidade abaixo de 10%.

Outras dicas: Use roupas leves, preferencialmente, de algodão, e não esqueça de cuidar do corpo, hidratando olhos, nariz e boca. Evitar o contato direto com o sol e sempre utilizar protetor solar.

Leia mais:   Governo do Estado já restaurou 108 km de rodovias na região Oeste de MT

Os mato-grossenses podem se cadastrar para receber SMS de alertas da Defesa Civil de Mato Grosso. Para ter acesso, basta enviar o CEP para o número 40199, gratuitamente.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

“O Governo subiu o preço do plantão, mas há grande dificuldade para contratar”, relata governador

Publicado

O governador Mauro Mendes afirmou que o Estado de Mato Grosso está tendo grandes dificuldades em contratar profissionais de saúde para atuar no enfrentamento à covid-19, apesar de todos os esforços de chamamento.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (09.07), durante entrevista ao apresentador José Luiz Datena, na rádio Bandeirantes.

De acordo com o governador, esse é atualmente um dos maiores empecilhos para colocar novas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em funcionamento, uma vez que é necessária uma equipe considerável de profissionais de saúde capacitados para gerir as unidades.

“O nosso grande problema é a contratação de profissionais. O Governo está pagando mais caro, elevamos o preço, o salário, o plantão médico. Subimos e está em R$ 1.800 por 12 horas de trabalho de um médico, assim como subimos de outros profissionais que compõem as UTIs, para atender a população, que é o mínimo que a gente pode fazer”, explicou.

Ainda na entrevista, Mauro Mendes reforçou a orientação para que a população, ao sentir os primeiros sintomas de coronavírus (como tosse seca, febre e falta de ar), procure imediatamente um médico para que a situação não se agrave. O Governo do Estado está adquirindo grande quantidade de medicamentos para distribuir às prefeituras, de forma a estarem disponíveis para os pacientes na atenção básica.

Leia mais:   Polícia Civil cumpre mandados contra facção envolvida com tráfico de drogas e tortura em Poxoréu

“O tratamento precoce é uma medida eficaz. Teve sintomas, não fique em casa. Procure um médico, tome o medicamento no início e isso está salvando milhares de vidas e pode salvar a vida de muita gente”, ressaltou.

Esforço para contratação

No momento, há um edital aberto para a contratação de médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório e maqueiros, para atender a demanda nos Hospitais Regionais de Alta Floresta, Cáceres, Colíder, Rondonópolis, Hospital Metropolitano e Hospital Estadual Santa Casa.

Além disso, outro edital foi aberto nesta semana visando a contratação de 24 médicos para atuar no Centro de Triagem e Diagnóstico da Covid-19, em Cuiabá, que começará a atender nos próximos dias. As inscrições podem ser feitas por meio do link: cadastro.mt.gov.br

O Governo do Estado também vai enviar ainda nesta quinta-feira um projeto de lei à Assembleia propondo que os profissionais contratados da Saúde que porventura contraiam a covid-19, possam continuar a serem pagos enquanto estão em período de recuperação, de forma a não ficarem desassistidos. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Policiais Militares atuam na sanitização das unidades da PM no combate ao coronavírus

Publicado

Para evitar a proliferação do novo coronavírus, a Polícia Militar de Mato Grosso está capacitando os policiais para atuarem na sanitização e desinfecção das unidades da corporação. Neste primeiro momento, seis militares do Comando Geral da PM aprendem os procedimentos sanitários com policiais da unidade especializada que receberam a qualificação após instruções recebidas do Corpo de Bombeiros Militar.

Além de multiplicar conhecimento no combate a pandemia em se tratando da higienização dos espaços, o Comando Especializado da Polícia Militar entregou nesta semana  kits de desinfecção e equipamentos de proteção individual para todas as unidades especializadas da PM como Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Batalhão de Operações Policiais Especiais(Bope) Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário e Regimento de Policiamento Montado- Cavalaria.

O comandante das unidades de policiamento especializado da PM, coronel Carlos Eduardo Pinheiro destaca que a união dos policiais em combater o coronavírus. “Desde quando começou a pandemia aqui no comando especializado adotamos todas as medidas preventivas que estavam ao nosso alcance, fizemos aquisições de luvas e máscaras para todas as nossas unidades operacionais, distribuímos termômetros infravermelho para todas unidades e por fim os kits de sanitização. Solicitamos ao Corpo de Bombeiros Militar a capacitação de um policial militar de cada unidade especializada para manusear e realizar a sanitização dos quartéis e viaturas”, explica coronel Pinheiro.

Leia mais:   Atualização cadastral de aposentados deve ocorrer somente após a pandemia

O comandante da ajudância geral da sede da PM, tenente coronel Rodrigo Eduardo Costa conta que a capacitação dos policiais para higienizar os espaços e viaturas da sede da PM começou com dois policiais, mas a expectativa é preparar mais militares para atuarem nesta linha de frente no combate a Covid-19.

Tenente-coronel Eduardo ressalta a importância da união na instituição neste momento difícil para todos. “Com todos unidos podemos combater essa doença que assola tantas famílias. Queremos agradecer o Comando Especializado da PM por nos ajudar nesta missão de manter a higienização dos espaços da PM, isso é um trabalho preventivo que salva muitas vidas”, explica.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana