conecte-se conosco


Destaque

Cáceres invicto na Centro América de Futsal, mas ainda não sensibiliza autoridades que poderiam ajudar

Publicado

A cidade está sendo muito bem representada pelo Cáceres EC na Copa Centro América de Futebol de Salão, a maior competição em âmbito estadual, são seis jogos de invencibilidade e a classificação para a terceira fase que começa no final da próxima semana.

Mas isso tudo ainda não consegue sensibilizar as autoridades constituídas do município, aquelas que muito bem poderiam dar uma mão e garantir um pouco mais de tranquilidade para a jovem diretoria e seus promissores pupilos.

Lamentavelmente a equipe que representa Cáceres tem sobrevivido na competição graças a união, garra e talento de seus bravos e talentosos atletas.

“Eles confiaram em nossa proposta de trabalho, mesmo sabendo que não ganhariam o que merecem, afinal, os recursos e patrocinadores são poucos, mesmo assim estão rendendo muito dentro da quadra”, analisa o responsável pela parte técnica, o professor Alex Ferro.

Classificado para a terceira fase da competição que acontecerá nos dias 1 e 2 de julho (sábado e domingo), o time não sabe ainda onde serão os jogos. Os adversários já são conhecidos: Arão representante de Rondonópolis atual campeão estadual; Panelinha, Cuiabá; além de Primavera do Leste.

Leia mais:   Pesquisa domiciliar sobre coronavírus será realizada a partir desta quinta-feira em MT

Para sediar a próxima fase do torneio, a cidade de Cáceres terá que oferecer alimentação e hospedagem para essas três delegações visitantes, além de pagar a taxa de R$ 1,5 mil à Federação. Valor esse que a diretoria sob o comando de Marcelo Santana já levantou entre amigos.

Caso até esta quinta-feira os diretores locais não consigam cumprir as exigências dos promotores, caso específico do alojamento e alimentação das três delegações, a terceira fase será transferida para a cidade de Rondonópolis, lamentavelmente.

Campanha maiúscula

São essas as seis partidas de invencibilidade do quinteto cacerense:

Cáceres 3 x 2 Rio Branco, Cáceres 2 x 1 Juína, Cáceres 3 x 2 Conquista Doeste. Fase inicial realizada no Didi Profeta.

Cáceres 3 x 3 Mixto, Cáceres 2 x 0 Tangará da Serra, Cáceres 4 x 2 Conquista Doeste. Jogos disputados no Ginásio Dom Aquino, Cuiabá.

Elenco

Formado por pratas da casa, a equipe é composta pelos seguintes  Dirigentes: Canarinho e Tio Jorge e os atletas: Vanderson goleiro, tem chamado atenção da crônica pela segurança e liderança. A experiência do capitão Tuca que retorna ao salonismo após defender e ser campeão com o Cacerense no futebol profissional. Outros valores, Joelmir, Evair Tatu, Felipe, William Bacca, Diego Bolívia, Vandão, Wesley Pimpão, Julian, Maradoninha, Kazinha, Theu e Everton.

Leia mais:   Projeto Bichos do Pantanal apresenta sua agenda para a Semana do Meio Ambiente

Mesmo sofrendo com a falta de apoio, a aguerrida diretoria ainda mantém as esperanças de mandar a próxima fase no Didi Profeta, ter uma boa arrecadação, e presentear os jovens atletas com um merecido bicho com parte da renda das bilheterias.

Antonio Costa

Da Redação

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Primeiro exame para covid-19 em Adriano Silva dá negativo

Publicado

Assessoria

O primeiro resultado do exame para covid-19 feito nas amostras de Adriano Silva deu negativo. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso faleceu na noite desta quarta-feira (3), em Cuiabá, após uma série de paradas cardiorrespiratórias. Adriano apresentava sintomas da covid-19 desde o domingo (1).

Ao GD, um familiar de Adriano informou que esse é apenas o primeiro laudo e que uma contraprova é aguardada. Para este primeiro exame, requisitado pelo Hospital São Luiz, em Cáceres, onde Adriano estava inicialmente internado, as amostras biológicas de Adriano foram coletadas na segunda (2).

O exame foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen) pelo método RT-PCR em tempo real, considerado o teste padrão-ouro para o diagnóstico de infecção por coronavírus, sendo o método de referência no Brasil para confirmar covid-19.

Adriano foi transferido de Cáceres, onde estava internado, para a clínica Femina na capital. Professor do curso de Direito da Unemat e ex-reitor da instituição, ele contou em uma rede social no dia 1º que passou mal e procurou um médico que o recomendou a internação. Na quarta, Adriano teve complicações pulmonares, foi entubado e transferido para Cuiabá.

Leia mais:   Nota de pesar

Por volta das 20h47, o governo de Mato Grosso confirmou a morte do presidente da Fapemat.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Vacinação contra a febre aftosa segue até quarta-feira (10) em Mato Grosso

Publicado

Sedec-MT

Os pecuaristas mato-grossenses têm até a próxima quarta-feira (10.06) para vacinar o rebanho  estadual de quase 30 milhões de cabeças de gado contra a febre aftosa. De acordo com o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea-MT), até o momento foi comunicada a imunização de 67,21% do gado em 66,93% das propriedades rurais com bovinos. Os pecuaristas devem comunicar a vacinação até 20 de junho, por e-mail ou presencialmente.

Devido à pandemia do novo coronavírus, houve adequação dos procedimentos previamente à realização desta etapa de vacinação, por meio de videoconferência entre serviço público e iniciativa privada. Também houve a descentralização dos atendimentos de forma itinerante nos assentamentos rurais e barreiras sanitárias da fronteira com a Bolívia sem prejuízo ao atendimento aos produtores rurais na unidades locais do Instituto nos municípios.

“Os dados de venda de vacinas e comunicação ao Indea-MT são avaliados diariamente e comparados ao mesmo período dos anos anteriores para entendermos o panorama e direcionar o planejamento das ações. Por exemplo, se em determinado local verificamos que produtores ainda não adquiriram vacina eles são contactados e alertados pelos servidores do Instituto”, explica Renan Tomazele, diretor técnico do Indea-MT.

Leia mais:   Nove municípios de Mato Grosso passam a contar com atendimento online da Defensoria Pública

Apesar de quase 90% das doses de vacina já estarem vendidas, o número ainda é baixo se comparado às comunicações feitas ao órgão estadual. Por isso, Tomazele reforça a necessidade de o pecuarista vacinar e comunicar imediatamente à unidade local. Para fazer isto, pode se dirigir pessoalmente, com todas as medidas de segurança, ou enviar um e-mail para a unidade local (clique aqui), anexando a nota fiscal de compra da vacina.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana