conecte-se conosco


Mato Grosso

Colônias de Férias proporcionam diversão e conhecimento para crianças

Publicado

As férias de julho estão mais animadas para as crianças que participam das colônias de férias na Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça ou no Museu de Arte Sacra de Mato Grosso. Aliando diversão e conhecimento, os dois espaços culturais oferecem atividades lúdicas, gincana, cinema, jogos educativos, teatro de fantoche, oficinas e muita brincadeira nos dias de programação.

Miguel dos Santos Lima, 9 anos, confessou que queria passar as férias jogando videogame. Foi para a biblioteca meio desanimado e por insistência da mãe. Porém, chegando lá, se envolveu nas atividades e terminou gostando. “Está muito legal, curti o filme e a oficina de boneco”.

A mãe, Ivone dos Santos, contou que viu a programação e motivou o filho a participar, na esperança de mostrar a ele outras formas de diversão. “Ele está nessa fase de resistir à leitura, quer ficar jogando no celular. Consegui trazê-lo e valeu muito à pena”.

A colônia de férias na Biblioteca Estevão de Mendonça segue até esta quinta-feira (18.07), das 13h às 16h30, e é gratuita. Com mais de 300 crianças inscritas nos três dias, a organização estima um atendimento de pelo menos 450 pessoas, incluindo os acompanhantes.

Além das atividades pedagógicas (cinema, oficinas de slime – massinha – e criação de boneco, entre outras), o jardim externo foi preenchido com pula-pula, escorregador e piscina de bolinhas, que chamam a atenção de quem passa em frente ao Palácio da Instrução. Em um dos jardins internos, a equipe montou um cantinho com pufes para as descansarem ou lerem. No outro lado, elas podem aproveitar o carrinho de pipoca, algodão doce e cachorro-quente servidos de lanche.

Leia mais:   SES divulga resultado final da prova escrita do Hospital Regional de Alta Floresta

“Está sendo muito legal. É a primeira vez que venho e quero aprender a fazer slime. Vou participar todos os dias”, revelou Maria Eduarda, 9 anos.

Pesquisando programação de férias para a filha Isadora, de 7 anos, Jéssica Ferreira Lima levou a menina e candidatou-se como voluntária. Ela destacou que escolheu a biblioteca por acreditar que a colônia neste espaço valoriza a cultura e o conhecimento, além de ser uma atividade gratuita. 

“Os filhos ficam de férias, mas nem sempre os pais conseguem, então decidi ser voluntária para ajudar essas pessoas que não podem vir junto com as crianças e a biblioteca também traz essa segurança para os pais deixarem os filhos”.

Outro espaço com uma programação diferente é o Museu de Arte Sacra de Mato Grosso. O espaço abriu as portas para crianças de 6 a 11 anos em uma programação especial que segue até domingo (21.07). As atividades começaram na quarta-feira (17.07) com visitas guiadas para conhecer o acervo, além de jogos educativos.

Nos outros dias, haverá oficinas (desenho com Carlos Pina e montagem de camiseta com Lua Brandão), modelagem de argila e teatro de fantoche. As crianças também irão participar de um treinamento para serem mediadores mirins, e ao final poderão fazer a condução de uma visita, apresentando o museu para familiares. Ao fim, haverá apresentação de uma peça de teatro de fantoches e será montada uma exposição com os trabalhos desenvolvidos pelos participantes.

Leia mais:   PM apreende adolescente com 57 porções de cocaína e 11 de maconha

Cheia de ansiedade, Ana Luisa Dias, 8 anos, conta que mal dormiu esperando pela colônia de férias no museu. “Estou gostando de tudo, eu não conhecia a história da igreja que foi demolida”, explica, contando sobre a atividade em que aprendeu sobre a catedral de Cuiabá.

Também muito animado com tudo, Rafael Reis, 5, disse que estava empolgado porque adora participar de colônia de férias. “Ano passado fui em uma de fazer comida e slime”. Ele, que inclusive diz já conhecer vários museus, agora escolheu o de Arte Sacra como o preferido. “É o mais legal porque tem colônia”.

A colônia de férias no Museu de Arte Sacra ocorre o dia todo, com duas turmas de idades diferentes. Para o público de 6 a 8 anos, as atividades ocorrem das 8h às 12h. Os maiores, de 9 a 11 anos, participam no período da tarde, das 13h às 17h.

Serviço

Mais informações sobre a colônia de férias podem ser obtidas diretamente na Biblioteca (65) 3613-9240/9230 e no Museu (65) 3056-1373.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Sema resgata 12 tartarugas nas Regiões do Araguaia e do Xingu; 8 pessoas foram presas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Confresa, ONG aliança da Terra e Polícia Militar, resgatou 12 tartarugas durante operação de 10 dias, realizada no fim de julho, que  abrangeu 13 municípios de Mato Grosso. A ação envolveu áreas de preservação permanente e do Parque Estadual do Xingu.

As tartarugas foram devolvidas ao seu habitat natural. Também foram apreendidos 110 quilos de peixes das espécies matrinchã, pacu, ferrada, piau, sardinha e pirarucu, carnes de caça e apetrechos proibidos de pesca como redes, espinhéis, arpão e bóias.

A operação ocorreu nos seguintes municípios: Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara, Santa Teresinha, Vila Rica, Confresa, Porto Alegre do Norte, Cana brava do Norte, Alto Boa Vista, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu.

Além das ações contra a pesca predatória, os fiscais atuaram também contra as queimadas florestais, ao se depararem com um foco de incêndio de grande porte em Jacaré Valente, Distrito de Confresa, atingindo cerca de 60 hectares de mata.

Leia mais:   Curso de Técnicas de Controle da Rotam termina nesta segunda-feira (19)

Ao final da operação oito pessoas foram conduzidas para delegacia e os peixes apreendidos foram doados para o Hospital de São Félix do Araguaia.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Curso de Técnicas de Controle da Rotam termina nesta segunda-feira (19)

Publicado

Depois de 27 dias, encerra nesta segunda-feira (19.08), às 9 horas, no auditório Comando Geral da Polícia Militar, o 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão, promovido pela Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam). Os 17 alunos do aprimoramento receberam instruções de alternativas do uso da força, através de métodos de artes marciais adaptados para a atividade policial.

O objetivo do curso foi preparar os agentes públicos para situações críticas de manutenção da ordem, onde é necessário o emprego de técnicas, táticas e meios diferenciados de uso da força. Além de proporcionar aos alunos, maior capacidade técnica de resolução de conflitos, dentro dos princípios da legalidade, proporcionalidade, moderação e conveniência, resguardando os direitos e garantias fundamentais dos cidadãos. 

Participaram do curso policiais da Rotam, do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Cavalaria, Força Tática do 1º CR, militares do 24º Batalhão,  Grupo Especial de Fronteira (Gefron), agentes penitenciários e investigadores da Polícia Judiciária Civil.

Na grade curricular, por exemplo, foram destacadas noções sobre Direitos Humanos; Legislação sobre o uso da força; História das algemas; Física aplicada à técnica policial; Sobrevivência policial; Defesa pessoal; Instrumentos de menor potencial ofensivo; Fundamentos de técnicas de solo e procedimentos de algemação tática, entre outros.

Leia mais:   CGE treina as Unidades Setoriais de Controle Interno para uso do sistema de monitoramento

Serviço

Encerramento do 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão

Data e hora: segunda-feira (19.08), às 9h

Local: Auditório do Comando Geral da Polícia Militar

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana