conecte-se conosco


Esportes

Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

Publicado

A previsão é de que os enfrentamentos ocorram no período noturno, de quarta (22) até sexta (24), integral, no sábado (25), e as finais no matutino, no domingo (26)

A 8ª etapa do Circuito Estadual de Tênis, competição organizada pela Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), começa nesta quarta-feira (22) e segue até domingo (26.06), no Cuiabá Tênis Clube, na capital de MT, fase com 147 inscrições registradas e promovida pelo torneio 2ª Copa Borges Veículos. E, dentre as partidas, os confrontos mais esperados podem acontecer entre Rivaldo Barbosa e Matheus Domingos, Vinícius Furquimm e Tiago Castro, Flávio Muller e Teófilo Barros Jr e Maria Mendes e Maralice Lopes.

Na 1ª Classe até 34 anos, a categoria mais disputada do tênis mato-grossense, Rivaldo Barbosa lidera o ranking estadual com 410 pontos e com uma elástica folga do vice-líder, Bryan Kuntz aos 210 pontos. E como Kuntz não se inscreveu nesta etapa, Barbosa deve avançar ainda mais na ponteira do circuito. Tendo Matheus Domingos Denti (8º lugar/ 80 pontos) como adversário mais proeminente para este torneio específico.

Leia mais:   AL aprova projeto que proíbe 'sujar o nome' durante a pandemia

Na 2ª Classe, a segunda principal categoria da modalidade, Vinícius Furquimm (2º do ranking) com 210 e Tiago Castro (3º lugar) com 200 pontos são os inscritos melhores classificados no rankeamento. O líder, Igor Gabriel Lima, de Primavera do Leste, com 300 pontos, ficará de fora da fase. Mas, no calcanhar deles, estarão presentes Mateus Sampaio (6º) com 160 e Kaue Noatto (7º empatado) com Salomão Cezar Carneiro (7º) com 150 pontos.

Na 1ª Classe acima de 34 anos, o embate entre Flávio Muller (1º com 420) e Teófilo Barros Junior (2º com 360 pontos) promete uma disputa acirrada e fortes emoções, caso o chaveamento favoreça o encontro. Ambos estão hegemônicos nessa categoria e tem se encontrado nas finais da classe e, no ano passado, Barros Jr foi o campeão estadual geral e Muller o vice-campeão. E na lanterna dos dois está o tenista Pedro Nunes (3º) com 200 pontos.

Na 1ª Classe Feminina, Maria do Carmo Mendes (1ª) com 350 pontos e Maralice Lopes (2ª) com 230 encabeçam como favoritas ao título do torneio e do ranking 2016. Aos 53 anos de idade, Maria Mendes, a campeã estadual geral de 2015, enfrenta e conquista vitórias em cima de tenistas com faixa etária de 17 a 38 anos. Com chances de um título de bicampeão estadual.

Leia mais:   AL aprova projeto que proíbe 'sujar o nome' durante a pandemia

Classe Especial

De acordo com o vice-presidente da FMTT, Wallace Romio, essa próxima etapa do Circuito de Tênis terá uma categoria extra exclusiva para os profissionais da modalidade, chamada de 1ª Classe Pro e com premiação em dinheiro. Nela estão inscritos tenistas profissionais, como os professores Ariovaldo Custódio, Robson Nunes e Emerson de Souza. E, além deles, outros prodígios regionais como Mathaus Spiering, Carlos Fernandes Neto, Lucas Lima e Walter Storck Jr. Com entrada gratuita para o público em todos os jogos do torneio.

Serviço

O Cuiabá Tênis Clube fica localizado na Rua Trinidade e Tobago, nº 375, bairro Jardim Califórnia, em Cuiabá. A previsão é de que as partidas começam às 18h. E para mais informações o contato da sede do torneio é (65) 3634-3308.

Junior Martins / assessoria FMTT

Comentários Facebook

Destaque

AL aprova projeto que proíbe ‘sujar o nome’ durante a pandemia

Publicado

Assessoria

Os deputados estaduais aprovartam um projeto de lei que proíbe a inclusão de nome dos consumidores nos órgãos de proteção ao crédito durante a pandemia do novo coronavírus. Com isso, as empresas de Mato Grosso ficam proibidas de ‘sujar’ o nome dos clientes enquanto perdurar o decreto de calamidade no estado.

O projeto defendido pelo deputado estadual Paulo Araújo (Progressista) chegou a ser rejeitado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), mas por 21 votos a 0, os deputados derrubaram em plenário o parecer e aprovaram o projeto de lei do progressista.

O projeto foi lido pela primeira vez em 13 de abril, passou pela Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte em 22 de abril. Foi aprovado em 1ª votação em 29 de abril e já recebeu dispensa de pauta por se tratar de covid-19. Voltou para o núcleo econômico e foi novamente aprovado na Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte em 5 de maio e no mesmo dia foi apreciado e reprovado pela CCJR, recebeu modificações tramitou novamente até a CCJR e foi reprovado. Em 24 de junho foi para plenário e teve o parecer da comissão derrubado. Agora o texto vai a redação final, formalidade apenas para corrigir pontos da redação.

Leia mais:   AL aprova projeto que proíbe 'sujar o nome' durante a pandemia

Na justificativa do projeto, o deputado diz que “tal medida é amplamente necessária nesse momento, tendo em vista que muitos trabalhadores tiveram sua renda comprometida e estão passando por dificuldade financeiras por conta da política de isolamento”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Confira lista de municípios com classificação de risco muito alto de contaminação

Publicado

Assessoria

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta sexta-feira (26.06), o Boletim Informativo n°110com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 9) que 15 municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sorriso, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Tangará da Serra, Campo Verde, Cáceres, Matupá, Querência, Pedra Petra, Nossa Senhora do Livramento e Porto Esperidião.

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, outros 64 municípios estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus: Pontes e Lacerda, Sinop, Barra do Garças, Marcelândia, Campo Novo do Parecis, Guarantã do Norte, Poconé, Vila Rica, Vila Bela da Santíssima Trindade, Peixoto de Azevedo, Jaciara, Água Boa, Diamantino, Nova Ubiratã, Poxoréu, Canarana, Mirassol do Oeste, Feliz Natal , Sapezal, Santo Antônio do Leste, Juína, Porto do Gaúchos, Santa Carmem, Juscimeira, Pontal do Araguaia, Ribeirão Cascalheira, Vera, Alto Araguaia, Chapada dos Guimarães, Jangada, Gaúcha do Norte, Santo Antônio do Leverger, Nova Santa Helena, Barra do Bugres, Ipiranga do Norte, Juara, Campinápolis, Colíder, Lambari D’ Oeste, Terra Nova do Norte, Claudia, General Carneiro, Juruena, São José dos Quatro Marcos, Curvelândia, Santa Cruz do Xingu, São José do Rio Claro, Tabaporã, Alto Garças, Itiquira, São Felix do Araguaia, Arenápolis, Nova Maringá, Novo Santo Antônio, São José do Povo, Alto Paraguai, Dom Aquino, Rio Branco, Serra Nova Dourada, União do Sul, Brasnorte, Porto Alegre do Norte, Nortelândia e Nova Brasilândia . Todos os municípios listados acima devem adotar medidas restritivas de circulação local de pessoas, para conter o avanço da doença.

Leia mais:   AL aprova projeto que proíbe 'sujar o nome' durante a pandemia

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais  clique AQUI .

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT disponíveis neste link.

Veja a tabela de classificação de risco por município

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

Leia mais:   AL aprova projeto que proíbe 'sujar o nome' durante a pandemia

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Secretaria Adjunta de Comunicação (Secom)
Governo do Estado de Mato Grosso


Tel.: (65) 3613-4300
www.mt.gov.br


Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo “GERAL” dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para geral+unsubscribe@gcom.mt.gov.br.
Para ver essa discussão na Web, acesse https://groups.google.com/a/gcom.mt.gov.br/d/msgid/geral/CAMJfftYacASgRSqS8P0qDdgHH29i-cpWcZzh8hPWHTF5xbrtzQ%40mail.gmail.com.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana