conecte-se conosco


Mato Grosso

Auditores participam de encontro nacional sobre inovações em obras públicas

Publicado

Auditores da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) participam do Encontro Técnico Nacional de Auditoria de Obras Públicas (Enaop) 2019, que começou nesta quarta-feira (11.09) e será realizado até sexta-feira (13.09), em Vitória (ES). Com a temática “Inovações em auditoria de obras públicas”, o evento é promovido pelo Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop), em parceria com o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santos (TCE-ES).

O encontro é direcionado a servidores e dirigentes dos Tribunais de Contas e dos diversos órgãos de controle envolvidos com obras públicas dos governos federal, estadual e municipal, bem como profissionais dos setores público e privado que exerçam fiscalização, gestão ou execução desse tipo de empreendimento.

A CGE-MT está representada no evento pelos auditores André Luiz Costa Ferreira e Klebson Santos do Carmo. Os dois são formados em Engenharia Civil e atuam em atividades de auditoria e controle interno na área de obras no âmbito do Governo de Mato Grosso. “Nossa participação no encontro visa agregar conhecimentos e experiências práticas para contribuir para a melhoria da efetividade das auditorias e fiscalizações de obras públicas no âmbito do Poder Executivo Estadual”, destacou o auditor André Luiz Costa Ferreira.

Leia mais:   Fim dos buracos na MT-100 estimula escoamento e facilita tráfego de veículos

A programação do evento tem 11 palestras e minicursos sobre assuntos como “Drone nas auditorias e na fiscalização de obras”, “Laboratórios para auditoria de obras rodoviárias: Vantagens e desvantagens dos modelos de implementação e gestão”, “Estação total e laser scaner nas auditorias de obras públicas”, “Novas possibilidades de detecção de coluio em licitações de obras de Engenharia”, “Uso de geotecnologia como instrumento de gestão associado ao controle de qualidade” etc.

As atividades estão sendo conduzidas por gabaritados profissionais da área de auditoria em obras públicas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), do Departamento da Polícia Federal, do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e dos Tribunais de Contas dos Estados do Paraná, Rio de Janeiro, Paraíba, Santa Catarina, Pernambuco e Goiás.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Polícia Civil cumpre mandados para apurar homicídio cometido a mando de facção criminosa

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), deflagrou na manhã desta terça-feira (19.11) uma operação com objetivo de cumprir sete ordens judiciais, entre mandados de prisão e de busca e apreensão, relativos à investigação do homicídio que vitimou Nelson Wolfred Shug Neto.

Durante os trabalhos, foram cumpridos mandados de prisão temporária contra os suspeitos, E.D.N.S., 26, C.A.M.,20, e E.S.D., 26, apontados nas investigações da DHPP como envolvidos no crime. 

O corpo da vítima foi encontrado no dia 08 de março, em uma região de mata, no bairro Santa Terezinha, na Capital, local que seria conhecido como cemitério de uma facção criminosa, atuante no Estado. A vítima estava decapitada, com a cabeça ao lado do corpo e com sinais de tortura.

De acordo com as investigações da DHPP, o crime foi motivado por uma suposta rixa entre facções criminosas, uma vez que vítima veio do estado de São Paulo e dizia  pertencer a um grupo criminoso rival ao qual teria praticado o crime.

Leia mais:   Fim dos buracos na MT-100 estimula escoamento e facilita tráfego de veículos

Segundo o delegado que coordenou os trabalhos, Olímpio da Cunha Fernandes Junior, foi uma investigação extremamente difícil, uma vez que inicialmente não havia indícios de quem poderia ter praticado o crime. 

“Como a vítima veio de outro estado e não conhecia ninguém na região, tentava contar vantagem dizendo ser membro de uma facção, fato que teria motivado a sua morte”

Com a identificação dos autores, o delegado representou pelos mandados de prisões e de buscas e apreensões contra os suspeitos, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos pela equipe da DHPP nesta terça-feira (19), em endereços freqüentados pelos investigados nos bairros Santa Terezinha II, em Cuiabá e Jardim Maringá II, em Várzea Grande. 

Durante as buscas foram apreendidos aparelhos celulares e porções de maconha, crack e cocaína para consumo próprio. Após terem a ordem de prisão cumprida, os suspeitos E.D.N.S., e C.A.M., foram encaminhados à delegacia onde serão interrogados pelo delegado. 

O terceiro envolvido no crime, E.S.D., já estava preso por outro crime e teve a ordem de prisão cumprida dentro da unidade prisional na Capital. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mulher grávida é presa transportando cloridrato de cocaína de MT para Maranhão

Publicado

Uma jovem grávida, tentando transportar mais de 2 quilos de cloridrato de cocaína para o Estado do Maranhão, foi presa pela Polícia Judiciária Civil nesta terça-feira (19.11), no Terminal Rodoviário de Cuiabá.

O trabalho foi realizado por equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), em conjunto com a Delegacia Especial de Fronteira (Defron). A suspeita, J.L.L. (20 anos), foi autuada em flagrante delito por tráfico interestadual de drogas.

As diligências começaram após troca de informações entre a delegacia de Cuiabá e a do município de Caxias, no Estado maranhense, sobre uma pessoa do sexo feminino que havia saída da região da fronteira mato-grossense carregando entorpecente.

Com base nas informações levantadas, policiais civis da DRE passaram a monitorar a Rodoviária de Cuiabá, quando na manhã desta terça-feira, conseguiram identificar a suspeita que transportava dois pacotes de cloridrato de cocaína em uma mala.

Entrevistada, a jovem contou que levaria a droga para a cidade de Caxias para ser comercializada, bem como receberia o valor de R$ 2 mil pelo transporte, assim que desembarcasse no Maranhão.

Leia mais:   CGE apresenta metodologia de atuação ao controle interno do Ceará

Diante dos fatos, J.L.L., que está gestante de seis meses, foi conduzida para a DRE, interrogada e posteriormente autuada por tráfico interestadual de drogas. Após a confecção dos autos, a mulher foi conduzida para audiência de custódia ficando à disposição da Justiça.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana