Considerada uma das obras físicas mais importantes nos últimos 50 anos para Mato Grosso, foi lançado neste final de semana a ordem de serviço para a construção da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), localizada no município de Cáceres. Uma obra que abrirá um novo ciclo econômico para o estado, a ZPE vai gerar uma média de cinco mil empregos, sendo dois diretos e três mil indiretos.

Representante eleito por Cáceres e região, o deputado Dr. Leonardo (PSD) foi o parlamentar responsável por aprovar, em tempo Record de duas semanas, o Projeto de Lei 619/2015, que autorizou o Poder Executivo se tornar sócio majoritário da ZPE, com o investimento de R$ 15 milhões para esta primeira etapa das obras.

Em um trabalho intenso em Brasília, junto ao Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPEs), vinculado ao Ministério de Indústria, Comércio Exterior e Serviços, ele conseguiu prorrogar o prazo da ZPE de Cáceres. Acontece que por conta de tramites burocráticos, Mato Grosso corria o risco de perder a ZPE.

Cáceres estava há 20 anos sem um representante no Parlamento estadual e por conta disso, acabou ficando esquecida. A cidade precisava de um representante que brigasse pelos interesses do município e pela efetiva conclusão da ZPE, como vem fazendo o deputado Dr. Leonardo. Desde que assumiu a cadeira na Assembleia Legislativa, a cidade voltou a ser palco das discussões. O governador Pedro Taques tem olhado a região com outros olhos e levados grandes investimentos em diversos setores. A pavimentação das rodovias da região, como a MT 343, a Avenida Tancredo Neves, 07 de Setembro, a construção da Escola Técnica são algumas das obras já em andamento.

“Foram várias reuniões no governo de Mato Grosso, em Brasília. O trabalho é lento, de bastidores, de articulações. Mas, o resultado está aí, para muitos que não acreditaram, para aqueles que duvidaram do nosso trabalho, hoje a nossa resposta foi dada com o lançamento efetivo da obra. Mas, a ZPE por si só não é um milagre, não é só colocar um prédio lá que tudo irá se resolver. Precisamos de discussões maiores e isso já estamos fazendo. Eu comecei essa discussão através da Câmara Temática, instalada no ano passado, para discutir ZPE e Fronteira. Um excelente trabalho que envolve mais de 30 entidades, entre associações, universidades, prefeituras, órgãos e autarquias do governo estadual e federal, de diversas áreas, como saúde, segurança e comércio. Esse grande estudo é para discutir a ZPE num contexto geral, para as futuras gerações. Este será um novo tempo para Cáceres”, destacou Dr. Leonardo.

Lis Ramalho
Assessoria de Imprensa
Deputado Dr. Leonardo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA