conecte-se conosco


Botafogo

Botafogo, René Simões e Hungaro negociam acordo por ações na Justiça

Publicado

Processado por dois dos seus últimos quatro treinadores, o Botafogo caminha para conseguir retirar as ações na Justiça. Para isso, a diretoria negocia acordos com René Simões e Eduardo Hungaro. Nas audiências de conciliação, o clube reconheceu parte da dívida, e os três lados envolvidos demonstraram interesse em buscar uma composição financeira. As conversas com Hungaro estão mais avançadas, enquanto o diálogo com René está no começo. Fato é que os dois, juntos, cobram mais de R$ 3 milhões, mas o departamento jurídico tenta reduzir o valor para poder honrá-lo com o seu fluxo de caixa. Como possíveis acordos seriam posteriores ao Ato Trabalhista, o Alvinegro teria que sanar os débitos com os seus próprios recursos.

Eduardo Hungaro, René Simões, Botafogo (Foto: Arte Esporte)Eduardo Hungaro e René Simões cobram juntos mais de R$ 3 milhões do Botafogo na Justiça (Foto: Arte Esporte)

René Simões dirigiu o Botafogo de janeiro a julho de 2015, foi vice-campeão do Carioca, mas não resistiu à eliminação precoce na Copa do Brasil. Chateado com a demissão, ele entrou na Justiça cobrando direitos por vínculo empregatício, horas extras por comandar o time fora do Rio de Janeiro, danos morais e prêmios devidos pelo tempo em que esteve no clube, totalizando aproximadamente R$ 2,5 milhões, segundo contas do próprio treinador. O Alvinegro contesta, por exemplo, o pedido de horas extras feito em cima do salário na carteira de trabalho junto com os direitos de imagem, que sozinho dá mais de 60% do valor alegado pelo comandante.

Eduardo Hungaro chegou ao Botafogo em 2010 para comandar o sub-13 e teve rápida ascensão, tornando-se o técnico da equipe principal na Libertadores de 2014. Demitido no início da gestão de Carlos Eduardo Pereira, quando possuía alta remuneração mesmo após voltar a ser auxiliar, mas estava com salários atrasados, ele cobra R$ 720 mil de dívidas trabalhistas do período de quatro anos em que ficou em General Severiano. Durante a última reunião do Conselho Deliberativo, o presidente alvinegro afirmou que as condições dos documentos assinados por Maurício Assumpção com o técnico dificultam a defesa do clube no caso.

Comentários Facebook

Botafogo

Bota abre negociações com Cruzeiro. "Vendo o que pode fazer", diz Neilton

Publicado

Neilton, Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)Neilton, Botafogo (Foto: Marcelo Baltar)

O Botafogo quer ficar com Neilton para disputar a Libertadores em 2017. A diretoria já procurou o empresário do jogador, Hamilton Bernard, para abrir negociações com o Cruzeiro, clube onde o atacante tem mais um ano de contrato. A multa rescisória é alta, mas valores não foram revelados, e a Raposa não aceitaria um novo empréstimo para não perder o atleta de graça ao fim do vínculo. A negociação é considerada difícil, mas não impossível.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, Neilton admitiu que os contatos entre as diretoria já começaram. E o atacante não esconde qual é o seu desejo.

? Já está sendo conversado. Prioridade é do Botafogo, está vendo o que pode fazer para me manter. Espero que dê tudo certo e eu fique. É inexplicável. A minha felicidade fala tudo. Passei momentos de dificuldades. Aqui no Botafogo reencontrei minha felicidade, meu futebol e espero dar continuidade a esse trabalho.

Em instantes, outras informações.


Comentários Facebook
Continue lendo

Botafogo

Empresário assume carreira de Sidão, prioriza Botafogo e revela sondagens

Publicado

Sidão, Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)Abre o olho! Botafogo já negocia para manter Sidão em 2017 (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

O bom momento e a grande visibilidade levaram Sidão a procurar um profissional para ajudá-lo na gestão de sua carreira. Fábio Mello, empresário de jogadores como Réver (Flamengo) e Victor (Atlético-MG), acertou recentemente com o goleiro do Botafogo e assumiu as rédeas das conversas de renovação com o clube carioca. 

Sidão, que vinha conversando pessoalmente com o gerente Antônio Lopes, tem contrato com o Audax até o término do Campeonato Paulista e está emprestado ao Botafogo até dezembro. Em um primeiro momento, o clube carioca ofereceu um novo vínculo de um ano. O goleiro planeja renovar até o fim de 2018. Segundo o empresário, Sidão recebeu sondagens, mas a prioridade é do clube carioca. 

? Os resultados conquistados não são por acaso. O fato de ser o melhor goleiro do segundo turno gera muita especulação e interesse de vários clubes, mas o objetivo agora é manter o foco total nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Vamos dar a tranquilidade necessária para ele buscar as melhores oportunidades, mas é claro que a preferência é do Botafogo por ter acreditado no Sidão desde o início ? disse Fábio Mello. 

O Botafogo planeja renovar logo com o goleiro, não quer arrastar as tratativas, mas evita falar em negociações no momento em que o clube está buscando uma vaga na Libertadores. Sidão, no entanto, não esconde que seu desejo é seguir em General Severiano. 

Sempre falei da minha vontade de renovar com Botafogo, todos sabem do meu carinho pelo clube”
Sidão, goleiro do Botafogo

? Sempre falei da minha vontade de renovar com Botafogo, todos sabem do meu carinho pelo clube. Mesmo com o contrato terminando em dezembro, meu foco é classificar o clube para Libertadores para que 2017 seja novamente um grande ano ? afirmou Sidão. 

Contratado em maio após se destacar na campanha que terminou com o vice-Campeonato Paulista pelo Audax, Sidão chegou a General Severiano para suprir a ausência de Jefferson. Rapidamente conquistou a titularidade e o carinho do torcedor alvinegro. Desde então, disputou 29 jogos e sofreu 34 gols. 


Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana