conecte-se conosco


Cáceres e Região

CAMPANHA DE VACINAÇÃO: Deputado fala sobre necessidade de comunicação eletrônica no Indea-MT

Publicado

Mesmo com mais de 30 milhões de animais (maior rebanho do país), pecuaristas de Mato Grosso são obrigados a ir pessoalmente até o órgão fiscalizador durante campanhas de vacinação obrigatória.

Com a proposta de modernizar o atendimento aos produtores rurais de Mato Grosso, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) propôs, nesta quinta-feira (28), ao governo do estado a implantação de um sistema de comunicação eletrônica via internet direcionado para a vacinação de bovinos e bubalinos.

Apesar de possuir o maior rebanho do país, com 30,2 milhões de animais, anualmente, durante as campanhas de vacinação obrigatória, os pecuaristas são obrigados a ir pessoalmente à sede do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) para lançar as informações no sistema do órgão fiscalizador.

“Mesmo com todos os avanços, o que temos hoje é uma instituição pública obsoleta e atrasada, que exige a presença física do produtor, que precisa gastar tempo e combustível para ir até o local fazer as declarações, quando tudo poderia ser resolvido de maneira virtual e muito mais rápida”, avalia o parlamentar.

Leia mais:   Hospital Regional de Cáceres está contratando 10 fisioterapeutas e 14 técnicos de enfermagem

A região oeste, base do deputado, concentra quatro dos dez principais municípios com maior produção na pecuária, segundo estudo da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Entre eles está Cáceres, a nova “capital do gado” e que neste ano, segundo dados do IBGE, está no ranking de 4º maior rebanho do país, com 1,1 milhão de cabeças.

Também há Vila Bela da Santíssima Trindade (980 mil), Pontes e Lacerda (663,5 mil) e Porto Espiridião (574,4 mil). Juntos, os três somam 3,3 milhões de animais. “Nosso setor produtivo é atuante e empreendedor, um exemplo é Cáceres, que nos últimos dez anos teve uma evolução de mais de 10%. Já Porto Esperidião triplicou seu rebanho, apresentando uma evolução de mais de 300% entre 1994 e 2014”, explica Dr. Gimenez.

Ele destaca que o sistema eletrônico já foi adotado neste ano por estados vizinhos, como o Tocantins. O programa “Produtor Online” garante a veracidade das informações lançadas por meio de dados da nota fiscal da compra do produto. Como Mato Grosso já possui a comunicação eletrônica de GTA (guia de transito animal), a proposta do parlamentar é ampliar o serviço para abranger todas as etapas via internet.

Leia mais:   Secretaria de Saúde pede que MPE notifique cidades classificadas como “risco muito alto”

“Além de facilitar para o pecuarista, também vai gerar mais celeridade e economicidade ao próprio setor público, que vai inclusive conseguir fazer como o estado vizinho que vem conseguindo fechar os relatórios das campanhas para o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) muito mais rapidamente, ou seja, essa é uma ferramenta necessária para todos”, finaliza o parlamentar.

Livre da Aftosa

Desde 2005, as etapas da vacinação contra febre aftosa têm alcançado índices de vacinação superiores a 99%. Em 1996 ocorreu o último foco da doença no estado e, atualmente, Mato Grosso é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação.

Por Assessoria

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Em Cáceres, 470 casos suspeitos de Covid-19 esperam por resultados de exames do Lacen-MT

Publicado

Assessoria

Os números oficiais da Covid em Cáceres cresceram nas últimas 48 horas, segundo o boletim epidemiológico divulgado neste sábado (4) e chegaram a 377 casos confirmados, um crescimento de 46 novos casos.

O que tem preocupado, por exemplo, são os casos em investigação que ainda esperam por resultados dos exames.

Cáceres tem 470 pessoas aguardando resultados de exames.

Os dados divulgado neste sábado (4), estão curados 81 pessoas , 15 estão internadas e 19 óbitos.

Segundo as informações da Secretaria Municipal de Cáceres os exames têm levado até 10 dias para chegar os resultados, mais que o Lacen-MT começou a normalizar os envios dos exames nos últimos dias.

De acordo com a SES-MT os resultado de exame para a covid-19 já atrasaram em até 18 dias em Mato Grosso, desde a redução da capacidade de processamento diário pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT).

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) passou a divulgar, intermitentemente, no dia 12 do mês passado, os casos de morte notificados a cada 24 horas, intervalo de atualização dos boletins informativos diários.

Leia mais:   Hospital Regional de Cáceres está contratando 10 fisioterapeutas e 14 técnicos de enfermagem

Segundo o boletim epidemiológico do governo de Mato Grosso, 20.333 casos de Covid-19 foram confirmados desde o inicio da pandemia, sendo registrados 786 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

IMG-20200704-WA0403.jpg
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Melhor escola de MT em redação no Enem é de Cáceres

Publicado

Assessoria – GD

A inspiração para as redações pode vir de vários lugares, inclusive da poesia. Esse é a proposta do Centro Educacional Anália Franco, em Cáceres (225 km a oeste da Capital) escola que teve a melhor nota de redação do Enem em Mato Grosso e a 14ª melhor do Brasil, segundo os resultados divulgados pelo Ministério da Educação.

Por lá, a média da nota da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi de 921,11, bem acima de instituições tradicionais no estado. E entre as atividades, que continuam mesmo durante a pandemia, está a leitura de poemas de autora mato-grossense Luciene de Carvalho, que foi tema de um sarau literário online.

Segundo os dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), as 10 melhores escolas no Enem no quesito redação foram particulares, porém, a surpresa foi o primeiro lugar do ranking, uma escola do interior, que até então não era muito conhecida.

Além da Anália Franco, constam entre as 10 melhores em redação o CIN ITA Medicina (média 896,73), Prina Pitt (865,19), Escola Presbiteriana de Alta Floresta (860), Colégio Maxi (846,67), Casinha Feliz Centro de Ensino (825), Colégio Ideal (824), Colégio Salesiano São Gonçalo (815,38), Colégio Notre Dame de Lourdes (815) e Salesiano Santo Antônio (810,4).

Comentários Facebook
Leia mais:   Hospital São Luiz envolve família para homenagear colaboradores
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana