conecte-se conosco


Cáceres e Região

Associado denuncia ao MP desvio de recursos no SSPM; diretoria diz que “denúncias infundadas”

Publicado


Desvios de recursos de, aproximadamente, R$1 milhão, em razão de dívidas não pagas à várias empresas conveniadas e até a penhora da sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM) são denunciados por um servidor a menos de 48 horas da eleição para nova diretoria, que acontece na sexta-feira. Elas foram protocolizadas, ao Ministério Público, na tarde de terça-feira (12/3) pelo representante comercial Eliel Domingues da Rocha. Ao MPE Eliel apresentou uma série de documentos, que segundo ele, comprovam os desvios que provocaram o rombo aos cofres da entidade.

Um dos casos se refere a um cheque no valor de R$ 425 mil, emitido pela atual diretoria, em favor de uma empresa de prestação de serviços médicos, como garantia de pagamento de dívidas não quitadas. Conforme o denunciante, a diretoria do sindicato, descontava os valores das mensalidades dos servidores, porém, não os repassava a empresa. Cita também a penhora da sede do sindicato, em favor de uma empresa do ramo de direito, por uma dívida de R$ 49.035,27; bem como, bloqueio das contas do sindicato no valor de R$ 16.136,45 de uma dívida de R$ 134.902,93 em favor de uma empresa de motos.

Ao todo, de acordo com o denunciante, são pelo menos, 10 processos de dividas contraídas junto a várias empresas conveniadas e não honradas pelo sindicato. Ele cita que “tal conduta se intensificou durante o período eleitoral quando o membro e atual vice-presidente do SSPM Fábio Luiz Santos Lourenço foi candidato a vereador no último pleito”, diz acrescentando que, o que é pior, segundo ele, é que a diretoria usa de má fé com os servidores, porque apresentou um balanço omitindo todas as supostas irregularidades.

Leia mais:   Blitz da Lei Seca prende sete por embriaguez e apreende 22 veículos em Cáceres

“O balanço de 2018 ainda não foi divulgado. Mas, pelo balanço patrimonial do ano de 2017 está tudo bem. Diz que existe um superávit acumulado de R$ 448.580,21. Sendo que na verdade, o que existe é uma grande dívida que aproxima R$ 1 milhão e até a sede do sindicato está empenhorada” afirma Eliel sugerindo ao MPE para que “seja feita uma investigação por parte do órgão ministerial para apuração de malversação do dinheiro arrecadado pelo SSPM durante a atual diretoria”. Em Nota de Esclarecimento o SSPM nega quaisquer irregularidades.

Direção do SSPM nega irregularidades

“denuncias infundadas”

Veja a integra:

Em Nota de Esclarecimento enviada aos órgãos de comunicação, a diretoria do sindicato diz que: A respeito de denúncias infundadas que vendo feito pelo associado Eliel da Rocha, contra membros da diretoria do SSPM, a entidade esclarece: Infelizmente tal atitude está relacionada a revolta do mesmo por ter o pedido de registro de candidatura a presidente do SSPM rejeitado pela Comissão Eleitoral, por não atender as exigências do Regulamento Eleitoral.

Leia mais:   Operação conjunta apreende 432 kg de drogas e prende traficante procurado pela PF

De maneira surpreendente, ele Eliel da Rocha, tem usado as redes sociais para manifestar sua insatisfação e tem aproveitado para fazer acusações graves contra a atual gestão da entidade, que não faz parte da Comissão Eleitoral. A aludida Comissão é composta por representantes das três chapas inscritas e atua de modo independe e autônoma.

O presidente do SSPM, Claudiney Lima, alvo da maioria dos ataques, lamentou a atitude do associado e revelou que a Comissão rejeitou a sua candidatura por ao menos três irregularidades, entre as quais o fato de que o próprio Eliel não tem o tempo exigido de filiação para a disputa. Ele inclusive tentou o deferimento via judicial, mas não conseguiu.

Sobre acusação de que o SSPM tem dívidas, Lima explica que providências em relação a isso já foram tomadas pela diretoria executiva e estão em andamento judicial ou administrativa.

Com relação às demais ações mencionadas por ele, o presidente do SSPM, afirmou que a maiorias são decorrentes de desacordos de valores, quebra de contratos ou até mesmo da não existência de contratos não honrados. Ele encerrou, informando que a diretoria está à disposição de todos associados assim como sempre esteve durante a gestão e que serão tomadas todas as providências legais cabíveis sobre as acusações.

Cáceres, 12 de março de 2019

Assessoria SSPM

Editoria – Sinézio Alcântara

Comentários Facebook

Cáceres e Região

Homem é preso em Cáceres por receptação de carro roubado

Publicado

Veículo tinha queixa de roubo em Cuiabá e seria entregue em Cáceres – Foto por: PMMT

Em seu depoimento, o homem disse que receberia pela receptação e havia pego o carro em Várzea Grande para deixar em Cáceres.

Policiais do 6º BPM de Cáceres (a 225 quilômetros de Cuiabá) realizaram, na madrugada desta quinta-feira (21), a prisão de V.L.C., (19), que dirigia um Ford Strada, com queixa de roubo em Cuiabá.

Em seu depoimento, o homem disse que receberia pela receptação e havia pego o carro em Várzea Grande para deixar em Cáceres. Em vistoria, foram encontradas seis munições de calibre 38 e porções de maconha.

O suspeito estava acompanhado de um menor de 14 anos, mas nada foi encontrado com ele. Mas causou suspeita nos policiais que os dois estavam cada um com duas mudas de roupa cada e não souberam explicar o motivo.

As buscas começaram depois que policiais realizavam ronda e observaram atitude suspeita devido a manobras bruscas e em alta velocidade. Na fuga, por pouco dois motociclistas não foram atropelados. Os policiais realizaram disparos no pneu do veículo que forçou a parada.

Leia mais:   Unemat oferta assessoria à população para preenchimento da declaração do IR

Maricelle Lima Vieira | PMMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Mirassol D’Oeste (MT) abre processo seletivo com salário de até R$ 17 mil

Publicado

A Prefeitura de Mirassol D’Oeste, a 329 km de Cuiabá, divulgou um edital de processo seletivo que prevê 67 vagas no município. Segundo a prefeitura, as inscrições começam no dia 29 de março. Os salários vão de R$ 1.006,28 até R$ 17.512,29.

Os cargos são para todos os níveis de escolaridade: auxiliar administrativo, auxiliar de tributação, agente administrativo, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, merendeira, motorista, psicólogo, técnico em contabilidade, assistente social, auxiliar administrativo, auxiliar de desenvolvimento infantil, cadastrador social do Bolsa Família, educador social, entrevistador social, educador para idosos, monitor de escola, monitor de informática, monitor de recreação, orientador social, enfermeiro, assistente de informática, bioquímico, mecânico de máquinas pesadas, nutricionista, odontólogo, operador de máquinas pesadas, técnico de enfermagem e outros.

Os interessados devem acessar o site da prefeitura até o dia 17 de abril.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cáceres e Região

Policial

Política MT

Mato Grosso

Entretenimento

Mais Lidas da Semana