conecte-se conosco


Mato Grosso

CGE participa do Seminário de Contabilidade e Governança do Setor Público

Publicado

O secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, participou do II Seminário de Contabilidade e Governança do Setor Público, promovido pelo Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso (CRCMT), na última semana.  

O titular da CGE destacou a importância do debate citando que os contadores têm um papel fundamental dentro da gestão pública para contribuir no combate ao desperdício, aos desvios e à corrupção.

“É um momento de maturidade e de aprendizagem. Teremos a oportunidade de debater e engrandecer ainda mais a sociedade, os contadores têm um papel importante nisso. Precisamos de encontros e debates como esses para que possamos melhorar cada vez mais os trabalhos, a prestação de serviços e melhorar nosso Estado”, comentou.

O seminário teve como objetivo a construção de uma melhor compreensão da função da contabilidade na administração pública, demonstrando a importância dessa ferramenta para a garantir o fortalecimento e aprimoramento dos controles e da boa governança pública no combate aos desvios de recursos, irregularidades e corrupção.

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Mato Grosso (CRC-MT), Manoel Lourenço de Amorim da Silva, aproveitou o momento para ressaltar que o evento é “um sonho realizado”, já que vários órgãos de todos os poderes participaram do debate.  

Leia mais:   Biblioteca Estevão de Mendonça abre inscrição para curso gratuito de Braille

Ele avaliou ainda que as organizações e entidades precisam trabalhar constantemente para ter a contabilidade organizada, pois, assim poderão garantir as contas públicas em dia e as boas práticas de governança.

“A gente entende que as organizações precisam estar com sua contabilidade em dia porque estão recebendo dinheiro público e precisam prestar contas. E, assim, nós poderemos ter a certeza que as organizações da sociedade civil estão cumprindo a legislação”, disse.

Participaram do evento representantes da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT), da Universidade Federal de Brasília (UNB), da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), da Controladoria-Geral da União (CGU), do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), entre outras instituições.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Sema resgata 12 tartarugas nas Regiões do Araguaia e do Xingu; 8 pessoas foram presas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Confresa, ONG aliança da Terra e Polícia Militar, resgatou 12 tartarugas durante operação de 10 dias, realizada no fim de julho, que  abrangeu 13 municípios de Mato Grosso. A ação envolveu áreas de preservação permanente e do Parque Estadual do Xingu.

As tartarugas foram devolvidas ao seu habitat natural. Também foram apreendidos 110 quilos de peixes das espécies matrinchã, pacu, ferrada, piau, sardinha e pirarucu, carnes de caça e apetrechos proibidos de pesca como redes, espinhéis, arpão e bóias.

A operação ocorreu nos seguintes municípios: Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara, Santa Teresinha, Vila Rica, Confresa, Porto Alegre do Norte, Cana brava do Norte, Alto Boa Vista, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu.

Além das ações contra a pesca predatória, os fiscais atuaram também contra as queimadas florestais, ao se depararem com um foco de incêndio de grande porte em Jacaré Valente, Distrito de Confresa, atingindo cerca de 60 hectares de mata.

Leia mais:   Galeria Lava Pés recebe nova exposição coletiva que segue em cartaz até outubro

Ao final da operação oito pessoas foram conduzidas para delegacia e os peixes apreendidos foram doados para o Hospital de São Félix do Araguaia.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Curso de Técnicas de Controle da Rotam termina nesta segunda-feira (19)

Publicado

Depois de 27 dias, encerra nesta segunda-feira (19.08), às 9 horas, no auditório Comando Geral da Polícia Militar, o 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão, promovido pela Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam). Os 17 alunos do aprimoramento receberam instruções de alternativas do uso da força, através de métodos de artes marciais adaptados para a atividade policial.

O objetivo do curso foi preparar os agentes públicos para situações críticas de manutenção da ordem, onde é necessário o emprego de técnicas, táticas e meios diferenciados de uso da força. Além de proporcionar aos alunos, maior capacidade técnica de resolução de conflitos, dentro dos princípios da legalidade, proporcionalidade, moderação e conveniência, resguardando os direitos e garantias fundamentais dos cidadãos. 

Participaram do curso policiais da Rotam, do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Cavalaria, Força Tática do 1º CR, militares do 24º Batalhão,  Grupo Especial de Fronteira (Gefron), agentes penitenciários e investigadores da Polícia Judiciária Civil.

Na grade curricular, por exemplo, foram destacadas noções sobre Direitos Humanos; Legislação sobre o uso da força; História das algemas; Física aplicada à técnica policial; Sobrevivência policial; Defesa pessoal; Instrumentos de menor potencial ofensivo; Fundamentos de técnicas de solo e procedimentos de algemação tática, entre outros.

Leia mais:   Seplag promove workshop sobre a importância do estímulo cerebral

Serviço

Encerramento do 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão

Data e hora: segunda-feira (19.08), às 9h

Local: Auditório do Comando Geral da Polícia Militar

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana