conecte-se conosco


Política

Avallone comemora avanços nas ações pela Faixa de Fronteira MT-Bolívia

Publicado

Foto: Marcos Lopes

A luta do parlamento estadual e da bancada federal pela internacionalização do aeroporto Marechal Rondon e pelo reforço da segurança na fronteira com a Bolívia foi reiterada nesta semana, por duas decisões positivas do governo federal. Ao usar a tribuna, o deputado Carlos Avallone (PSDB), um dos autores do requerimento que criou a Câmara Setorial Temática Faixa de Fronteira, destacou que a internacionalização do aeroporto é meta prioritária da CST para incentivar o turismo e os negócios com os países vizinhos. 

Ontem (3) foi publicado no Diário Oficial da União a resolução do Ministério da Infraestrutura que altera o Manual para Alocação de Áreas em Aeroportos para Órgãos Públicos Membros da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero ). Esta resolução especifica as novas medidas para as instalações da Receita Federal, por exemplo, que vinha travando a internacionalização do nosso principal aeroporto. "No início de 2020 teremos os primeiros vôos diretos para Santa Cruz de la Sierra, e mais tarde para outros países da América do Sul e do Norte", comemorou Avallone.

Leia mais:   A partir de julho, militares do serviço público terão 14% descontados dos salários

A mesma edição do Diário Oficial da União trouxe outra boa notícia. O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança nas ações de combate ao crime organizado na fronteira com a Bolívia através do Programa Vigia, em apoio à Secretaria de Operações Integradas do ministério. A Força Nacional estará atuando na região de fronteira pelo pelo prazo inicial de seis meses, que pode ser prorrogado. "Esta decisão do ministro Moro é muito importante pela extensão da nossa fronteira seca com a Bolívia, mais de 750 quilômetros numa área que abrange 28 municípios. O combate ao crime organizado será reforçado, com ações preventivas do setor de inteligência e repressivas contra o tráfico de drogas, roubo de carros e outros ilícitos", destacou Avallone.

Comentários Facebook

Política

Diário Oficial publica três novas leis propostas por Silviio Fávero

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O Diário Oficial que circulou nesta quinta-feira (2), traz três novas Leis a favor da sociedade mato-grossense, de autoria do deputado Silvio Fávero (PSL). Já são 19 Leis sancionadas em benefício da população em um ano e meio de atuação parlamentar.

A primeira delas é a Lei Nº 11.161 /20, que facilita as formas de pagamento nas praças de pedágio. Com a nova Lei, as concessionárias das rodovias devem oferecer opções de pagamento também via cartões de crédito e débito, transferência bancária, entre outros sistemas eletrônicos, sem acréscimos financeiros nas diferentes formas de pagamento.

A segunda Lei  Nº 11.163 /20 foi idealizada com o objetivo de incentivar a doação de sangue entre os servidores públicos estaduais. Ela cria o Programa Sangue Bom, a ser executado com o apoio do Hemocentro. 

Outra Lei sancionada na mesma edição do Diário Oficial, é a Nº 11.158 /2020, que facilita o acesso à informação por meio dos dispositivos móveis.

Esta Lei determina a disponibilização gratuita pelas operadoras de telefonia e internet móvel dos acessos a sites de comunicação e redes sociais, sem qualquer contabilização do pacote de dados, durante o período de aplicação de medidas referentes de combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Leia mais:   Obras da Rodovia MT- 419 são retomadas com indicação do Delegado Claudinei

“Não há satisfação maior, enquanto deputado estadual eleito para trabalhar a favor da população, do que ver o esforço do nosso trabalho sendo revertido em Leis que vão contribuir, de alguma forma, com nossa sociedade. Faço questão de enaltecer que esse é um trabalho do time Silvio Fávero, time que não para. Que Deus nos permita fazer muito mais pelos cidadãos mato-grossenses”, comemorou o deputado estadual.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Ulysses Moraes tem economia superior a R$ 2,5 milhões na ALMT

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado Ulysses Moraes já economizou mais de R$ 2,5 milhões em um ano e meio de mandato na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT). O parlamentar tem 1.033 proposituras em tramitação até o momento, sendo 974 requerimentos e indicações para melhorar o estado. 

“Tenho ainda a equipe mais reduzida da Assembleia, trabalhamos com o mínimo de recursos possíveis. Sou o deputado mais econômico, não só de gabinete, mas também o mais econômico de gasolina, de verbas indenizatórias, entre outros”, disse Moraes.

O parlamentar teve quatro projetos de leis aprovados em plenário e participa de nove comissões parlamentares como membro. Na Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte, Ulysses Moraes é vice-presidente. E mesmo com uma equipe reduzida, o deputado está entre os três mais produtivos da ALMT em termos de requerimentos e indicações.

“Mesmo enxugando tudo, nós ainda conseguimos estar entre os três primeiros, isso porque nós trabalhamos em uma gestão eficiente, todos têm metas e tem funções determinadas”, finalizou o parlamentar.

Leia mais:   AL aprova projeto de Silvio Fávero para facilitar aquisição de medicamentos

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana