conecte-se conosco


Esportes

Brasil enfrenta a Venezuela em Salvador pela Copa América

Publicado

Copa America Brazil 2019 – Group A – Brazil v Bolivia

Duas partidas pelo Grupo A da Copa América marcam a segunda rodada da competição nesta terça-feira (18). A Bolívia enfrenta o Peru às 18h30, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e o Brasil e a Venezuela jogam às 21h30, na Fonte Nova, em Salvador. O Brasil é o líder do grupo por ter vencido a Bolívia por 3 a 0. Na primeira partida, Venezuela e Peru empataram em 0 a 0

Brasil e Venezuela

A seleção brasileira não treinou ontem (17) na Fonte Nova, como é praxe, com a finalidade de preservar o gramado que receberá a partida de logo mais às 21h30, entre o Brasil e a Venezuela. O Comitê Organizador Local (COL) decidiu transferir o último trabalho dos brasileiros para o Estádio Barradão.

A Venezuela também treinaria no mesmo local e teve o seu trabalho transferido para o Estádio do Pituaçu. A atividade estava marcada para começar às 18h, mas a chuva que atinge Salvador e o trânsito da cidade atrasaram em meia hora os preparativos.

Na partida entre a Argentina e Colômbia, no último sábado (15), as duas seleções saíram criticando muito as condições do gramado da Arena Fonte Nova. A Colômbia ganhou por 2 x 0.

Hoje, a Venezuela entrará em campo desfalcada do lateral-esquerdo Luis Mago, expulso no empate sem gols contra o Peru. Ronald Hernández será o substituto. A escalação da Venezuela é a seguinte: Faríñez; Rosales, Chancellor, Villanueva e Hernández; Junior Moreno, Rincón e Herrera; Savarino (Soteldo), Salomón Rondón e Murillo.

Tite fez mistério sobre a escalação do time que enfrentará a Venezuela e não deu pistas aos jornalistas sobre a equipe que começará jogando.

Na entrevista coletiva, o treinador evitou confirmar se Arthur vai ganhar a vaga de Fernandinho. O Brasil não quer dar chances ao adversário que,segundo a comissão técnica, tem muito mais condições de surpreender o Brasil do que a Bolívia.

Segundo Tite, o objetivo é não dar oportunidade ao adversário de saber quem vai começar jogando. “Vai ser Neres ou Cebolinha? Vai jogar Fernandinho ou muda a composição? Não quero facilitar o trabalho do adversário”, disse o treinador brasileiro.

Histórico

Ao todo, foram 13 partidas, oito vitórias do Brasil e cinco empates. Em especial, na Copa América, foram três empates e uma vitória.

Na história, os principais duelos ocorreram na Copa América de 1989, no Brasil. A Fonte Nova recebeu três jogos da seleção brasileira na primeira fase: dois empates sem gols com o Peru e a Colômbia e uma vitória por 3 a 1 sobre a Venezuela.

Nesse jogo, Bebeto, Geovani e Baltazar marcaram para o Brasil, enquanto Carlos Maldonado descontou para a Venezuela. A seleção brasileira sagrou-se campeã, acabando com o jejum de 40 anos.

Bolívia e Peru

Também hoje, às 18h30, as seleções da Bolívia e do Peru se enfrentam no Estádio do Maracanã.

O treinador da Bolívia, Eduardo Villegas reclamou ontem (17) do atraso para chegar ao Estádio do Maracanã, no início da noite, para conhecer o gramado e as instalações do estádio, onde a equipe enfrenta o Peru. A seleção boliviana está hospedada em um hotel no Leme, na zona sul do Rio, e atrasou a chegada ao estádio em 20 minutos, devido ao trânsito na cidade, na hora do rush.

A seleção peruana chega para a partida depois de tropeçar e ficar no empate em 0x0 com a Venezuela na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

A equipe conta com nomes como Carrillo, Paolo Guerrero e Farfán e quer garantir os três pontos para não precisar de uma vitória na última rodada, quando terá de enfrentar a seleção brasileira na Arena Corinthians, em São Paulo.

Estudantes

A rede pública estadual de ensino recebeu 4 mil ingressos da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) para distribuir entre os estudantes. Eles poderão assistir a partida entre as seleções do Peru e da Bolívia.

Policiamento

As secretarias de Polícia Militar e Civil intensificaram a segurança durante a Copa América no Rio de Janeiro. No Maracanã, que terá cinco partidas da competição, o esquema de policiamento é diferenciado, com uma delegacia móvel para atender ocorrências do entorno em dias de jogos.

Há plantões de delegados, agentes com fluência em inglês e espanhol, e peritos legista e criminal. A unidade funciona em conjunto com o Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos, de acordo com os horários das partidas.

A Coordenadoria de Recursos Especiais Core) tem equipes de prontidão no estádio, inclusive com agentes do Esquadrão Antibombas para verificação de artefatos explosivos, para o gerenciamento de crises e possíveis intervenções táticas.

A fiscalização da queima de fogos de artifício no estádio está a cargo da Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos (CFAE).

Um dos principais acessos ao Maracanã, os ramais ferroviários, ganham reforço do Grupamento de Policiamento Ferroviário, em especial a estação do bairro da arena esportiva. O Grupamento Aeromóvel faz o monitoramento aéreo no perímetro do estádio.

Veja reportagem da TV Brasil sobre Guia da Copa América

Edição: Kleber Sampaio
Por Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil
Comentários Facebook

Cáceres e Região

3ª Copa Comércio de Futsal conhece os finalistas nesta quinta (22)

Publicado

A 3ª Copa Comércio de Futsal, organizada por Marcelo Santana – Cáceres Futsal e a Prefeitura de Cáceres, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, está chegando ao final.  O evento que começou com 13 equipes participantes, foi se afunilando e já está nas semifinais.

Nesta quinta-feira (22), acontecem no Ginásio de Esportes Didi Profeta, os Jogos de volta dos semifinalistas, Farmácia Economize x Vigilantes e Franjinha x Vendedores.

No jogo de ida a Farmácia Economize venceu por apenas um a zero. No jogo de quinta, às 20 horas, os Vigilantes dizem que farão jus ao nome e prometem entrar vigilantes e realizar uma boa partida. Já a Farmácia Economize disse que no futebol não vão economizar e  garantem que farão de tudo para repetir a vitória e estar na final da Copa.

Na segunda partida da noite, que acontece às 21 horas, sai o outro finalista.  Franjinha x Vendedores. No primeiro confronto entre as duas equipes, Franjinha venceu por um placar elástico 9 x 5. Os pupilos de Franjinha dizem que já acharam a porta do gol e vão fazer de tudo para deixar ela aberta. Por outro lado os Vendedores, dizem que não vão vender nada e sim honrar o nome da equipe e tentar reverter o resultado, podendo ser uma surpresa na final. “No futebol o jogo só acaba quando o juiz apita. Somos vendedores e vencedores”, garantem.

É neste clima de disputa sadia, que os organizadores convidam os amantes do futsal para prestigiarem esta rodada, que com certeza será eletrizante.

Segundo Marcelo Santana, a Copa começou com jogos emocionantes e muita animação. “Iniciaram a competição Todimo, Vendedores, Farmácia Economize, Mercado Popular, Lanches e Cia, STS, Contatos Comunicação Visual, Franjinha, Vigilantes, Incoeste, Cáceres Florestal, 2º BFron e Ansef (Polícia Federal). “Agora só restam quatro”.

Marcelo explica que a cada ano o evento prestigia uma personalidade que contribui com o futsal cacerense.  “Este ano estamos homenageando o Vicente Ortiz, uma pessoa que há vários anos vem ajudando o futsal e contribuindo com equipes. Uma homenagem justa a este grande parceiro. “Troféu Vicente Ortiz”.

Santana observa que a Copa Comerciário não tem fins lucrativos e nem patrocinadores. “É pelo amor ao esporte. Todos os recursos vindos das inscrições são revertidos a premiação da competição.

Ele conta que o este ano o campeão vai receber, além do troféu, um mil e seiscentos reais. O vice-campeão mil reais e o terceiro colocado 400 reais.

Marcelo reconhece o empenho e a parceria da secretaria de esportes de Cáceres. “A Eliane não mediu esforços para nos ajudar. Só tenho a agradecer”.

A Secretária de Esportes Eliane Batista, destaca a importância do Futsal de Cáceres no cenário esportivo mato-grossense e avalia a competição como uma forma de manter ativa a modalidade, de oportunizar o cumprimento do calendário esportivo de eventos e a possibilidade de ver revelados novos talentos para o futebol de quadra. “Realmente uma grande realização”, finalizou Eliane.

Colaborou: Esdras Crepaldi

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Equipe de futsal feminina Cáceres/Uirapuru/Faipe é Bicampeã da Copa Centro América

Publicado

Depois de se classificar de forma invicta na fase grupos, Cáceres/Uirapuru/Faipe chegou a Cuiabá para disputar as semifinais como uma das grandes favoritas da competição. Não por menos, já que as meninas de Cáceres detinham o título de 2018.  As quatro semifinalistas que brigavam pelo título tinham muita tradição no esporte de quadra. Cáceres/Uirapuru/Faipe, Mixto de Cuiabá, ASF de Sorriso e Assif de Sinop.  As previsões se confirmaram na quadra e os jogos foram emocionantes. O Mixto venceu Sinop por 7 a 4 e na outra partida, num jogo eletrizante a equipe cacerense venceu Sorriso na prorrogação por 3 a 2, o placar do tempo normal terminou em 2 a 2, depois que Cáceres cedeu o empate nos últimos minutos.

Na grande final, acontecida na manhã de sábado (20), às 07 horas, com transmissão ao vivo pela TV Centro América, Cáceres/Uirapuru/Faipe, foi com tudo para cima das mixtenses e impuseram seu ritmo de campeãs, vencendo o Mixto da capital mato-grossense por 2 x 0. Agora a galeria de títulos da equipe cacerense só aumenta e as meninas são bicampeãs com méritos.

Para o Doutor Marcus Vinícius Crepaldi, proprietário da Clínica Crepaldi e da Faculdade do Ipe –Faipe, um dos incentivadores e patrocinadores da equipe, desde que foi procurado por Marcelo Santana, diretor do time de Cáceres, sentiu a necessidade e a vontade de apoiar as cacerenses. “Acredito na educação através do esporte e na transformação do indivíduo e da sociedade pela prática esportiva. Estamos fazendo nossa parte e a equipe de Cáceres tem sido uma grande campeã nas quadras e no estudo”, destacou Marcus.  Ele informa que seis jogadoras têm bolsas de estudo integrais na Faipe e cursam o nível superior graças ao esporte. “É isso que devemos incentivar não só o esporte, mas a cidadania através de um curso superior,” observou.

Reprodução

ef3fd059-b0cb-4679-8fb9-f96ef830cb15.jpg

A equipe de Cáceres/Uirapuru/Faipe

Já Marcelo Santana, diretor da equipe cacerense agradeceu os patrocinadores de Cuiabá e de Cáceres que foram responsáveis, mais uma vez, pelo sucesso das meninas. “O Futsal feminino deu um salto de qualidade, a prova disto é que as quatro equipes que chegaram as semifinais tinham condições de ser campeãs, mas mais uma vez as meninas de Cáceres foram sensacionais. Reconheço a importância dos patrocinadores”, comemorou  Marcelo.

Para ele a importância deste título vem ao encontro do seu sentimento de ver em destaque a cidade onde mora sua família e seus filhos. “é muito bom poder colocar Cáceres em destaque, porém quero aproveitar para pedir um apoio dos órgãos competentes para introduzir um trabalho de base no futsal. O meu maior sonho é um projeto de base em Cáceres, quero propor uma parceria com a prefeitura através da Secretaria de Esportes para desenvolvermos ainda mais o futsal”, avisou Marcelo.

O diretor ainda informou que Cáceres está classificada para a Copa Brasil de Futsal, que acontece em setembro e já tem definido o primeiro adversário, Brasília, jogo de ida e volta.  “Infelizmente esse jogo terá que ser na capital porque nenhuma quadra atende as exigências da Confederação Brasileira de Futsal” lembrou.

As grandes campeãs são Janaina (Tampinha), Kerol, Karolina, Caroline (Carol), Milena, Samantha, Tatiane (Ratinha), Givanilda (Branquinha), Laura (PIqui), Mirian, Suellen, Layane, Anna Flávia, Thayná, Mirelle e Jaqueline. A comissão técnica foi formada pelo técnico Marcos Penna e auxiliares Eric Matos e Mamedes. Diretor Marcelo Santana.

Por: Esdras Crepaldi

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana