conecte-se conosco


Política

Com 19 equipes e novidades no regulamento, LNF chega à 21ª edição

Publicado

Minas e Assoeva abrem competição, que terá a volta dos pênaltis no mata-mata e o craque Falcão tentando o 10º título, depois de ter ficado fora da final do ano passado

Maior campeonato de futsal do país, a LNF (Liga Nacional de Futsal) inicia a sua 21ª edição nesta quinta-feira, quando Minas e Assoeva fazem o jogo único do dia às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte. A partida abre a rodada, que terá ainda seis jogos na sexta, um no sábado e outro na segunda, com destaque para o clássico Jaraguá x Carlos Barbosa, com transmissão ao vivo do SporTV a partir das 21h30 desta sexta.

Final liga naciona de futsal: carlos barbosa (Foto: RICARDO ARTIFON)Carlos Barbosa é o atual campeão da LNF (Foto: Ricardo Artifon)

Por conta da desistência do São Paulo, que alegou problemas financeiros para disputar a edição deste ano, a LNF 2016 terá a participação de 19 equipes, incluindo o novato Marreco Futsal, de Francisco Beltrão-PR, que estreia em casa contra o Cascavel nesta sexta. Este ano o campeonato terá cinco fases, com os times jogando todos contra todos em turno único na etapa inicial. Os 16 melhores avançam ao mata-mata, sem a disputa da tradicional fase de grupos.

A grande mudança da temporada fica por conta do método de desempate nas fases eliminatórias, feito através das penalidades máximas, abolidas desde 2011. Até o ano passado, valia o índice técnico geral (ITG), que, desta vez, servirá apenas para traçar os confrontos nas quartas, semifinais e finais – o líder enfrenta o time de pior campanha e assim sucessivamente.

Dentre os 19 participantes da LNF 2016, apenas Carlos Barbosa, Jaraguá, Orlândia e Sorocaba já foram campeões. Antes patrocinado por uma marca de bebidas, o time sorocabano terá uniforme novo para a temporada, uma vez que mudou de parceiro. Outro time que vem repaginado para 2016 é o Joinville, que abandonou o seu tradicional azul, vermelho e branco e passará a usar a camisa do Joinville Esporte Clube, uma vez que as duas equipes firmaram parceria no fim do ano passado.

Leia mais:   Russi quer isenção de IPVA para autoescolas e redução de 50% para transporte de cargas
Simi, pivô do Sorocaba (Foto: Emilio Botta)Falcão terá a companhia de Simi no Sorocaba: camisa 12 tenta o 10º título pessoal da LNF (Foto: Emilio Botta)

O Corinthians será o único “clube de camisa” da LNF 2016. Ainda em busca do primeiro titulo, o Timão tentar superar um incômodo tabu, uma vez que foi eliminado nas semifinais das últimas seis edições do campeonato. Assim como em 2012, 2013 e 2014, o algoz de 2015 foi o Orlândia, que ficou com o vice-campeonato ao perder para o Carlos Barbosa na final.

O outro semifinalista do ano passado foi o Sorocaba, do craque Falcão. Recordista de títulos da LNF com nove canecos (1999, 2005, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014), o camisa 12 ficou de fora da semifinal pela primeira vez desde 2004. Para este ano, o Sorocaba vem com novidades. Saíram o ala Xuxa e o pivô Betão. Chegaram os pivôs Diego, ex-Jaraguá, e Simi, ex- Corinthians.

O Timão também passou por uma grande reformulação. Com um investimento menor em relação aos anos anteriores, o Alvinegro aposta na boa fase do goleiro Guitta, da seleção brasileira, e na experiência dos veteranos Índio e Vander Carioca, contratados para esta temporada. Da equipe do ano passado, saíram jogadores de nome, como o fixo Neto, e o ala Valdin, que jogará a LNF 2016 pela Assoeva.

Corinthians Orlândia Liga Paulista de futsal (Foto: Divulgação/Corinthians)Corinthians será o único “clube de camisa” na Liga Nacional de Futsal deste ano (Foto: Divulgação/Corinthians)

Outros jogadores de seleção brasileira que estarão em ação na LNF deste ano são: Gadeia, Gian, Cabreúva e Jackson (Orlândia), Dudu, Leco e Xuxa (Joinville), Dimas (Concórdia), Franklin (Jaraguá), Thiaguinho (Assoeva), Ciço (MInas), Zico, Murilo e Pito (Carlos Barbosa). Este último está de saída para o futsal espanhol após brilhar com a camisa da equipe laranja no ano passado.

Com cinco títulos, o Carlos Barbosa é o maior campeão da LNF, seguido pelo Jaraguá, com quatro, e o Ulbra, com três. Atlético-MG e Orlândia somam dois troféus cada. Internacional, Vasco, Santos e Sorocaba foram campeões uma vez. Confira o histórico da Liga Nacional de Futsal:

Leia mais:   Botelho confirma emendas para projeto "Marcos Urbanos para Várzea Grande"

1996 – Campeão: Internacional; vice: Vasco-RS
1997 – Campeão: Atlético-MG; vice: Ulbra
1998 – Campeão: Ulbra; vice: Carlos Barbosa
1999 – Campeão: Atlético-MG; vice: Rio Miécimo
2000 – Campeão: Vasco; vice: Atlético-MG
2001 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Ulbra
2002 – Campeão: Ulbra; vice: Minas
2003 – Campeão: Ulbra; vice: Carlos Barbosa
2004 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Ulbra
2005 – Campeão: Jaraguá; vice: Atlântico Erechim
2006 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Jaraguá
2007 – Campeão: Jaraguá; vice: Joinville
2008 – Campeão: Jaraguá; vice: Ulbra
2009 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Jaraguá
2010 – Campeão: Jaraguá; vice: Marechal Rondon
2011 – Campeão: Santos; vice: Carlos Barbosa
2012 – Campeão: Orlândia; vice: Joinville
2013 – Campeão: Orlândia; vice: Concórdia
2014 – Campeão: Sorocaba; vice: Orlândia
2015 – Campeão: Carlos Barbosa; vice: Orlândia

jogos da primeira rodada da lnf 2016

14/04 (qui) – 20h – Belo Horizonte – Minas x Assoeva
15/04 (sex) – 21h30 – Jaraguá do Sul (SC) – Jaraguá x Carlos Barbosa (com SporTV)
15/04 (sex) – 20h15 – São José dos Campos (SP) – São José x Floripa
15/04 (sex) – 20h15 – Francisco Beltrão (PR) – Marreco x Cascavel
15/04 (sex) – 20h15 – Concórdia (SC) – Concórdia x Umuarama
15/04 (sex) – 20h15 – Joinville (SC) – Joinville x Guarapuava
15/04 (sex) – 20h15 – Tubarão (SC) – Tubarão x Corinthians
16/04 (sáb) – 20h – Erechim (RS) – Atlântico Erechim x Alaf
18/04 (seg) – 19h15 – Marechal C. Rondon (PR) – Marechal Rondon x Sorocaba (com SporTV)

Comentários Facebook

Política

Deputado defende auxílio para compra de medicamentos aos agentes da segurança pública de MT

Publicado


O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), durante a 1° reunião extraordinária da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, nesta última terça-feira (20), informou sobre o encaminhamento de ofício à Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) que aponta a necessidade no fornecimento de auxílio para a compra de medicamentos aos profissionais da segurança pública contaminados pela Covid-19, principalmente por serem linha de frente, sem interrupção na prestação de serviço à sociedade, desde o início da pandemia.

O parlamentar frisa que recebe com frequência pedidos de servidores ou familiares que precisam de ajuda com medicações e outras necessidades relacionadas ao tratamento da doença. “Aqueles que estão em tratamento ou recuperação pós-Covid pedem socorro! Não ficam só atrás de leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). As famílias de agentes ficam desesperadas, pois tem momentos que precisam de remédios para atender seus entes na UTI. É preciso que a Sesp e SES (Secretaria de Saúde) fiquem mais próximas, nos casos mais graves, oferecendo assistência financeira para aquisição de medicamentos”, declara Claudinei que é membro titular da Comissão de Segurança.

Leia mais:   Projeto de lei incentiva vacinação em empresas privadas

Posicionamento

Durante a explanação, o parlamentar comentou que o retorno da Sesp ao ofício encaminhado, infelizmente, não informa sobre o fornecimento do auxílio de medicação aos integrantes das forças de segurança, apenas as iniciativas tomadas para manter a integridade física dos servidores ativos neste período da pandemia.

“O auxílio saúde é um tema importante, sobre a viabilização para as forças de segurança, pois já vimos exemplos de outros estados brasileiros, governos estaduais que têm ajudado de forma financeira os profissionais da segurança pública que estão se contaminando com a Covid-19 e muitos não tem condições, como a questão de internação, entre outras necessidades para o tratamento da doença”, reforça Claudinei.

Ele acrescenta que o governo estadual poderia buscar uma forma de adquirir de forma mais rápida e econômica os remédios precisos, pois tem uns que são muito caros. De acordo com o deputado Dr. João, membro titular da Comissão de Segurança, existe uma medicação especial que, infelizmente, hoje está seis vezes mais cara do que era antes. “Bem caro este remédio. Existem profissionais da saúde que, também, são linha de frente, que conseguiram alguma coisa, financeiramente, nada mais justo para o pessoal da segurança”, posiciona o parlamentar.

Leia mais:   Deputado debate divisão territorial em Nova Ubiratã

Resposta

Um quadro com casos de servidores da segurança pública que foram contaminados pela Covid-19, no período de março de 2020 a 2021, também foi apresentado pela Sesp. Os dados apontam que foram 2.573 casos confirmados, 352 afastados por suspeitas de infecção, 2.340 recuperados e 30 óbitos. “Este é um quadro desatualizado, sendo que no início do mês de abril, já tinha mais de 40 óbitos de servidores da segurança pública. Mas, essas informações pelo menos nos dá um parâmetro da realidade vivenciada pela segurança pública com a Covid-19”, comenta Claudinei.

No documento, a Secretaria também apresenta as principais iniciativas e medidas adotadas, conforme as diretrizes do atual governo, realizadas para proteger a saúde dos agentes de instituições da segurança pública. Dentre elas, estão os regimes de plantões aplicados, teletrabalho aos servidores que se enquadram no grupo de risco, intensificação na desinfecção de unidades com maior circulação de pessoas,  disponibilização de álcool em gel, máscaras, entre outros Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e realização de testes rápidos para detectar a doença.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Max Russi anuncia R$ 700 mil para Jaciara durante entrega de ambulância

Publicado


Russi participou da entrega de uma nova ambulância para o município, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Emanuel Pinheiro .

Foto: MAYCON FALCONY / ASSESSORIA DE GABINETE

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Max Russi (PSB), anunciou durante a manhã desta quinta-feira (22) a destinação de R$ 700 mil para custeio das ações de saúde em Jaciara, assim como a aquisição de equipamentos e insumos para o tratamento de pacientes com Covid-19. Russi participou da entrega de uma nova ambulância para o município, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Emanuel Pinheiro (PTB), o Emanuelzinho. 

Max Russi alegou que, com a pandemia, as despesas na área da Saúde tiveram um aumento substancial, isso em todos os municípios de Mato Grosso, principalmente Jaciara, que tem sido polo para as outras cidades do Vale do São Lourenço, também composto por São Pedro da Cipa, Juscimeira e Dom Aquino. “Essa é uma emenda de R$ 700 mil para custeio da saúde, num momento delicado e de extrema necessidade”, justificou.

Leia mais:   Comissão de Segurança Pública quer dados do Governo do Estado sobre efetivo de policiais

Além da prefeita Andreia Wagner (PSB), o prefeito de São Pedro da Cipa, Eduardo Português (PSB), também participou da solenidade, que seguiu todos os protocolos preconizados pelas autoridades de saúde. O gestor da cidade vizinha formalizou a doação de uma UTI móvel para Jaciara, em regime de comodato. 

“Para nós é uma felicidade muito grande poder ajudar o município, tendo em vista que a nossa referência em saúde é Jaciara. E, com certeza, essa UTI móvel será muito bem utilizada pelo município. Essa união só tem a beneficiar todo a nossa região”, avaliou. 

Os novos, investimentos, conforme a prefeita Andreia Wagner, vieram em um momento mais do que oportuno. Andreia tem atuado firme nas ações de combate à pandemia.  “A nossa Saúde está precisando muito, nesse momento de pandemia. Assim só temos a agradecer ao deputado Emanuelzinho por ter doado essa ambulância, ao deputado Max Russi pela emenda de 700 mil para custeio das nossas ações de combate à Covid e o prefeito Eduardo, que está nos concedendo essa UTI móvel e outros equipamentos, como monitor cardíaco, tudo para ajudar nosso hospital municipal”, comemorou.

Leia mais:   Deputado debate divisão territorial em Nova Ubiratã

Jaciara já vacinou 4.864 pessoas até o dia 20 de abril deste ano, além de 313 aplicações realizadas no feriado de Tiradentes, que ainda não foram computadas pela SES, somando 5.177 vacinas aplicadas. Os dados são do Painel de Distribuição de Vacinas (Vacinômetro), divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana