conecte-se conosco


Destaque

Cáceres invicto na Centro América de Futsal, mas ainda não sensibiliza autoridades que poderiam ajudar

Publicado

A cidade está sendo muito bem representada pelo Cáceres EC na Copa Centro América de Futebol de Salão, a maior competição em âmbito estadual, são seis jogos de invencibilidade e a classificação para a terceira fase que começa no final da próxima semana.

Mas isso tudo ainda não consegue sensibilizar as autoridades constituídas do município, aquelas que muito bem poderiam dar uma mão e garantir um pouco mais de tranquilidade para a jovem diretoria e seus promissores pupilos.

Lamentavelmente a equipe que representa Cáceres tem sobrevivido na competição graças a união, garra e talento de seus bravos e talentosos atletas.

“Eles confiaram em nossa proposta de trabalho, mesmo sabendo que não ganhariam o que merecem, afinal, os recursos e patrocinadores são poucos, mesmo assim estão rendendo muito dentro da quadra”, analisa o responsável pela parte técnica, o professor Alex Ferro.

Classificado para a terceira fase da competição que acontecerá nos dias 1 e 2 de julho (sábado e domingo), o time não sabe ainda onde serão os jogos. Os adversários já são conhecidos: Arão representante de Rondonópolis atual campeão estadual; Panelinha, Cuiabá; além de Primavera do Leste.

Leia mais:   Após mais de 20 dias, termina bloqueio na fronteira de Brasil e Bolívia na localidade de San Matias

Para sediar a próxima fase do torneio, a cidade de Cáceres terá que oferecer alimentação e hospedagem para essas três delegações visitantes, além de pagar a taxa de R$ 1,5 mil à Federação. Valor esse que a diretoria sob o comando de Marcelo Santana já levantou entre amigos.

Caso até esta quinta-feira os diretores locais não consigam cumprir as exigências dos promotores, caso específico do alojamento e alimentação das três delegações, a terceira fase será transferida para a cidade de Rondonópolis, lamentavelmente.

Campanha maiúscula

São essas as seis partidas de invencibilidade do quinteto cacerense:

Cáceres 3 x 2 Rio Branco, Cáceres 2 x 1 Juína, Cáceres 3 x 2 Conquista Doeste. Fase inicial realizada no Didi Profeta.

Cáceres 3 x 3 Mixto, Cáceres 2 x 0 Tangará da Serra, Cáceres 4 x 2 Conquista Doeste. Jogos disputados no Ginásio Dom Aquino, Cuiabá.

Elenco

Formado por pratas da casa, a equipe é composta pelos seguintes  Dirigentes: Canarinho e Tio Jorge e os atletas: Vanderson goleiro, tem chamado atenção da crônica pela segurança e liderança. A experiência do capitão Tuca que retorna ao salonismo após defender e ser campeão com o Cacerense no futebol profissional. Outros valores, Joelmir, Evair Tatu, Felipe, William Bacca, Diego Bolívia, Vandão, Wesley Pimpão, Julian, Maradoninha, Kazinha, Theu e Everton.

Leia mais:   Pesquisadores da Unemat alertam sobre risco de invasão do Tucunaré no Rio Paraguai

Mesmo sofrendo com a falta de apoio, a aguerrida diretoria ainda mantém as esperanças de mandar a próxima fase no Didi Profeta, ter uma boa arrecadação, e presentear os jovens atletas com um merecido bicho com parte da renda das bilheterias.

Antonio Costa

Da Redação

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Depois de 7 meses governo não recuperou escola onde abriu cratera no dia de chuva

Publicado

As salas de aulas do Colégio Estadual Onze de Março (CEOM), condenadas pela Defesa Civil Municipal, permanecem interditadas e os alunos evacuados do prédio, continuam estudando em salas improvisadas da Faculdade do Pantanal (FAPAN). Depois de sete meses, da abertura de uma cratera no meio de uma das salas da escola, ocorrido no dia 9 de abril, o governo do Estado, ainda não providenciou a recuperação do prédio.

“Já encaminhamos à Secretaria de Infraestrutura do Estado, vários documentos cobrando uma posição do governo para a recuperação da estrutura. Mas, infelizmente, ainda não obtivemos resposta” afirma a coordenadora da Defesa Civil Municipal, Arineia Graciela Ardaia assinalando que, técnicos da Sinfra chegaram a elaborar um projeto para reforma das salas afetadas pela cratera. Porém, segundo ela, a reforma ainda não saiu do papel.

O incidente no CEOM ocorreu na noite do dia 9 de abril. Após uma forte chuva abriu-se um enorme buraco de cerca de cinco metros de diâmetro, no meio da sala de aula da escola. Não houve vítimas porque, não havia ninguém, no colégio a essa hora. Assim que informados do caso, no dia seguinte, técnicos da Defesa Civil Municipal, compareceram a escola e orientaram o, imediato, isolamento do bloco, composto por três salas.

Leia mais:   Prefeito demite secretários e fará fusão de secretarias

À época, a coordenadora da Defesa Civil afirmou que havia eminente risco de outras partes do prédio ceder. “A olho nú percebemos que os pisos de outras salas também estão em desníveis. Temos que preservar a vida das nossas crianças” justificou.

Na tentativa de amenizar a possibilidade de uma tragédia, a direção da escola negou que houvesse alunos estudando nas salas. “Essa sala estava isolada, desde o ano passado. Servia apenas de depósito provisório. Nós pressentimos que o piso já apresentava problemas” disse a diretora Maria José de Oliveira Godoy. Contudo, imagens e relatos feitos por alunos, mostraram um amontoado de carteiras e mesas, no fundo da sala.

O coordenador Leocir Antônio Sfozer, informou que a erosão no prédio existe desde 2007. Para não perder o ano letivo, os cerca de 200 alunos que estudavam nas salas condenadas, foram enviados para outros estabelecimentos de ensino. Entre eles, a Faculdade do Pantanal – FAPAN, onde até hoje permanecem. O CEOM é uma das mais antigas e tradicionais escolas do município. No colégio estão matriculados 935 alunos.

Leia mais:   Depois de 7 meses governo não recuperou escola onde abriu cratera no dia de chuva

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Prefeito demite secretários e fará fusão de secretarias

Publicado

A exemplo de anos anteriores, no final deste ano, o prefeito Francis Maris Crus (PSDB) fará mudanças no secretariado, começando o próximo ano, com novos nomes no staff e fusões em secretarias. Desta vez, a secretária mais antiga da administração, Nelci Eliete Longhi puxou a fila. Depois de sete anos, Nelci foi substituída, na secretaria de Fazenda e Planejamento, pelo advogado Gustavo Calábria. O próximo que deverá deixar a pasta será o assessor Especial do prefeito o advogado Maikon Carlos de Oliveira.

A informação é de que Maikon Oliveira pediu para sair. Francis não confirma. Porém, informações de interlocutores do gabinete, asseguram que outras “peças” do secretariado serão remanejadas até o final do ano. O que o prefeito se convenciona chamar de “reoxigenação”. “São mudanças que ocorrem em qualquer administração. É normal essa reoxigenação da máquina. Seja por questões econômicas seja por ajustes normais nas secretarias” assinala confirmando o pedido de demissão do assessor.

“Estamos avaliando alguns currículos de pessoas que podem substituir o assessor especial Maikon Oliveira que pediu para sair” disse lembrando que, a posse do secretário Gustavo Calábria substituto de Nelci Longhi deverá ocorrer na segunda-feira.

Leia mais:   Após mais de 20 dias, termina bloqueio na fronteira de Brasil e Bolívia na localidade de San Matias

Além de mudanças no secretariado, com a proposta de “enxugar” ainda mais a máquina pública, o prefeito irá realizar a fusão de algumas secretarias. A Secretaria de Fazenda, por exemplo, irá juntar-se com a de Finanças, tendo como titular a secretária Arly Monteiro Rodrigues. Outra fusão será a da Secretaria de Administração com a de Planejamento. Nesse caso, o secretário Gustavo Calábria, já entra no staff com status de supersecretário. Assim como Arly Rodrigues que irá comandar as finanças da administração.

A “reoxigenação da máquina” no final do ano é quase comum na administração do prefeito Francis Maris. Em 2017, ele exonerou a então secretária de Planejamento Marli Oliveira Assis e o então secretário de Administração Luiz Fernando. Em 2018, nesse mesmo período, foram exonerados o então secretário de Governo, Wilson Massahiro Kishi e o assessor Especial Átila Silva Gattass. No início do ano, também foi exonerado o secretário de Planejamento, Júlio da Semelc.

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana